Trânsito de Júpiter em Escorpião- Ascendente Peixes

Trânsito de Júpiter em Escorpião Ascendente Peixes

No próximo mês de outubro, mais precisamente no dia 11, Júpiter abandona o signo Balança entrando no signo  Escorpião. Por um período um pouco inferior a um mês, entre 29 de março e 23 de abril,  irá permanecer praticamente estacionário no começo do  signo Sagitário numa espécie de antecipação do seu trânsito seguinte anual.  Voltará a ficar em movimento retrógrado mas agora no signo Escorpião, entre o dia 31 de maio e 27 de junho. O trânsito pelo signo Escorpião terminará no  dia 4 de novembro de 2019.

Júpiter estará, durante este novo trânsito, no signo Escorpião, um signo amigo. Daqui, lança aspeto para os signos Peixes, Touro e Caranguejo, dois signos de água, cuja natureza emocional é prevalecente e um signo de Terra, cujo caráter pragmático pode ajudar a conter alguns excessos emocionais.  Porém, todos os signos de Água estarão implicados neste novo trânsito de Júpiter e, desse modo, a ênfase estará colocada nos processos de transformação, purificação, nutrição e cuidado, criatividade e imaginação, na necessidade de proteger e de ser protegido. A energia de Touro, sensorial e terrestre, tanto pode ajudar  a construir e acumular novos recursos como pode oferecer resistência aos processos profundos de mudança que irão ser ativados por este novo trânsito de Júpiter.

Pode ler um artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter aqui.

Efeitos Gerais  do Trânsito de Júpiter em Escorpião-  Ascendente Peixes

Marte, regente do signo Escorpião, tem uma relação de amizade com Júpiter   e este também é amigo  de Marte pelo que os efeitos deste trânsito são em geral positivos.

Júpiter  rege a 1ª e a 9 ª casas do seu horóscopo pelo que este trânsito terá bastante impacto na sua vida. Júpiter vai permitir o surgimento de novas oportunidades que redefinirão o seu caminho de vida, novos princípios e valores, novas crenças e gerará o desejo profundo de maior espiritualidade na sua vida. Por outro lado, expande a sua identidade- e o corpo físico, por isso é melhor disciplinar-se em relação ao aporte de comida , bebida, doces, etc. Mas, por outro lado, a sua personalidade tende a tornar-se mais entusiasta, vibrante de vida e de otimismo. Este é um excelente período para começar um novo ciclo de vida, para reformular os seus objetivos de vida e o seu propósito fundamental.  A sua compreensão das coisas tende a ser jovial, generosa, justa e a vida tende a decorrer com maior facilidade e alegria de viver.  Alguém com sabedoria de vida pode ter um papel muito importante na definição de novos objetivos e marcar de forma especial o seu destino pessoal.  Os que se dedicam a uma atividade artística verão a sua mente ser mais criativa do que nunca, a sua imaginação e sensibilidade serão acompanhadas de uma intuição que dará um toque especial de sabedoria a tudo o que diz e faz.

Ao longo deste período, talvez faça viagens de longa distância procurando  saber espiritual, se tiver essa possibilidade. Se se dedica à escrita, poderá sentir necessidade de comunicar os seus pensamentos e reflexões por achar que podem ajudar outros. Para os que têm atividade académica, este será um período intenso de estudo, de procura dos fundamentos para uma série de crenças que são importantes para si.  Mesmo para os que não têm especial interesse pela Filosofia, podem dar consigo a pensar ativamente na «verdade das coisas» e sentir o apelo pela procura da  sabedoria.

Esta procura do saber, que pode ser intensa, tem um potencial grande de transformação pessoal, podendo dizer-se que  a forma como encarará o seu papel na vida poderá sofrer uma transformação drástica. Em alternativa, uma pessoa que estará imbuída da autoridade da sabedoria pode mudar profundamente o significado que dá à sua vida e ao propósito mais profundo da mesma. Poderá querer conhecer alguns dos grandes clássicos da sabedoria tradicional  e poderá dedicar bastante tempo a ler e a estudar textos de caráter espiritual ou sagrado. Sob a influência deste trânsito, poderá captar em forma intuitiva muitas «verdades» que podem inspirar a sua vida a ajudar a inspirar a de outros. Cabe-lhe tirar o máximo partido disso.

Ao longo deste trânsito Júpiter  lança aspeto para a 1ª casa que rege, para a 3ª casa e para a 5ª casa, por onde transita Rahu até Março de 2019. Deste modo, Júpiter estará em aspeto com todas as casas Trikona do horóscopo fluindo a sua energia de forma harmoniosa e podendo trazer benesses e oportunidades de sorte devidas por créditos passados. A criatividade, sabedoria, envolvimento em atividades educativas ou espirituais, incluindo religiosas poderão dar um sentido especial à sua vida e também trazer um novo contentamento  e alegria aos ambientes da sua vida. A relação com os filhos, se existirem ou com parceiros amorosos será potencialmente harmoniosa e sem atritos. Os que têm alguma atividade  artística ou literária sentirão que este é um período especialmente fértil para a criação de obras ou objetos que deixarão a sua marca. O estudo e meditação, sobretudo de caráter filosófico, religioso ou espiritual será também proveitoso e cheio de novos significados. Viagens, palestras, conferências, e outras formas de difusão da informação, terão também especial eficácia e proveito.

Durante a primeira fase deste trânsito, quando Júpiter transitar pelo Nakshatra Vishakha entre 11 e 27 de outubro de 2018, no 4ª pada, com regência da Lua, você poderá, ao contrário do que sucede com outros signos Ascendentes, ter um intenso período de perceção intuitiva em relação aos aspetos da realidade que mais deseja conhecer a fundo. Júpiter é o planeta que dá melhores resultados neste pada, que associa o processo emocional à atividade pensante de compreender a realidade na sua unidade essencial. E, como esta compreensão precisa de aliar a «razão» com a emoção», este será um período potencialmente muito favorável para encontrar a sua verdade, unida ao conceito global que atravessa toda a realidade e todos os seres e supera a parcialidade do particular para atingir, verdadeiramente o universal e transcendente, unindo o plano lógico com o plano da «fé» que é recetivo e se abre à inspiração mais autêntica.

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Anuradha entre 27 de outubro e 27 de dezembro 2018, um Nakshatra com regência de Saturno, será potencialmente um período em que poderá virar-se para o coletivo e para o envolvimento em causas humanitárias, desenvolvendo a sua dimensão de generosidade e ligação com os mais vulneráveis. Poderá, por isso, envolver-se em causas sociais, de ajuda e voluntariado e poderá publicitar de forma mais clara a necessidade de fazer valer mais justiça para os que são em geral esquecidos pela maioria.

Entre 11 e 26 de novembro, quando  Júpiter transitar pelo 2º pada de Anuradha,  com regência de Mercúrio  que rege a 7ª casa no seu horóscopo, poderá receber dinheiro de parcerias ,incluindo do cônjuge. Atividades em país estrangeiro poderão igualmente ajudar a aumentar os ganhos.  Este é um pushkara navamsa o que significa que pode produzir  ganhos materiais relevantes, de acordo com o potencial global do horóscopo.

O trânsito pelo Nakshstra de Jyestha, cujos padas têm a regência de Saturno e Júpiter, mas cujo regente astrológico é Mercúrio pode ser-lhe favorável dependendo das configurações do horóscopo, na atividade de investigação, nos negócios e parcerias, sobretudo relacionados com a comunicação, a publicidade, a gestão, produção e divulgação de informação, ensino, etc..A energia deste Nakshatra ajuda a alcançar uma posição de autoridade no seu campo de atuação, de reconhecimento e de liderança. Mas é provável que isso aconteça apenas nos casos em que o seu trabalho tenha um alcance social e coletivo, capaz de ajudar a transformar as mentes com a sabedoria que será capaz de verbalizar neste período, tornando-a a acessível aos outros de forma simples e clara.

Durante 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, Júpiter transita no começo de Sagitário no Nakshatra Moola. Este é um Nakshatra de Ketu e o 1º pada tem regência de Marte. Este pode ser um período em que pode sentir apatia e desligamento em relação ao seu papel na sociedade e poderá sentir o impulso de se dedicar completamente a objetivos espirituais, deixando de lado o status e o reconhecimento mundano, mesmo o profissional, sobretudo se, até agora, isso foi o seu maior objetivo e foco de interesse. Agora sentirá que isso é ilusório e não preenche a sua necessidade de algo «mais verdadeiro». Sendo o corregente de Escorpião, Ketu pode impulsionar processos de transformação profunda na sua perceção do plano  coletivo humano e espiritual, inclinando para a procura interna de satisfação e autorrealização, mais do que para a procura das honras sociais.

Assim, o  curto período em que Júpiter vai transitar pelo Nakshstra Moola, no início do signo Sagitário, entre 29 de março e 23 de abril e em que transita pela 10ª casa é  também um período em que poderá considerar que o objetivo mais importante da sua vida não é ter sucesso na carreira (ou não só) mas antes contribuir com os seus dons únicos para ajudar de algum modo o coletivo da Humanidade.

Nestes 25 dias, entre 29 de março e 23 de abril, em que Júpiter fica no começo de Sagitário no Nakshatra Moola no 1º pada é preciso contar  também com o facto de se tratar de um ponto gandanta no qual as energias de Marte e Júpiter têm dificuldade em integrar-se. Embora este possa ser um período de profunda inspiração para compreender verdades profundas ,também pode ser um período de crise em que, mais do que tentar ser protagonista do que se passa na sua vida, assiste passivamente às circunstâncias que o (a) atingem.

Até 29 de março Júpiter transitará  em movimento direto por todos os padas do Nakshatra Jyestha, fazendo uma breve incursão, como referimos, pelo Nakshstra Moola entre 29 de março e 23 de abril. No dia 23 de abril volta a entrar no signo Escorpião, transitando em movimento retrógrado pelo 4º pada de Jyestha até 31 de maio e pelo 3º pada entre 31 de maio e 27 de junho, dia em que regressa ao movimento direto e transita agora no 3º pada de Jyestha mais uma vez e depois também em movimento direto no 4º pada entre 17 de outubro e 4 de novembro, data em que volta a entrar no signo Sagitário e no Nakshatra Moola, 1º pada para mais um trânsito anual.

 

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2018