Um Outro Olhar Sobre os Nakshatras- Swati

Um Outro Olhar sobre os Nakshatras Swati capa

O Nakshatra Swati ocupa a extensão entre 6º40’ e 20º do signo Balança. Astronomicamente situa-se na constelação do Boieiro, da qual se salienta a «estrela dourada Arcturus»  ou Alfa Bootis, considerada a mais antiga e brilhante da via Láctea. Esta estrela parece estar relacionada com as lendas do folclore sobre o Rei Artur e as «Terras de Avalon».

A planta sagrada para Swati é conhecida popularmente como Arjuna e tem o nome científico de Terminalia Arjuna

O símbolo do Nakshatra Swati é uma espada, lembrando os traços deste Nakshstra  que gosta de correr riscos, ambiciona a conquista de privilégios e não respeita as regras vigentes, subindo rapidamente na escala social. Mas a espada aqui não é apenas uma arma de guerra é um instrumento iniciático, associado a um sacerdote ou sacerdotisa. Alguns consideram também uma jovem planta ou o coral como símbolo.

O regente astrológico de Swati é Rahu.  A divindade associada é Vayu o deus dos ventos. Há outra divindade feminina, Saraswati, deusa da aprendizagem, também associada ao Nakshatra de forma secundária.

Swati pertence ao grupo (GANA) deva. A primeira motivação é Artha, a procura de riqueza.

A pedra associada ao Nakshstra é  a Hessonite ( Gomed).

Esta Nakshatra associa-se à autonomia, independência, ao estar sempre em  movimento e a shakti ou poder do Nakshatra refere-se à liberdade de movimento, o que se pode mover como deseja em todos os mundos. Talvez as lendas associadas à estrela Arcturus, segundo as quais esta estrela é uma espécie de portal pelo qual as almas podem ir e voltar, no ciclo de encarnações, com um propósito definido, esteja associado a este poder do Nakshatra. Tal como o deus que preside, Vayuym pode viajar por todos os mundos que deseja, diz-se que os nativos de Swati têm o mesmo desejo, sendo uma espécie de «viajantes cósmicos».

Deste modo, os nativos de Swati gostam de viajar para alcançar fins educacionais, gostam de mudanças, que veem como algo positivo, amam o conhecimento e  têm excelentes aptidões intelectuais. Possuem também boas capacidades de comunicação e o poder de alcançar justiça através do seu poder pessoal.

Os nativos de Swati ocupam muitas vezes posições de liderança e podem dar-se bem em profissões independentes, incluindo o campo dos negócios e das vendas. Outras profissões como advogados, juízes, professores, são comuns. Também têm sucesso no ramo das viagens, do mercado bolsista, etc.. Estas pessoas são em geral reconhecidas pela sabedoria, devido á grande inteligência, mais a nível profissional do que pessoal, no qual podem ser muitas vezes pouco sensatas. O amor pelos prazeres do momento faz com que sejam indulgentes em relação ao álcool, sexo e outros prazeres embora ,ao mesmo tempo, estejam continuamente à procura de equilíbrio, igualdade e justiça no relacionamento e nos acordos com os outros.  A regência de Rahu, no entanto, não permite a estabilidade da harmonia procurada. Assim, estas pessoas são muitas vezes movidas por desejos súbitos que as levam a agir de forma inesperada na procura do objeto do seu desejo.  A pessoa é movida ao mesmo tempo por um desejo de alcançar harmonia e igualdade com os outros e o impulso de ser diferente, de se destacar de todos os outros. Isto faz com que, muitas vezes,  pareçam «não encaixar» nos ambientes e situações em que se encontram.

Há sempre alguma coisa na aparência destes nativos que parece «fora de equilíbrio», isto apesar de serem atraentes fisicamente e bem proporcionados. Aos olhos dos outros parecem mostrar uma ambição sem limites, nunca se contentando com o que têm, embora possam ter muito.  Estão constantemente à procura de alguma coisa que lhes dê mais privilégios e poder. Este querer «chegar sempre mais alto» do que já  atingiram também retira estabilidade interior a estas pessoas. Tendem também sempre a desejar o que não podem ter: um órfão por ex., pode ter tudo mas anseia pela mãe que já não tem; uma pessoa casada, pode sonhar continuamente com um amor fora do casamento, mesmo que não seja nunca infiel, pensando apenas nisso como uma obsessão; por cada grande realização que consegue, o nativo procura sempre focar-se naquilo que não conseguiu e isso não lhe dá sossego.  Tudo isto afeta a saúde e a vitalidade. Pode mesmo notar-se nestes nativos a tendência para se movimentarem de forma irregular, por ex., coxeando , balançando para um dos lados, etc.. Podem também sofrer períodos de exaustão física, precisando de um período de recuperação.

Fisicamente , os nativos são atraentes e têm a particularidade de ter a sola dos pés curvada com o tornozelo algo levantado.

Estes nativos são pacíficos, embora sejam também independentes e teimosos. Respeitam a propriedade dos outros. Não reagem bem às críticas sobre o seu trabalho. Perdem a calma com facilidade e têm dificuldade em recuperá-la. Estão sempre prontos a ajudar os outros desde que a sua liberdade nunca seja posta em causa. Colocam o respeito pelos outros sempre em primeiro lugar. São os melhores amigos em caso de necessidade mas podem igualmente ser os maiores inimigos daqueles de quem não gostam. não hesitam em vingar-se dos que estão contra si.

Na infância, passam por algumas dificuldades. A sua disposição amável e para ajudar muda, logo que os outros começam a criticar a sua ação.  Sofrerão, mesmo quando nascem em famílias ricas, de problemas financeiros e que afetam a sua mente até aos 25 anos. Geralmente só progridem na profissão depois de fazer 30 anos. Entre esta idade e os 60 anos terão o seu período de ouro. São inteligentes e eficientes na realização das tarefas do trabalho e, segundo a tradição, podem dar-se bem como farmacêuticos, viajantes e negociantes de ouro.

A vida de casamento pode não se muito agradável, embora possa parecê-lo junto dos outros.

Estes nativos gozam de excelente saúde, tendo as afeções comuns.

As mulheres de Swati são diretas e honestas, francas e verdadeiras. Têm a característica de se fazerem notar pelo modo como andam e falam, de forma pesada e ponderada, sempre com um propósito determinado. São amigáveis na disposição e populares entre as outras mulheres. Casam numa família grande  e são dedicadas ao cônjuge.

Os homens de Swati falam de forma pausada e ponderada. Esta característica de ponderação revela-se em tudo o que pensam e fazem. São inteligentes e com boas capacidades de pensamento lógico mas pensam de forma mais lenta do que muitos, chegando, no entanto, a resultados sólidos nas conclusões. Não são brilhantes mas podem chegar muitas vezes a resultados mais sólidos do que os que  o são. São religiosos, com tendência para a ortodoxia e participam regularmente nas atividades religiosas. Há muitos sacerdotes que nasceram em Swati.

Nativos do 1º Pada- 6º40’ a 10º do signo Balança- Regente Júpiter. Os nativos do 1º Pada são religiosos, têm constituição fleumática, podem ter algum problema nos órgãos. Respeitam os pais e professores. São justos, gostam de fazer boas ações, levam uma vida tranquila. podem tornar-se monges, padres ou filósofos. Gostam de animais. Podem ter negócios ligados à alimentação e preferem dar comida a outros bens ,para caridade. Têm talento para escrever e comunicar. Têm a mente aberta e podem envolver-se em viagens. Os planetas dão bons resultados neste pada, devido à natureza aberta do mesmo.

Nativos do 2º Pada- 10º a 13º 20’ do signo Balança- Regente Saturno.  Os nativos deste pada tendem a ser altos e a ter o nariz comprido. São respeitados pela família e tratam com consideração os que os ajudam. Os familiares podem ser causa de ruína. São justos, gostam de fazer boas ações, levam uma vida tranquila. Podem tornar-se monges, padres ou filósofos. Gostam de animais. Podem ter negócios ligados à alimentação e preferem dar comida a outros bens para caridade. Este é o pada mais enraizado do Nakshstra, revelando menor fragilidade física. Os nativos preocupam-se com a estabilidade e o crescimento da riqueza. São focados no seu próprio conforto e outros bens materiais. Os planetas aqui colocados dão bons resultados nos negócios.

Nativos do 3º Pada- 13º 20’ a 16º 40’ do Signo Balança. Regente Saturno. Os nativos têm talento para os negócios. são ricos e ganham através de viagens. Terão elevada reputação devido a boas ações. Podem viver afastados da família. São justos, gostam de fazer boas ações, levam uma vida tranquila. Podem tornar-se monges, padres ou filósofos. Gostam de animais. Podem ter negócios ligados à alimentação e preferem dar comida a outros bens para caridade. Têm talento para escrever e comunicar. Têm a mente aberta e podem envolver-se em viagens. Este é o pada mais intelectual, Os nativos distinguem-se pela aprendizagem, pela criatividade e cooperação. Este pada ajuda a cooperar e a trabalhar em grupo para alcançar os objetivos. Mercúrio, vénus e Saturno são bastante fortes neste pada.

Nativos do 4º Pada- 16º 40’ e 20º do signo Balança- Regente Júpiter. Estes nativos têm uma constituição frágil. Podem ser rejeitados pelos familiares, mesmo tendo sido uma ajuda para eles. São justos, gostam de fazer boas ações, levam uma vida tranquila. Podem tornar-se monges, padres ou filósofos. Gostam de animais. Podem ter negócios ligados à alimentação e preferem dar comida a outros bens para caridade. Este é o pada mais flexível e adaptável. Este é um Pushkara Navamsa Pada  e dá sucesso através de trabalho árduo flexibilidade e cooperação social.  Os planetas aqui colocados inclinam para o trabalho árduo e a prestação de serviço. Todos os planetas, à exceção de Mercúrio, dão bons resultados neste pada.

Deixe um comentário