Trânsito de Júpiter em Escorpião- Ascendente Carneiro

Trânsito de Júpiter em Escorpião- Ascendente Carneiro

No próximo mês de outubro, mais precisamente no dia 11, Júpiter abandona o signo Balança entrando no signo  Escorpião onde terá algum movimento retrógrado e no qual irá permanecer até ao dia 4 de novembro de 2019, com um período entre 29 de março e 23 de abril de 2019 em que ficará praticamente estacionário no começo do  signo Sagitário numa espécie de antecipação do seu trânsito seguinte anual. 

Júpiter estará, durante este novo trânsito, no signo Escorpião, um signo amigo. Daqui, Júpiter lança aspeto para os signos Peixes, Touro e Caranguejo, dois signos de água, cuja natureza emocional é prevalecente e um signo de Terra, cujo caráter pragmático pode ajudar a conter alguns excessos.  Porém, todos os signos de Água estarão implicados neste novo trânsito de Júpiter e, desse modo, a ênfase é colocada nos processo de transformação, purificação, nutrição e cuidado, criatividade e imaginação, necessidade de proteger e de ser protegido . A energia de Touro, sensorial e terrestre, tanto pode ajudar  a construir e acumular novos recursos como pode oferecer resistência aos processos profundos de mudança que irão ser ativados por este novo trânsito de Júpiter.

Pode ler o artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter aqui.

Efeitos Gerais  do Trânsito de Júpiter em Escorpião-  Ascendente Carneiro

Marte, regente do signo Escorpião e do seu Ascendente, tem uma relação de amizade com Júpiter pelo que os efeitos deste trânsito são em geral principalmente positivos.

A 8ª casa, pela qual Júpiter vai transitar, relaciona-se  com dinheiro partilhado, poder , intimidade e amor partilhado; é também uma casa que representa grandes quantidades de dinheiro «não ganho» isto é, não resultante do esforço e trabalho do indivíduo mas antes recebido. É uma casa de longevidade (duração da vida), investigação, interesse pelas ciências místicas e pelo oculto, salvação (Mokscha), transformações internas e externas, eventos passados e futuros, herança, morte, testamentos, seguros, ganhos fáceis, laços conjugais, vulnerabilidade, medo, acidentes, obstruções, litigação, bancarrota, roubo, perdas, infortúnio, desgraça, desapontamentos, dor mental, tristeza, obstáculos, doenças crónicas, bem- estar físico, emocional e sexual, depressão, circunstâncias gerais ao longo da vida, as finanças do parceiro, dinheiro recebido de parcerias, processos judiciais. Alguns destes significados serão expandidos durante este ano pelo trânsito de Júpiter na sua vida. Em boa parte, os efeitos deste trânsito dependerão bastante da posição de Júpiter no horóscopo, da sua força e aspetos que recebe.

Júpiter rege a 9ª e a 12ª casas associadas, entre outros significados, com salvação, conhecimento espiritual e transformação espiritual. Colocado no signo Escorpião, Júpiter vai impelir para uma viagem, não no exterior da sociedade ou do mundo externo, mas na autodescoberta dos recursos e do poder interno. À medida que o trânsito vai progredindo, múltiplas e diversas oportunidades de exploração interior serão apresentadas, permeadas de momentos de crise e talvez também de choque emocional, talvez através de algumas experiências de perda nesta área. Mas, em termos globais, este será um trânsito que poderá colocá-lo (a) perante muitas oportunidades de compreender, de uma forma radicalmente nova, conhecimentos ocultos e misteriosos, incluindo os conhecimentos sagrados até agora velados para si. Terá também uma abordagem mais otimista e aberta em relação aos ciclos de mudança súbita e em relação a tudo o que até agora sempre pareceu estranho ou assustador. A sua visão acerca da realidade aprofunda-se e torna-se mais espiritual, apropriando um significado novo para si que é, ao mesmo tempo, libertador em relação a preconceitos que tem mantido acerca da «realidade psíquica», da morte e da vida e de todos os seus mistérios. Um potencial forte de transformação da identidade ocorre neste período e deverá sentir, no final deste trânsito, que algo «amadureceu» no seu âmago e que, de algum modo, cresceu, apesar de poder também experimentar alguns períodos mais tumultuosos. Sobretudo durante o trânsito pelo Nakshatra Jyestha.

Algumas coisas que têm sido mantidas escondidas virão agora ao de cima no plano físico e isto tanto pode coincidir com a  emergência de uma doença como segredos no seio familiar e conjugal, como a compreensão de muitas coisas acerca das quais nunca conseguiu ter uma explicação que fosse satisfatória ou que foram objeto de algum receio pela nota de «desconhecido» que as rodeava. Neste período terá oportunidade de abandonar ideias superficiais e preconceituosas acerca do sagrado e das dimensões mais subtis da vida pois terá uma aptidão psíquica bastante mais apurada do que o habitual. A atração pelo desconhecido pode levar a querer explorar temas relacionados, visitar lugares sagrados da Antiguidade, etc. Novos mistérios atraem a sua atenção e serão agora mais bem contextualizados por si.

Júpiter lança aspeto para a 12ª casa, para  a 2ª e a 4ª casa  e estes aspetos, para além de favorecerem as transformações espirituais que referimos, também são favoráveis em termos materiais podendo indicar aquisição de propriedade móvel ou imóvel ou herança familiar.

.Durante a primeira fase deste trânsito, quando Júpiter transitar pelo Nakshatra Vishakha entre 11  e 27 de outubro de 2018 , no 4ª pada, poderá ser necessária a disciplina que você sabe desenvolver nos momentos em que precisa de afirmar a sua vontade. Evite atuar sob a influência das emoções de momento e, sobretudo, lembre-se de que as respostas «olho por olho» não fazem ninguém feliz. Faça desporto durante estes dias, a libertação de energia que este proporciona pode fazer maravilhas pelo seu bem- estar.

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Anuradha entre 27 de outubro e 27 de dezembro 2018  pode ajudar a sua criatividade quando, entre 27 de outubro e 11 de novembro,  transitar pelo 1ª pada.  Mas estará também demasiado «cheio (a) de si e com pouca capacidade para ouvir outras opiniões e quererá brilhar e liderar, tendo pouco espírito de compromisso. A vaidade, orgulho e excesso de auto- confiança podem pregar-lhe alguma partida, para obrigar a desenvolver alguma humildade. Pode, no entanto, aprender a compreender de forma mais profunda o eu interior. Entre 11 e 26 de novembro, quando transitar pelo 2º pada,  com regência de Mercúrio, pode aproveitar e ganhar muito através da investigação e aprendizagem de saberes, discussão de ideias. Pode aproveitar para tomar consciência das virtudes do trabalho em equipa e da organização das tarefas em pequenos grupos. Se trabalhar numa área de investigação, descobertas importantes podem ser feitas agora. É um pushkara navamsa o que significa que as suas iniciativas podem produzir ganhos materiais substantivos. O trânsito pelo 3º pada, entre 26 de novembro e 11 de dezembro pode ser um excelente período para estabelecer acordos , contratos, legalizar parcerias de todos os tipos tendo em conta os interesses de todas as partes. Pode haver interesse profundo pelo estudo de ocultismo, da arte. Também há tendência para uma indulgência nos hábitos de vida.  Entre 11  e 27 de dezembro o trânsito pelo 4ª pada, com regência de Marte, pode ser muito positivo para todas as iniciativas levando à expansão dos seus projetos. Pode trazer-lhe benefícios ou mesmo herança familiar, indemnização por processo legal, etc. A saúde e vitalidade serão fortes. Há também tendência para excessos causados por emoções fora de controlo, discipline-se.

A 3ª e mais longa fase deste trânsito de Júpiter  contempla o trânsito pelo Nakshatra Jyestha, que tem regência astrológica de Mercúrio, de quem Júpiter é inimigo .  Júpiter vai transitar  por este Nakshatra não uma mas duas vezes para os dois primeiros padas e 3 vezes para o 3º e 4º padas. Assim, entre  27 de dezembro e 12 de janeiro de 2019 Júpiter transita pelo 1º pada de Jyestha, com regência dele próprio. Neste período os assuntos financeiros serão uma prioridade embora o interesse pelas formas elevadas de conhecimento também se manifeste. Este período traz entusiasmo e bom sentido de humor. Há o desejo de correr riscos, pelo que tanto pode ganhar financeiramente como perder, sendo necessário encontrar algum ponto de equilíbrio. Se proceder com inteligência, este pode ser um excelente período para acumular ganhos. O trânsito pelo 2º pada, entre 12 e 30 de janeiro, tem a influência de Saturno e exige sentido de responsabilidade e respeito pelos deveres para dar bons resultados. Esta energia pode impulsionar sentimentos de vingança e agressividade sobre os outros. Há tendência para a melancolia e pessimismo. O trânsito  pelo 3º pada entre 30 de janeiro e 20 de fevereiro e depois entre 31 de maio e 27 de junho e novamente entre 25 de setembro e 17 de outubro, tem a influência de Saturno mas na energia aquariana e é um bom período para desenvolver atividades socialmente úteis para  a comunidade e a sociedade. Um cuidado pelos menos favorecidos e desprotegidos da sociedade e o desejo sincero de os ajudar pode nortear a sua ação ao longo deste período sobretudo se tem uma profissão em que o que faz beneficia também a sociedade. Mas nem sempre será fácil articular as suas ideias e soluções com a opinião da maioria. Finalmente, o trânsito pelo 4º pada, entre 20 de fevereiro e 29 março e depois de 23 de abril a 31 de maio e 17 de outubro 2019 a 4 de novembro 2019  sob a influência de Júpiter, que rege este pada, no navamsa de Peixes, é também muito emocional e pode levar a fazer grandes sacrifícios em prol dos outros. Um lado altruísta e protetor dos mais vulneráveis pode ajudar a desenvolver um sentido especial de missão  mas deve ter  alguma disciplina para não exagerar. O conhecimento e a informação serão, em todos os padas de Jyestha e as competências associadas à comunicação, ensino, aprendizagem, planificação, racionalização e aplicação eficiente, serão aspetos chave deste trânsito de Júpiter, em que o desejo de chegar ao topo que caracteriza Jyestha  e também o nativo do signo Carneiro, pode sofrer uma metamorfose profunda que abrange os outros e o bem -estar de todos.

 Até 29 de março, Júpiter transitará  em movimento direto por todos os padas do Nakshatra, fazendo uma breve incursão pelo Nakshstra Moola entre 29 de março e 23 de abril. No dia 23 de abril volta a entrar no signo Escorpião, transitando em movimento retrógrado pelo 4º pada de Jyestha até 31 de maio e pelo 3º pada entre 31 de maio e 27 de junho, dia em que regressa ao movimento direto e transita agora no 3º pada de Jyestha mais uma vez e depois também em movimento direto no 4º pada entre 17 de outubro e 4 de novembro, data em que volta a entrar no signo Sagitário e no Nakshatra Moola, 1º pada para o trânsito seguinte anual.

Entretanto durante 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, Júpiter fica no começo de Sagitário e transita pelo Nakshatra Moola. Este é um Nakshatra de Ketu e o 1º pada tem regência de Marte. Este pada dá resultados positivo, contanto que Júpiter esteja bem posicionado no horóscopo. Este pode ser um período de profunda inspiração para compreender verdades profundas mas pode também seguramente ser um período em que você tende a fazer aquilo em que acredita sem querer saber das normas e das regras habituais da sociedade. Se ketu estiver a funcionar negativamente no horóscopo, então este pode ser  um período turbulento que pode trazer sarilhos potenciais e perturbações à sua credibilidade profissional e social. Sendo  coregente de Escorpião, Ketu pode impulsionar processos de transformação profunda nível espiritual.

Deixe um comentário, ajude-nos a melhorar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.