Trânsito de Júpiter em Escorpião – Ascendente Escorpião

trânsito de Júpiter em Escorpião Ascendente Escorpião

No próximo mês de outubro, mais precisamente no dia 11, Júpiter abandona o signo Balança entrando no signo  Escorpião. Por um período um pouco inferior a um mês, entre 29 de março e 23 de abril, irá permanecer praticamente estacionário no começo do  signo Sagitário numa espécie de antecipação do seu trânsito seguinte anual.  Voltará a ficar em movimento retrógrado mas agora no signo Escorpião, entre o dia 31 de maio e 27 de junho. O trânsito pelo signo Escorpião terminará no  dia 4 de novembro de 2019.

Júpiter estará, durante este novo trânsito, no signo Escorpião, um signo amigo. Daqui, lança aspeto para os signos Peixes, Touro e Caranguejo, dois signos de água, cuja natureza emocional é prevalecente e um signo de Terra, cujo caráter pragmático pode ajudar a conter alguns excessos emocionais.  Porém, todos os signos de Água estarão implicados neste novo trânsito de Júpiter e, desse modo, a ênfase estará colocada nos processos de transformação, purificação, nutrição e cuidado, criatividade e imaginação, na necessidade de proteger e de ser protegido. A energia de Touro, sensorial e terrestre, tanto pode ajudar  a construir e acumular novos recursos como pode oferecer resistência aos processos profundos de mudança que irão ser ativados por este novo trânsito de Júpiter.

Para ler o artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter, por favor clique aqui.

Efeitos Gerais  do Trânsito de Júpiter em Escorpião-  Ascendente Escorpião

Marte, regente do signo Escorpião, tem uma relação de amizade com Júpiter   e este é amigo de Marte pelo que os efeitos deste trânsito são em geral  positivos, tanto mais que Marte é o dispositor de Júpiter neste trânsito.

Júpiter  rege a 2ª e a 5 ª casas do seu horóscopo e vai estar a transitar pela 1ª casa.  A 1ª casa relaciona-se com a aparência física, a personalidade, a natureza individual; o propósito de vida e o sucesso geral, a  vitalidade e a saúde, a longevidade, a prosperidade , o status e a reputação que se podem  alcançar nesta existência bem como  a capacidade para realizar os seus desejos e ambições, a infância, o caráter moral, o  temperamento, a autoconfiança, a fama, o modo como os outros nos veem, a abordagem geral que fazemos da vida. Durante este período, estes significados deverão sofrer uma expansão na sua vida e a sua abordagem da vida deverá tornar-se mais feliz e otimista ao mesmo tempo que pode amadurecer talentos e qualidades e tornar-se uma pessoa mais sábia, mais capaz de entender as diferenças entre si e os parceiros pessoais  (inclusive o cônjuge).

Quando transita por uma determinada casa do horóscopo, Júpiter expande os significados e assuntos relacionados com essa casa. Assim, tendencialmente, haverá mais entusiasmo e otimismo na sua atitude ao longo deste trânsito, mais alegria e força para se lançar na vida e acreditar nas suas capacidades de sucesso. Mas deverá ter em conta que a 1ª casa também significa o corpo físico que também tende a «expandir-se» o que pode trazer-lhe algumas dores de cabeça, ao tentar manter o peso e a figura. O inchaço ou edema do corpo é também comum, devido à tendência, neste período, para reter água no corpo. Para além disto, pode haver excessos na alimentação que pioram este quadro. Quando está posicionado na 1ª casa Júpiter tem força direcional (Dik Bala). Isto é muto favorável para aumentar a energia e vitalidade e a força de vida disponível expande-se permitindo um contexto muito favorável para as iniciativas e projetos. Haverá também interesse por uma nova abordagem das estratégias de cura, dando-se relevo às terapias de caráter espiritual, com uma abordagem holística do ser humano, dando-se conta de que a «doença» no plano físico se manifesta em primeiro lugar no plano mental e/ou emocional.

A presença de Júpiter na 1ª casa gera uma predisposição para a benevolência, para um estado de humor feliz e positivo, para fazer boas ações em prol dos outros. Há a predisposição para ter boas expetativas em relação ao futuro e uma atitude positiva nos vários contextos de vida.

Júpiter rege a 2ª e a 5ª casa e , para além de lhe permitir obter ganhos através de investimentos e especulação financeira (desde que esteja bem colocado no horóscopo e sem aspetos maléficos)  pode igualmente permitir a aquisição e acumulação de bens materiais e intelectuais com significado relevante para si e através de atividade artística, literária, desportiva, académica. A sua inteligência é intensificada neste período e pode alcançar com notável sucesso graus académicos que lhe tragam reconhecimento por parte dos outros.  O relacionamento com os filhos, se os houver e com algum(a) parceiro(a) amoroso (a) podem ser fonte de grande alegria e felicidade, sendo um dos fatores de transformação da sua identidade agora.

Neste período Júpiter lança aspeto para a 5ª casa, que rege, a 7ª e a 9ª casa. «Olha» deste modo para as duas casas trinas e da sorte, ligando todas as casas trikona neste período. Isto pode indicar excelentes oportunidades, tanto ao nível dos negócios e parcerias como da vida académica superior e estudo em países estrangeiros, relação com os filhos e relacionamentos amorosos podendo indicar novas parcerias – incluindo um casamento- que transformarão a sua vida agora de modo potencialmente feliz. A sorte pode ser bem real durante este trânsito de Júpiter.

A 2ª casa está relacionada com o discurso e, durante este trânsito, o modo de comunicar com os outros pode ser mais amável e generoso. Se tem uma atividade literária, este será um trânsito excelente para expandir a sua imaginação e produzir ficção de grande qualidade  ou, se o seu estilo for o ensaio, as palavras tendem a ser incisivas, autênticas, tocando de forma fácil e clara a mente do leitor. Se, por outro lado, tem uma carreira musical- como cantor(a) ou autor de canções, gestão artística, etc., este é também um excelente trânsito. O seu amor pela cultura este ano pode expandir-se levando a colecionar obras valiosas, verdadeiros tesouros artísticos que são também peças únicas e de grande valor financeiro. Poderá brilhar bastante a nível académico e a sua inteligência estará mais apurada do que nunca. Em alternativa, isso poderá acontecer com algum filho ou filhos (as). Também poderá ter sorte e boas oportunidades se tiver uma atividade artística, desportiva ou política. Os investimentos financeiros, se não houver aflições no horóscopo, darão bons retornos.

Durante a primeira fase deste trânsito, quando Júpiter transitar pelo Nakshatra Vishakha entre 11 e 27 de outubro de 2018, no 4ª pada, com regência da Lua, deverá fazer um esforço para manter uma perceção mais objetiva acerca dos valores, teorias filosóficas, crenças, culturas estrangeiras, etc. As energias tempestuosas e extremadas emocionalmente deste pada não aconselham a comunicar sem pensar pois pode surgir facilmente uma posição obstinada e intolerante, agressiva  e tendendo à rutura com os outros. As crenças apaixonadas levam a querer mudar radicalmente tudo aquilo com que não concorda recorrendo a todos os meios ao seu dispor sem contemplações. Desconfie da sua objetividade neste período e não ceda à tentação fácil do conflito (este pode surgir, mesmo assim, como inevitável).

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Anuradha entre 27 de outubro e 27 de dezembro 2018, um Nakshatra com regência de Saturno, será potencialmente mais difícil para si, devido à inimizade entre a energia de Marte e de Saturno. Assim, embora a energia do Nakshatra convide à negociação e ao restabelecimento ordeiro da organização social e dos papeis de cada um, ser-lhe-á difícil conformar-se com esses processos, que restabelecem a «ordem» à qual a sua energia tende a resistir e a ser «do contra». Basicamente, onde os outros desejam  a «acalmia» e a negociação, você tende a preferir a revolução e a inovação.

Entre 11 e 26 de novembro, quando  Júpiter transitar pelo 2º pada de Anuradha,  com regência de Mercúrio este será um bom período para acumular posses, para este Ascendente, em que Mercúrio rege a 11ª casa esses ganhos podem ter a ver com atividades profissionais de forte implementação social, porventura associadas a tecnologias que ligam de alguma forma os membros da sociedade,  à atividade que pressupõe o envolvimento em grandes grupos ou corporações incluindo as de caráter militar, engenharia militar, tecnologia das comunicações de massas, etc. De algum modo, os ganhos precisam da colaboração e beneficiam do contributo do seu círculo social habitual, de irmãos mais velhos, etc. Este é um pushkara navamsa o que significa que pode produzir  ganhos materiais relevantes, de acordo com o potencial global do horóscopo.

O trânsito pelo Nakshstra de Jyestha, cujos padas têm a regência de Saturno e Júpiter, mas cujo regente astrológico é Mercúrio, pode ser-lhe  moderadamente benéfico especialmente se tem uma atividade ligada à investigação de algum tipo. Porém, a energia de Jyestha acentua a sua tendência para não aceitar «divergências de opinião», para se apresentar como a pessoa que tem a opinião mais relevante- a única que importa- pelo que os efeitos dependerão de se situar numa perspetiva mais científica e  imparcial ou, pelo contrário, de comunicar em termos de opinião. Quanto mais personalizada for a sua comunicação, mais atrito tende a gerar com os outros. E a atitude crítica pode exacerbar-se, especialmente nos períodos em que Júpiter estiver a transitar pelos padas 2 e 3, o que acontecerá mais do que uma vez. Em cada caso, a expansão oferecida por Júpiter tende a perder a habitual bonomia e generosidade para simplesmente rejeitar e destruir a opinião ou posição do outro. O resultado pode ser um stress considerável. Tenha cuidado com o modo como vai interagir com os amigos e círculo social durante este período pois os momentos de agressividade que tendem a gerar-se na comunicação podem pôr em causa a sua continuação.

Durante 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, Júpiter transita no começo de Sagitário no Nakshatra Moola. Este é um Nakshatra de Ketu e o 1º pada tem regência de Marte.. Neste período você pode sentir o desejo de se aventurar na compreensão mais profunda das causas das coisas  e pode procurar novas fontes de conhecimento, incluindo através de uma relação com o sagrado. Mas estará pouco disposto (a) a aprender com os outros, tende a desvalorizar o saber constituído , sentindo indiferença perante os conhecimentos e as posses considerados valiosos pela comunidade em geral. Pode igualmente olhar para todas as suas posses com cansaço, sentindo que estas não o (a) definem nem  preenchem. O estatuto e posição social também lhe pode aparecer como uma mera ilusão. Sendo no entanto, o corregente de Escorpião, Ketu pode impulsionar processos de transformação profunda a nível espiritual através da avaliação de todos os recursos durante este período.

O curto período em que Júpiter vai transitar pelo Nakshstra Moola, no início do signo Sagitário, entre 29 de março e 23 de abril e em que transita pela 3ª casa é  também um período em que    o sentido que tem dado à família e à linhagem familiar são questionados e em que um novo sentido de «posses» e de «posição social» podem tornar-se relevantes na sua vida.

Nestes 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, em que Júpiter fica no começo de Sagitário no Nakshatra Moola no 1º pada é preciso contar  também com o facto de se tratar de um ponto gandanta no qual as energias de Marte e Júpiter têm dificuldade em integrar-se. Embora este possa ser um período de profunda inspiração para compreender verdades profundas ,também pode ser um período de crise em que, mais do que tentar ser protagonista do que se passa na sua vida, assiste passivamente às circunstâncias que o (a) atingem.

Até 29 de março Júpiter transitará  em movimento direto por todos os padas do Nakshatra Jyestha, fazendo uma breve incursão, como referimos, pelo Nakshstra Moola entre 29 de março e 23 de abril. No dia 23 de abril volta a entrar no signo Escorpião, transitando em movimento retrógrado pelo 4º pada de Jyestha até 31 de maio e pelo 3º pada entre 31 de maio e 27 de junho, dia em que regressa ao movimento direto e transita agora no 3º pada de Jyestha mais uma vez e depois também em movimento direto no 4º pada entre 17 de outubro e 4 de novembro, data em que volta a entrar no signo Sagitário e no Nakshatra Moola, 1º pada para mais um trânsito anual.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018