Trânsito de Júpiter em Escorpião- Ascendente Gémeos

Trânsito de Júpiter em Escorpião Ascendente Gémeos

No próximo mês de outubro, mais precisamente no dia 11, Júpiter abandona o signo Balança entrando no signo  Escorpião. Por um período um pouco inferior a um mês, entre 29 de março e 23 de abril, irá permanecer praticamente estacionário no começo do  signo Sagitário numa espécie de antecipação do seu trânsito seguinte anual.  Voltará a ficar em movimento retrógrado mas agora no signo Escorpião, entre o dia 31 de maio e 27 de junho. O trânsito pelo signo Escorpião terminará no  dia 4 de novembro de 2019.

Júpiter estará, durante este novo trânsito, no signo Escorpião, um signo amigo. Daqui, lança aspeto para os signos Peixes, Touro e Caranguejo, dois signos de água, cuja natureza emocional é prevalecente e um signo de Terra, cujo caráter pragmático pode ajudar a conter alguns excessos emocionais.  Porém, todos os signos de Água estarão implicados neste novo trânsito de Júpiter e, desse modo, a ênfase estará colocada nos processos de transformação, purificação, nutrição e cuidado, criatividade e imaginação, na necessidade de proteger e de ser protegido. A energia de Touro, sensorial e terrestre, tanto pode ajudar  a construir e acumular novos recursos como pode oferecer resistência aos processos profundos de mudança que irão ser ativados por este novo trânsito de Júpiter.

Pode  ler o artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter aqui.

Efeitos Gerais  do Trânsito de Júpiter em Escorpião-  Ascendente Gémeos

Mercúrio, regente do signo Gémeos, tem uma relação de neutralidade com Júpiter  mas este é inimigo  de Mercúrio pelo que os efeitos deste trânsito são potencialmente mistos.

Neste novo trânsito Júpiter  transita na 6ª casa  do horóscopo, uma casa dusthana, pelo que o efeito benéfico depende em grande medida da colocação de Júpiter (e de Marte, o regente do signo Escorpião) no horóscopo natal. Quaisquer situações de conflito ou inimizade que existam no trabalho e na relação com colegas poderão agora agudizar-se e, em alguns casos, poderão mesmo originar processos em tribunal. Pessoas que não gostam de si ou mesmo inimigos, poderão atormentar a sua vida e trazer obstáculos de vária ordem. Se Marte e Júpiter estiverem fortes poderá vencê-los sem dificuldade. Mas espere um stress considerável causado por estas pessoas dissonantes que se cruzarão consigo durante este período, embora, pela positiva, tudo isso tenha um grande potencial de transformação na forma como encara o trabalho, a relação com subordinados e dependentes e todos aqueles que, por uma razão ou por outra, se tornam antagonistas em relação a si . Durante este período, se Marte e /ou Júpiter, ou o regente do seu Ascendente, Mercúrio, estiverem fracos, colegas de trabalho, subordinados que trabalham consigo podem desgastar consideravelmente a sua paz mental ,ou porque são desonestos, ou  porque têm mau caráter ou por outra razão qualquer.  Assim, a área do trabalho  e do serviço,  questões valorativas como os que são explorados por outros ou os que exploram outros para seu benefício vão ser bastante evidentes na sua vida durante este trânsito. A saúde pode ser outro fator que obrigará a mudar hábitos de vida.

Sendo uma casa  de «pagamento de débitos kármicos», encare este trânsito como uma oportunidade única para aligeirar  e ultrapassar «mau karma » que traz do passado, aceitando prestar serviço que ajude algumas camadas mais desfavorecidas da sociedade: pessoas que sofrem algum tipo de exploração, através do trabalho mas também de natureza sexual; que são vítimas de discriminação- de género, de opção sexual, etc., ou que sofrem algum tipo de adição como os toxicodependentes; trabalhadores do sexo e até ladrões, etc.. Sempre que um planeta de trânsito lento transita por uma casa dusthana como é o caso da 6ª, está  na hora de pagar «velhas dívidas» para limpar o caminho e seguir em frente. No caso da 6ª casa, trata-se de prestar serviço a todos os que são, de algum modo, explorados e privados de algo que legitimamente lhes pertence: desde a liberdade, como acontece na servidão, ao pagamento justo pelo seu trabalho. E, não tenha dúvida, todos nós, em algum momento do nosso percurso, já estivemos no papel daquele que constrange, escraviza, explora- outro ser humano ou animal.  Então agora, que Júpiter vai expandir esta área de vida , está na hora de fazer a diferença através de algum tipo de serviço prestado a quem sofre algum tipo de exploração ou de privação dos seus direitos- ou da sua dignidade. Júpiter, o planeta que ensina as lições espirituais a partir do que vivemos aqui na Terra, dará então a oportunidade de renascer através dessa purificação que é aprender a dar e a beneficiar os outros- quaisquer que estes sejam. É  por isso que é a 6ª casa que simboliza todas as formas de ativismo e de luta pela defesa dos direitos- humanos e animais- pois todos os seres que nascem na Terra, sem exceção, têm o mesmo direito a uma vida digna e respeitada.

Durante este trânsito, os maus hábitos ou práticas indesejáveis ligadas à saúde e estilo de vida podem revelar-se sob a forma de sintomas que obrigarão a efetuar as necessárias mudanças. Estas podem ter a ver com a prática  de se automedicar por ex., sintomas de intoxicação ou algum efeito adverso. A 6ª casa tem a ver com venenos ou substâncias tóxicas e tudo isso pode ser ampliado pela ação de Júpiter neste trânsito. Deve ainda prestar a devida atenção ao sistema reprodutor, que pode ser afetado .

Pode igualmente acontecer que pessoas que sempre julgou de confiança quebrem agora acordos ou contratos ou faltem à palavra dada. Alguma compreensão e tolerância da sua parte serão necessárias para não agudizar estes eventos.

Júpiter lança aspeto para a 10ª casa e, durante este período, podem aumentar as suas responsabilidades e deveres, sendo de esperar que trabalhe mais e nem sempre com grande compensação; lança igualmente aspeto para a 2ª casa trazendo um foco na vida familiar e no desenvolvimento de recursos, permitindo, se o resto do horóscopo confirmar, acumular diversos tipos de bens. No lar, supere os pequenos conflitos com os membros da família desenvolvendo o espírito de compromisso e a sabedoria da tolerância; lança também aspeto para a 12ª casa, favorecendo  o desenvolvimento de uma atitude mais espiritual e promovendo visões mais criativas da realidade, ao mesmo tempo que ajuda a prestar serviço desinteressado aos outros. Mas pode aumentar igualmente as despesas e as dívidas por isso pense em poupar para os momentos em que o dinheiro é mais escasso.

Júpiter ajudará a encarar a saúde  de uma forma mais abrangente e a pensar num plano de fitness realmente adequado para as suas necessidades. Dá igualmente a inteligência para evitar excessos no uso  de medicamentos levando a olhar para a sua saúde com uma atitude nova. A saúde sexual será uma prioridade neste período.

Durante este trânsito de Júpiter a dinâmica «explorador/explorado», vítima e perpetrador, serão temas recorrentes e poderá ver-se num destes papeis, em diversas ocasiões. Isto poderá ocorrer no trabalho, na vida familiar, em viagens de longa distância e nas parcerias. Neste período forme novos contratos apenas com pessoas que não trairão a sua confiança. Se não puder assegurar isso, talvez seja melhor esperar. Pessoas do seu círculo podem tentar vitimizar-se e há tendência para encontrar pessoas com personalidade bastante desequilibrada nesta altura. Evite o mais que puder entrar numa dinâmica de discussões continuadas com outros, pois isso pode arruinar a sua paz mental.

Júpiter rege a 7ª e a 10ª casas relacionadas com a carreira e profissão, com parcerias e o relacionamento entre parceiros, com a estadia em países estrangeiros e estas áreas serão estimuladas durante este trânsito, conhecendo uma expansão.

.Durante a primeira fase deste trânsito, quando Júpiter transitar pelo Nakshatra Vishakha entre 11  e 27 de outubro de 2018 , no 4ª pada, que tem regência da Lua, a tendência é para um excesso emocional nas reações, o que pode ser particularmente desagradável para a sua mente em geral mais orientada pela lógica. Evite a mordacidade na comunicação com os outros neste período em que o seu pensamento também tende a ser menos claro para si e para os outros.

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Anuradha entre 27 de outubro e 27 de dezembro 2018 , um Nakshatra com regência de Saturno, pode ser um bom período para fazer todo o tipo de acordos e estabilizar todos os aspetos da sua vida que parecem estar fora do controlo. Neste período todos os desentendimentos e litígios tendem a encontrar um final justo e positivo para todos e o relacionamento com colegas, subordinados e dependentes será potencialmente mais positivo.

Entre 11 e 26 de novembro, quando transitar pelo 2º pada,  com regência de Mercúrio, pode obter ganhos através de processos litigiosos, de trabalho árduo em que tenha investido, do trabalho dos seus dependentes, de indemnização por quebra de contratos, etc . É um pushkara navamsa o que significa que as suas iniciativas podem produzir ganhos materiais substantivos.

O trânsito pelo Nakshstra de Jyestha, cujos padas têm a regência de Saturno e Júpiter, mas cujo regente astrológico é Mercúrio, pode ser excelente para todas as atividades criativas e artísticas, escrita, educação investigação científica, da atividade como advogado, conselheiro, mediador etc. Se tem atividade profissional ligada á escrita, este trânsito pode ajudar o seu sucesso especialmente em todas as atividades que também prestam serviço para a sociedade e o bem- estar social.

Durante 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, Júpiter transita no começo de Sagitário no Nakshatra Moola. Este é um Nakshatra de Ketu e o 1º pada tem regência de Marte. Este pada dá resultados positivo, contanto que Júpiter esteja bem posicionado no horóscopo. Este pode ser um período de profunda inspiração para compreender verdades profundas mas pode também seguramente ser um período em que você tende a fazer aquilo em que acredita sem querer saber das normas e das regras habituais da sociedade. Se ketu estiver a funcionar negativamente no horóscopo, então este pode ser  um período turbulento que pode trazer sarilhos potenciais e trazer perturbações à sua credibilidade profissional e social. Sendo  corregente de Escorpião, Ketu pode impulsionar processos de transformação profunda nível espiritual.

O curto período em que Júpiter vai transitar pelo Nakshstra Moola, no início do signo Sagitário, entre 29 de março e 23 de abril e em que transita pela 7ª casa é um período em que a sua atenção tende a desfocar-se do que se passa nos relacionamentos, incluindo o conjugal e relacionamentos de negócios  pois tende a não prestar atenção a esta área da sua vida, o que pode causar dificuldades e falta de comunicação com todos os parceiros.

  Até 29 de março Júpiter transitará  em movimento direto por todos os padas do Nakshatra Jyestha, fazendo uma breve incursão, como referimos, pelo Nakshstra Moola entre 29 de março e 23 de abril. No dia 23 de abril volta a entrar no signo Escorpião, transitando em movimento retrógrado pelo 4º pada de Jyestha até 31 de maio e pelo 3º pada entre 31 de maio e 27 de junho, dia em que regressa ao movimento direto e transita agora no 3º pada de Jyestha mais uma vez e depois também em movimento direto no 4º pada entre 17 de outubro e 4 de novembro, data em que volta a entrar no signo Sagitário e no Nakshatra Moola, 1º pada.