Nakshatra da Lua- Punarvasu

Nakshatra da Lua Punarvasu

Nakshatra da Lua Punarvasu

Falamos hoje da colocação da Lua no Nakshatra Punarvasu, um Nakshstra relacionado com  o regresso da abundância, o retorno da Luz, do bem estar e da riqueza. Júpiter é o regente astrológico.

Poderá ler um artigo com todas as características do Nakshtra Punarvasu aqui.

Este Nakshatra está associado com a sabedoria, a generosidade, as viagens pelo mundo, o conhecimento filosófico. A Lua colocada na porção ocupada pelo signo Caranguejo  é otimista e aberta à esperança, criando a expetativas do «retorno da Luz» e da abundância, pela fertilização vital da Terra.

Assim, estas pessoas gostam de jardinar, de estar em contacto com a Terra, gostam de estar em casa, de ver crescer as plantas e os animais à sua volta e também gostam de ter filhos e de desempenhar os papeis parentais.

São compassivas e gostam de proteger os fracos. são naturalmente inclinadas para tratar de crianças, seguir o seu processo educacional, alimentar os que passam fome.

Identificam-se com o universal instinto maternal que protege, cuida e nutre. Podem ser ambientalistas convictos, arquitetos paisagistas a criar e manter a harmonia da  Natureza à sua volta. Os nativos da porção do Nakshatra ocupada pelo signo Gémeos são excelentes a organizar e planificar e podem dedicar-se à comunicação e divulgação dos temas referidos atrás.

As pessoas com a Lua em Punarvasu têm uma forte ligação à terra, às plantas e animais. São o tipo de pessoas que «falam» com as plantas e conseguem comunicar na perfeição com os animais. A tradição diz que  entendem de forma especial as energias profundas das plantas e dos minerais, adquirindo um conhecimento que ultrapassa em muito os resultados da observação científica e racional.

A sua conexão com a Natureza tem traços místicos e está profundamente enraizada na ligação às forças da Terra. As suas raízes na Terra são especialmente fortes, gozando do poder de regeneração das forças vitais, recuperando rapidamente em caso de doença e de revezes e obstáculos que lhes retiraram bens, riqueza, posição social. Conseguem reerguer-se de novo nessas situações e fazer regressar a abundância.

Para manterem as qualidades mais positivas do Nakshatra, estas pessoas devem manter-se próximas da Terra   e da Natureza. A vida na cidade fria de cimento destrói o seu laço especial com as forças telúricas e pode produzir pessoas dogmáticas, doutrinárias, orientadas pela lógica vazia e rígida, sem a conexão que lhes dá a típica personalidade afável e generosa de Punarvasu.

Separadas das forças da Terra, estas pessoas perdem a ligação especial ao seu próprio destino de nutrir cuidar e  proteger. Talvez a vida numa quinta seja o cenário mais feliz para estas pessoas. Ou, pelo menos, num ambiente em que podem sentir os seus laços imediatos com a Natureza.

Estes nativos precisam de se sentir ligados à vida e à sua força nas múltiplas formas que se desenvolvem na Natureza. Compreendem, sentem e vivem os ritmos naturais e os ciclos de vida e morte e a proximidade com estas forças vivas é-lhes necessária para se manterem equilibrados e felizes.

O seu caráter amável e generoso torna fácil perdoarem quando são magoados. Podem sofrer bastante se forem inférteis pois a segurança emocional e a autoestima advém em boa parte de  sentirem em si mesmos a capacidade de engendrar vida.

Habitualmente, estes nativos acumulam bens e riqueza, são talentosos e inteligentes e gostam de se envolver na área científica. são também dotados para a comunicação e a escrita e podem ter sucesso nesta área. Gostam de música e de cantar e podem também alcançar bastante sucesso nesta atividade.

Apesar de gostarem de comunicar, preferem geralmente viver sozinhos. podem envolver-se na ajuda humanitária mais tarde na vida e fazer viagens longas por causa disso.

A Lua em Punarvasu precisa de exprimir o seu sentido de retorno à matriz de onde veio. Punarvasu é, simbolicamente, a «mãe dos deuses» Adity, e simboliza o regresso ao lar, após enfrentar as «tempestades e obstáculos». Assim, em Punarvasu, a pessoa sente que está a voltar a casa.

O ensino e  sabedoria que resultam das experiências vividas é muito valorizado por estas pessoas que apreciam essa sabedora fruto da vida, que lhes dá uma tranquilidade e paz interior e faz deles excelentes professores, conselheiros, etc., especialmente os que nasceram na parte pertencente a Gémeos.

A porção de Caranguejo pode sentir-se mais confortada na vida do lar, da família, nutrindo e protegendo.

Quando a Lua está colocada no 1º pada a pessoa está profundamente envolvida na cultura, comunicação, informação. Estas pessoas procuram regenerar-se através do uso do conhecimento, da comunicação, da planificação, da construção baseada no conhecimento. São curiosas, gostam de saber como fazer e criar coisas e podem alcançar muito conhecimento sobre o que lhes interessa construir.

Podem ter conhecimento especializado e técnico, incluindo a área civil da construção, engenharia ou arquitetura,  e também a área artística. Sentem o impulso para criar uma realidade mais majestosa do que qualquer outra que existiu antes. Podem ser excelentes cientistas.

Quando a Lua está no 2º pada,  também existe o impulso para construir  mas agora usando os recursos financeiros, investimentos, acumulação de valores e bens  Para se sentirem seguros, precisam de  acumular uma boa reserva financeira e podem ser excelentes a trabalhar nesta área. Também podem investir bastante em aumentar os conhecimentos e desenvolver competências para construir algo novo nas suas vidas.

Possuem uma mente estável e competente, cuja segurança depende bastante da acumulação de bens e riqueza, o que os torna mais confiantes e eficazes.  Podem ser bastante felizes no mercado bolsista e na criação de novas formas de investir e ganhar dinheiro.

Quando a Lua está colocada no 3ª pada  a conquista de mais conhecimento para usar na construção de algo melhor no mundo é  um padrão que move estas pessoas. Este pada reflete a energia pura de Mercúrio, tornando os nativos empreendedores. torna-os muito curiosos e capazes de usar a inteligência para criar algo que terá aplicação prática. São idealistas, querem produzir algo grandioso que seja bom para o mundo.

São excelentes a comunicar , tanto a falar como a escrever. As suas ideias são inovadoras e capazes de fazer coisas que realmente têm impacto no mundo. São também «multitarefas», sendo capazes de fazer múltiplas coisas ao mesmo tempo e de fazê-las bem.

Quando a Lua está colocada no 4ª pada, está também no signo Caranguejo e os nativos têm uma intuição e imaginação muito poderosas. Aqui a Lua torna-se muito emocional  e os nativos envolvem-se no que fazem de forma emocional, o que os torna muito bons em todas as profissões em que lidam e interagem com os outros. Estas pessoas falam com o coração, mostrando uma ligação profundamente emocional.

Seguem o coração em tudo o que fazem, sendo esta a razão pela qual o que comunicam toca fundo nos que as ouvem pois sentem que  o que dizem, ou ensinam ou aconselham aos outros é sentido. Possuem a capacidade psíquica de se ligar aos outros e de «os lerem». A sua interação com o mundo e com os outros é sempre marcada por esta empatia e conexão.

Deixe um comentário a sua opinião conta