Um Outro Olhar sobre os Nakshatras- Moola

O Nakshatra Moola ocupa a extensão entre 0º e 13º 20’ do signo Sagitário. Astronomicamente situa-se na cintura de estrelas, incluindo um conjunto de nove estrelas na «cauda do Escorpião» e na parte final da constelação do Escorpião : Epsilon, Mu, Zeta, Eta, Theta, Iota, Kappa, Upsilon (Lesath) e Lambda (Shaula) Scorpionis.

A divindade associada a este Nakshatra é Nritii  a deusa da destruição. Esta deusa vive no reino dos mortos  e está associada a Kali. O Regente astrológico é Ketu.

O símbolo deste Nakshatra é um molho de raízes atadas. O Gana ou grupo é Rakshasa, demónico. A motivação primária é Kama, realização dos desejos.

A árvore sagrada do Nakshatra Moola tem o nome científico de Canarium Strictum.

A pedra associada a Moola é o Olho de Gato».

A shakti ou poder associado a este Nakshatra é o poder de criar e enraizar. É também o poder da «raiz da progénie». Mas, pelo lado negativo, Moola pode tirar essa raiz da progénie (devido à divindade Nritii que é destruidora) e causar a perda do  1º filho. O poder de Moola é destruir, arruinar, quebrar e separar as coisas (Ketu é o regente astrológico). Porém, o poder destrutivo deste Naksahtra é positivo, no sentido em que destrói algo velho  que «está já fora do tempo», está  esgotado e, desse modo, a destruição representada por este Nakshstra marca o início de um novo ciclo espiritual.

Júpiter, o regente do signo Sagitário, assegura que as transformações ocorridas neste Nakshatra ocorrem para o melhor. Ao mesmo tempo, dá aos nativos a capacidade para entender as causas ocultas, espirituais, do que acontece no plano físico. Apesar de este Nakshstra ser temido por muitos, devido ao poder de destruir no plano material e físico, a verdade é que, em sentido profundo, este é um Nakshatra que protege o Bem e a Verdade. É também conotado com a dimensão mágica, devido ao regente Ketu e proporciona auxílio muitas vezes através de meios que são subtis e de forma mágica, não discernível de imediato no plano material. Moola pode dar poderes mágicos aos nativos ou, em alternativa, dar ajuda que vem dos planos subtis. Dependendo do estado e caráter benéfico ou maléfico de Júpiter no horóscopo a energia de Ketu pode ser ativada para produzir o bem ou pode expandir-se nos seus elementos destrutivos negativos e produzir  alguém sedento de poder e capaz de usar todos os meios para tal, por muito negativos que sejam. A natureza de Fogo de Ketu também torna os nativos aqui nascidos bons estrategas e dirigentes militares e, por isso, Parashara disse que o Nakshstra é bom para dar início a atividades militares e de guerra. Mas trará também uma queda, após vitórias alcançadas.

Moola é também designada por «estrela da fundação» ou da raiz, uma vez que é a primeira do último grupo de 9 Nakshstras. Considera-se que fica localizada no centro galáctico do nosso universo. Representa a «raiz do centro galáctico» da Terra, no qual a civilização terrestre  se considera ser um dos elementos.

Moola significa raiz, o que está firmemente fixado. Também significa o ponto mais baixo, a base, fundação, origem , começo ou causa de alguma coisa. A regência de Ketu indica também desinteresse pelas consequências o que significa que os seus nativos são capazes de atuar sejam quais forem as consequências.

Os nativos de Moola têm uma mente curiosa e uma natureza filosófica gostando de investigar as causas profundas das coisas. Tendem a ser atraídos para situações com grande potencial de dissolução ou destruição, razão pela qual o Nakshatra tem  fama de conduzir os nativos ao fracasso devido ao excesso de confiança ou «fé cega» destas pessoas que têm pouco sentido prático. Muitas vezes estas pessoas identificam-se fortemente com teorias ou ideias  a partir das quais interpretam a realidade mas que são contraditas pela realidade material. São extremamente otimistas mesmo quando a realidade lhes diz que não existem fundamentos para esse otimismo. Mas insistem em agir  de acordo com a sua interpretação e, desse modo, acabam por destruir algo na sua vida- inclusive a reputação no plano social, profissional, etc. são conhecidas por agir sem pensar nas consequências, apesar de motivadas pelo desejo e esforço para «fazer o bem». Isto pode conduzir a perda de posição, de destruição de estruturas da sua vida social.

 Mas a sua forma de pensar  sai fora do que é convencional e pode trazer excelentes resultados; estes nativos são muito inteligentes e excelentes pensadores, são inovadores e não se importam de chocar as mentes mais conservadoras que se agarram aos velhos padrões e não são capazes de pensar nem fazer de modo  diferente. Apesar de muitas vezes entrarem em choque com o conservadorismo vigente, (e sem se importarem nada com isso- Ketu como regente separa a pessoa desse tipo de preocupações) têm em geral a sorte de serem protegidos pela mão do regente de Sagitário, Júpiter. Mas, tal como acontece nos Nakshatras com regência de Ketu, o nativo tende a «apagar» da sua mente as suas verdadeiras motivações e, para os menos desenvolvidos ou conscientes isso pode significar que, no fundo, a pessoa não tem quaisquer princípios ou valores pessoais a que se agarre e pode seguir os  que são propostos pelos outros, sem se aperceber de que está a contribuir para a realização de objetivos que podem não ter por fim o bem comum.

Os nativos de Moola podem ter um conhecimento profundo sobre o ser humano, as suas fraquezas e a sua força mas este pode escapar-se uma vez que Ketu não permite o enraizamento estável e, pelo contrário, promove incessantemente a separação e dissolução de todas as formas e, consequentemente, de todo o saber. Isto faz com que os nativos possam não aprender com os erros cometidos e, desse modo, repetem-nos  continuamente  pois tendem a considerar que as experiências passadas não interessam face ao que o futuro lhes pode trazer. Isto leva os outros a vê-los como irrealistas ou tolos, embora estas pessoas possam também ser altamente inspiradoras para os outros em muitas ocasiões. Mas, devido à influência de Ketu, nunca se «agarram» completamente a nada e, não importa a situação, podem mudar de um registo de envolvimento para outro de total desinteresse e abandono mesmo quando é extremamente inconveniente, perigoso, etc., o que se torna inaceitável para os padrões gerais. A presença de Júpiter no mesmo Nakshatra pode atenuar muito esta tendência  em que, devido a excesso de entusiasmo e otimismo o nativo assume mais do que é possível realizar e, quando a situação se torna difícil, simplesmente retirar-se sem pensar em mais nada nem nos outros nem na tarefa em causa ou nas consequências.

A mulheres de Moola têm pouca felicidade ao longo da vida devido a pensamentos secretos e destrutivos e ao facto de serem teimosas e orgulhosas. As razões da sua infelicidade são porém internas e devem fazer um esforço para destruir tais causas pois o poder de retificar esse destino está em si mesmas.  Terão muitos relacionamentos amorosos e terão problemas com estes devido à sua própria natureza interna que as impede de serem felizes.  Se casarem serão infelizes por não saberem estabelecer compromissos. Os pensamentos destrutivos que mantém constantemente tornam a sua saúde instável. Quando casam, o marido pode morrer no prazo de 7 anos após o casamento ou poderá haver separação deste. A energia de Moola é de movimento mas  sem progresso, devido ao corte ou separação efetuado por Ketu. Moola conduz à destruição de todos os processos até à raiz. Porém, esta raiz não é destruída e há, em geral, regeneração,

O Nakshatra Moola está tradicionalmente associado a queimaduras perigosas , acidentes violentos, afogamento, ossos partidos. Pode haver também negligência nos comportamentos sexuais. Porém, apesar de toda a falta de cuidado e de poderem ter muitos destes incidentes, em geral estas pessoas não morrem deste modo, tendo em geral vidas longas. A dependência de drogas e de álcool é também associada a este Nakshatra e, se tais dependências não causam em geral a morte do nativo, pode haver ciclos intensos na vida de queda na dependência e recuperação ao longo da vida. Passam deste modo por vários ciclos de destruição e recuperação. Estas pessoas sofrem mais do que é comum com perdas, acidentes, fracassos.

Ketu pode também desligar estas pessoas das suas emoções e a apatia em relação aos outros assim gerada  pode conduzir a falta de sensibilidade perante os outros. Isto, no entanto, pode ser neutralizado por uma natureza fortemente espiritual e pelo apoio de Júpiter, dando ao nativo uma grande compaixão pelo sofrimento dos outros. Os nativos em geral não se dão conta dos seus comportamentos destrutivos. Raramente reconhecem que foi a sua falta de cuidado ou de prevenção que os conduziu a este ou aquele acidente ou ferimento.

Os homens são inteligentes e organizados, são eficientes a gerir pessoas. Têm sentido  de tato e diplomacia e dão bons políticos e oradores, sabendo como galvanizar a audiência. No entanto podem ser ingratos e desrespeitar os interesses dos que dependem de si e não ser sinceros no que dizem. São muito inteligentes e capazes, mascaram as verdadeiras intenções e caráter na presença dos outros.

Homens e mulheres têm boa aparência física quando nascem em Moola. São fisicamente atraentes e são a pessoa mais atraente da família. Têm  olhos brilhantes e membros atrativos.

No que respeita ao caráter, são pessoas suaves e delicadas e gostam de paz. Têm princípios estabelecidos para se conduzirem na vida e são capazes de enfrentar as situações mais difíceis. São otimistas e não se preocupam muito com o futuro, deixando «nas mãos de Deus»  o que este trará. Dão por vezes conselhos aos outros que eles próprios não seguem.

Correm o risco de gastar mais do que podem, por não pouparem o suficiente. São talentosos de forma variada e podem por isso mudar de profissão várias vezes. Podem gastar demais com os amigos e familiares próximos. Podem também trabalhar num país estrangeiro e alcançarão mais sucesso em terras estrangeiras do que no lugar de nascimento. Podem brilhar em todas as áreas que escolham, em especial nas belas artes, como escritores ou também trabalhadores sociais.

Os nativos de Moola em geral não recebem qualquer benefício dos pais. Fazem-se a si próprios. O casamento pode ser feliz e o cônjuge terá as qualidades necessárias para isso.

Estas pessoas dão pouca importância à saúde podendo ter sérios problemas por causa disso. Esses problemas podem aparecer aos 27, 31, 44, 48, 56 e 60 anos de idade. Devem evitar tudo o que é substância tóxica em especial drogas pois têm propensão para dependência desse tipo de substâncias. Com o Ascendente em Moola, o nativo em geral terá poucas doenças crónicas.

Nativos do 1º Pada- 0º e 3º20’ do signo Sagitário- Regência de Marte. Os nativos deste pada estão envolvidos na investigação e pesquisa aprofundada sobre algum aspeto da realidade ou conhecimento.  Este espírito inquisitivo tanto pode aplicar-se na investigação do mundo material e  científico como no plano espiritual. Os nativos são otimistas e mantêm uma atitude de esperança em relação à sua vida, contanto que Ketu esteja forte por colocação. Os nativos menos desenvolvidos espiritualmente podem revelar algum egoísmo e auto centramento. Os homens são independentes, ambiciosos e fazem-se a si mesmos por mérito do seu próprio esforço e talentos. Serão muito respeitados a partir da meia idade e serão bem conhecidos nos círculos profissionais. Não ficam em posições subordinadas  por muito tempo. Podem sofrer uma queimadura por volta dos 6 ou 7 anos e, aos 35 ou 36 podem ter um acidente relacionado com fogo ou máquinas. A colocação da Lua neste para é considerada pela tradição prejudicial para o pai. Os planetas Sol, Júpiter, Marte e Ketu são fortes neste pada.

Nativos do 2º Pada- 3º20´a 6º 40´do signo Sagitário- Regência de Vénus.  Este pada torna os nativos muito trabalhadores e focados em atingir os seus objetivos. Estes podem ter natureza material mas também se tem observado grande determinação em alcançar objetivos espirituais. Os nativos têm talento artístico para as belas artes, música, pintura, decoração, etc.. Os homens são independentes, ambiciosos e fazem-se a si mesmos.  Por mérito do seu próprio esforço e talentos serão muito respeitados a partir da meia idade.  e serão bem conhecidos nos círculos profissionais. Não ficam em posições subordinadas  por muito tempo. Podem sofrer uma queimadura por volta dos 6 ou 7 anos e, aos 35 ou 36 podem ter um acidente relacionado com fogo ou máquinas. Os planetas colocados neste pada causam obstáculos e lutas e , segundo a tradição, prejudicam o bem -estar da mãe. Júpiter, Marte, a Lua e Vénus estão bem colocados neste Pada.

Nativos do 3º Pada- 6º 40’ a 10ª do signo Sagitário- Regência de Mercúrio. Este é o pada mais leve de Moola, tendo o foco na comunicação e no uso da palavra e também nos relacionamentos. Os nativos sobressaem no plano intelectual. Este pada não permite aumentar dinheiro e riqueza nem as aquisições materiais.  Por isso, quando há planetas aflitos neste pada  os seus efeitos produzem pobreza na vida do nativo. Os homens são independentes, ambiciosos e fazem-se a si mesmos.  Por mérito do seu próprio esforço e talentos serão muito respeitados a partir da meia idade.  e serão bem conhecidos nos círculos profissionais. Não ficam em posições subordinadas  por muito tempo. Podem sofrer uma queimadura por volta dos 6 ou 7 anos e, aos 35 ou 36 podem ter um acidente relacionado com fogo ou máquinas. Os planetas aqui colocados podem permitir alcançar o equilíbrio entre o plano material e espiritual. Júpiter, Mercúrio, Rahu e Ketu podem dar bons resultados quando estão aqui colocados.

Nativos do 4ª pada- 10º até 13º 20’ do signo Sagitário- Regência da Lua. Este é o pada mais agitado do Nakshatra Moola. A natureza emocional dos nativos é facilmente perturbada e há uma dificuldade permanente em harmonizar a energia emocional com as energias dos planetas. A tradição afirma que este pada prejudica o bem estar geral do nativo. Alguns  opinam que a saída é ignorar as emoções individuais em nome de objetivos mais elevados. A opinião dominante sobre este pada é que causa infelicidade  no lar e no plano interno do indivíduo mas, em contrapartida, permite alcançar respeito e admiração no plano externo. Poderá alcançar sucesso numa profissão administrativa estatal mas não devem confiar em demasia nos subordinados.  Estes podem trair a sua confiança e o mesmo pode acontecer com os associados. Júpiter é o planeta que melhores resultados pode produzir neste pada.

Poderá Gostar de Ler