Trãnsito de Júpiter em Escorpião- Ascendente Leão

Trânsito de Júpiter em Escorpião Ascendente Leão

No próximo mês de outubro, mais precisamente no dia 11, Júpiter abandona o signo Balança entrando no signo  Escorpião. Por um período um pouco inferior a um mês, entre 29 de março e 23 de abril, Júpiter irá permanecer praticamente estacionário no começo do  signo Sagitário numa espécie de antecipação do seu trânsito seguinte anual.  Voltará a ficar em movimento retrógrado mas agora no signo Escorpião, entre o dia 31 de maio e 27 de junho. O trânsito pelo signo Escorpião terminará no  dia 4 de novembro de 2019.

Júpiter estará, durante este novo trânsito, no signo Escorpião, um signo amigo. Daqui, lança aspeto para os signos Peixes, Touro e Caranguejo, dois signos de água, cuja natureza emocional é prevalecente e um signo de Terra, cujo caráter pragmático pode ajudar a conter alguns excessos emocionais.  Porém, todos os signos de Água estarão implicados neste novo trânsito de Júpiter e, desse modo, a ênfase estará colocada nos processos de transformação, purificação, nutrição e cuidado, criatividade e imaginação, na necessidade de proteger e de ser protegido. A energia de Touro, sensorial e terrestre, tanto pode ajudar  a construir e acumular novos recursos como pode oferecer resistência aos processos profundos de mudança que irão ser ativados por este novo trânsito de Júpiter.

Para ler o artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter, por favor clique aqui. 

Efeitos Gerais  do Trânsito de Júpiter em Escorpião-  Ascendente Leão

O Sol, regente do signo Leão, tem uma relação de amizade com Júpiter  que também  é amigo do Sol pelo que os efeitos deste trânsito são em geral  muito positivos. O Ascendente Leão é um dos que mais beneficiará potencialmente do novo trânsito de Júpiter.

Júpiter vai transitar pela 4ª casa do horóscopo, relacionada com  a felicidade subjetiva e com a paz doméstica, com a paz mental e o sentimento de segurança emocional, a vida familiar, a  mãe, a ligação à comunidade e ao ambiente social que sente como seu ; com as posses (imobiliário, terras, veículos) e confortos do lar. Estas são áreas que poderão passar por uma expansão este ano, o mesmo sendo válido para as áreas representadas por Júpiter no seu horóscopo, nomeadamente as referentes à 5ª e 8ª casas: crianças, filhos, criatividade, educação, inteligência, transformação profunda, heranças, recursos das parcerias,  medicina e cirurgia, etc.

Ao longo deste novo trânsito, a vida no lar será apelativa para si e poderá passar bastante mais tempo a cuidar da casa e propriedades da família, quererá aumentar os níveis de segurança da sua propriedade, renovando ou expandindo sistemas de proteção como alarmes, colocação de novas vedações e portões nas sua terras e propriedades, etc. Poderá estender a sua preocupação á defesa dos costumes locais, do património da comunidade, material ou intelectual. Poderá também passar mais tempo na escola das crianças, acompanhando mais de perto o seu percurso escolar. Quererá expandir as áreas da sua vida que sente serem  «as suas raízes. Talvez passe também mais tempo em família, cozinhando, decorando a casa, fazendo obras de expansão quando o espaço disponível é sentido como insuficiente, etc.  Se possui terras que até agora não foram trabalhadas, agora terá objetivos para estas, seja no cultivo agrícola ou de jardinagem, seja para outro fim considerado igualmente útil ou importante para si.

Os que não têm filhos ou têm tempo disponível, este pode ser um período de intervenção e ajuda social, contribuindo para a construção de abrigos  que recebam e ajude os mais fracos, em especial as crianças. E pessoas vulneráveis, como as que passaram por alguma situação traumática.

Num plano de subjetividade mais profunda, sentirá igualmente que precisa de passar por um processo de autorrenovação. Isto pode ocorrer por meros critérios estéticos como submeter-se a uma cirurgia para mudar aspetos do seu corpo que considera «imperfeitos» como dedicar-se a atividades de caráter espiritual como a meditação e aprendizagem esotérica buscando o aperfeiçoamento espiritual. Sentirá fascínio pela descoberta de segredos escondidos, especialmente de «baixo da Terra e poderá , por passatempo ou interesse científico, dedicar-se á procura de minerais, fósseis, restos arqueológicos, etc.

Júpiter a transitar pela 4ª casa ajuda também a expandir as suas crenças e aumenta potencialmente a sua tolerância perante outros costumes e modos de ser culturais , religiosos, ideológicos, etc.  um sentido profundo de «ligação à Terra», ao chão que sente ser seu pode fazer revivescer na sua mente muitos velhos conceitos acerca do caráter sagrado da Natureza. A compreensão dos ciclos de nascimento e morte aparece-lhe a uma nova luz, mais profunda e integrante sobre o destino de todos os seres.

A partir da 4ª casa Júpiter lança aspeto para a 8ª, 10ª e 12ª casas. O aspeto para a 10ª casa favorece a expansão da carreira, a projeção de uma imagem pública apreciada pelos outros, o sucesso e reconhecimento profissionais, sendo igualmente excelente para melhorar o seu status social. Pelo aspeto para a 8ª casa que rege, Júpiter, desde que não sofra aflições no horóscopo e esteja bem colocado, pode permitir receber «dinheiro não ganho» por ex., de herança familiar, em especial da mãe que pode agora dar muitos benefícios. Pelo aspeto que lança para a 12ª casa uma casa de espiritualidade e de «retiro» em relação aos assuntos mundanos, Júpiter apoia um processo de autoaperfeiçoamento espiritual ao mesmo tempo que também pode permitir a expansão da vida familiar em terras estrangeiras.

Ao longo deste novo trânsito, a sua criatividade e sentimento pessoal de identidade focam-se na vida em família, na casa e nas propriedades familiares, na educação e estudos, seus ou dos filhos. Investimentos em propriedades pode ser bem sucedidos e trazer retorno como investimento. A mãe , a maternidade, os papeis parentais darão um contributo importante para a sua vida durante este trânsito.

.Durante a primeira fase deste trânsito, quando Júpiter transitar pelo Nakshatra Vishakha entre 11  e 27 de outubro de 2018 , no 4ª pada, com regência da Lua o seu habitual desejo de «brilhar» individualmente pode retrair-se e você pode mesmo desejar retirar-se por uns dias e estar mais introvertido (a). É um período em que tende a exprimir-se de forma muito emocional e deverá haver algum cuidado para não se deixar levar em excesso por «juízos» produzidos por estado emocionais na interação com os outros.

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Anuradha entre 27 de outubro e 27 de dezembro 2018, um Nakshatra com regência de Saturno,  será potencialmente menos harmonioso para si,  devido ao antagonismo de energias entre Saturno e o sol, sendo mais fácil o trânsito pelo 1º e 4º pada, com regência respetivamente do Sol e de Marte. Neste período do trânsito as suas tentativas para «brilhar individualmente» podem ser frustradas pois a energia de Anuradha procura acordos, equilíbrio entre posições, negociação e igualdade entre as partes. Talvez sinta por isso que a sua criatividade não é compreendida nem o seu génio ou talento, pois sobrepõem-se a isto regras e estruturas que impedem que o que é novo e diferente possa ser aceite e integrado.

Entre 11 e 26 de novembro, quando  Júpiter transitar pelo 2º pada de Anuradha,  com regência de Mercúrio, poderá mesmo assim, se o resto do horóscopo apoiar, obter ganhos substanciais através do talento artístico  «regulamentado», do negócio d evenda e compra de propriedades, etc. É um pushkara navamsa o que significa que as suas iniciativas podem produzir ganhos materiais substantivos.

O trânsito pelo Nakshstra de Jyestha, cujos padas têm a regência de Saturno e Júpiter, mas cujo regente astrológico é Mercúrio, pode ter efeitos substanciais para as atividades criativas e artísticas, investimentos financeiros, atividades académicas e desportivas, educação (das crianças em particular)   aquisição de novo conhecimentos , atividade de  ensino, investimentos financeiros. Se tem atividade profissional ligada á escrita, este trânsito pode ajudar o seu sucesso. Para os filhos , quando existem, é também um bom ano para obter sucesso no percurso académico e desportivo .Se tem a ambição de ocupar funções de natureza política, este trânsito é igualmente muito positivo para o efeito, ajudando a  alcançar popularidade junto da comunidade e a ser percecionado como alguém credível para o desempenho dessas funções. Amigos influentes podem ajudar igualmente a alcançar esse propósito e os ganhos e rendimentos podem aumentar igualmente.

Durante 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, Júpiter transita no começo de Sagitário no Nakshatra Moola. Este é um Nakshatra de Ketu e o 1º pada tem regência de Marte. Este pada dá resultados positivos, contanto que Júpiter esteja bem posicionado no horóscopo. Este pode ser um período de profunda inspiração para compreender verdades profundas mas pode também seguramente ser um período em que você  exprime a sua rebeldia e  tende a fazer aquilo em que acredita sem querer saber das normas e das regras habituais da sociedade. Se ketu estiver a funcionar negativamente no horóscopo, então este pode ser um período turbulento que pode trazer sarilhos potenciais e trazer perturbações à sua credibilidade profissional e social. Sendo o coregente de Escorpião, Ketu pode impulsionar processos de transformação profunda a nível espiritual.

O curto período em que Júpiter vai transitar pelo Nakshstra Moola, no início do signo Sagitário, entre 29 de março e 23 de abril e em que transita pela 4ª casa é um período em que a sua atenção tende a desfocar-se dos pormenores à sua volta e a desinteressar-se pelo que acontece no ambiente do lar. Evite fazer negócios ou tomar decisões sobre as propriedades da família, casa, carros, etc., neste período pois poderá fazer más escolhas. Por outro lado, é um excelente período para dedicar à sua vida espiritual.

Nestes 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, em que Júpiter fica no começo de Sagitário no Nakshatra Moola no 1º pada com regência de Marte é preciso contar com o facto de se tratar de um ponto gandanta no qual as energias de Marte e Júpiter têm dificuldade em integrar-se. Embora este possa ser um período de profunda inspiração para compreender verdades profundas ,também ser um período de crise e de acontecimentos traumáticos de algum modo que forçam de forma «irracional» e inesperada a sua identidade.

Até 29 de março Júpiter transitará  em movimento direto por todos os padas do Nakshatra Jyestha, fazendo uma breve incursão, como referimos, pelo Nakshstra Moola entre 29 de março e 23 de abril. No dia 23 de abril volta a entrar no signo Escorpião, transitando em movimento retrógrado pelo 4º pada de Jyestha até 31 de maio e pelo 3º pada entre 31 de maio e 27 de junho, dia em que regressa ao movimento direto e transita agora no 3º pada de Jyestha mais uma vez e depois também em movimento direto no 4º pada entre 17 de outubro e 4 de novembro, data em que volta a entrar no signo Sagitário e no Nakshatra Moola, 1º pada para mais um trânsito anual. A partir da 4ª casa Júpiter lança aspeto para a 8ª, 10ª e 12ª casas. E, se o aspeto para a 10ª casa será positivo para a profissão e a carreira, contribuindo para expandir a sua imagem pública e alcançar mais reconhecimento, por outro lado poderá ser mais difícil obter ganhos e poderá ter que trabalhar mais para ganhar dinheiro. Este poderá vir mais devagar do que tem acontecido o que, juntando-se à tendência para aumentar o volume de despesas, poderá gerar algum stress súbito a nível financeiro. Ao longo deste ano Júpiter vai ativar as suas casas dusthana– a 6ª, a 8ª e a 12ª, o que parece indicar um forte cunho kármico deste trânsito.

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018

Deixe um comentário, ajude-nos a melhorar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.