Previsões 2019-Ascendente Capricórnio

previsões astrológicas 2019 Ascendente capricórnio

Apresentamos as previsões astrológicas gerais para o ano 2019 para cada um dos signos Ascendentes tendo em conta o trânsito  principais dos planetas.

Para uma compreensão mais global dos eventos que se concretizarão no ano de 2019, o(a)  leitor(a) deverá ler, para o seu Ascendente, as previsões dos planetas lentos para o seu signo Ascendente. No ano de 2019 Saturno continuará a transitar pelo signo Sagitário  ao longo de todo o ano. Os nodos- Rahu e Ketu também  continuarão o  trânsito iniciado em 18 de agosto de 2017, nos signos Caranguejo/ Capricórnio até ao dia 7 de março de 2019, altura em que iniciam novo trânsito pelo signo Gémeos/Sagitário que durará até 23 de setembro de 2020. Júpiter iniciou um novo trânsito no último trimestre do ano, a 11 de outubro 2018, pelo signo de Escorpião, trânsito que terminará no dia 4 de novembro de 2019, transitando pelo signo Sagitário até 19 de novembro 2020.

Continuaremos a publicar as previsões mensais para cada signo Ascendente e que mostram os trânsitos que mudam mês a mês.

Por Favor, Note : As informações dadas a seguir  seguem a posição dos signos no Zodíaco Sideral.  Existe uma diferença de cerca de 24º em relação ao Zodíaco Tropical, utilizado na Astrologia Ocidental. Assim, as posições no  Zodíaco Sideral  são aproximadamente de menos 24º pelo que deverá subtrair essa diferença aos graus dos signos do Ascendente  do seu horóscopo ocidental (tendo em conta que cada signo ocupa uma extensão de 30º)  para que  a informação a seguir lhe seja útil.

Deverá ter ainda em conta que o período dasa/antardasa que estiver ativo no seu horóscopo  influencia e pode modificar os efeitos gerais destas previsões.

Previsões 2019- Ascendente Capricórnio

Para o Ascendente Capricórnio Rahu e Ketu continuam a ser o trânsito com maior impacto, até ao início de março. O trânsito de Saturno , regente do Ascendente, é outra energia de grande impacto, mantendo-se o mesmo trânsito do ano anterior mas , a partir de Março, com alterações causadas pela conjunção com Ketu e, entre 28 de março e 23 de abril, pelo trânsito temporário de Júpiter pelo signo Sagitário, e depois de 4 de novembro,  a conjunção tripla destes planetas mantém-se até o trânsito de Saturno terminar em Janeiro de 2020.Quanto aos nodos, Rahu entrará no signo Gémeos no dia 7 de março e Ketu entra no signo Sagitário.

Assim, até 7 de março, Rahu e ketu transitam  pelo eixo  da 7ª e 1ª casas, um trânsito  que há- de ter tido um impacto considerável  em todas as parcerias, ao longo do ano, e também na sua identidade pessoal. Rahu  na 7ª casa  coloca o foco dos  desejos na concretização de um casamento, caso isso ainda não tenha acontecido e na formação de todo o tipo de acordos, parcerias e negociação /mediação, contratos, etc..  Este esforço destina-se a obter vantagens  através do papel de conselheiro, negociador, intermediário,  concretização de transações (comerciais e outras) que parecem justas (porque servem os seus interesses, bem entendido) . Mas você quer também ser reconhecido(a) como alguém que é justo na realização desses acordos e faz tudo para passar  a imagem de justiça em todas as trocas e negócios, em todas as parcerias, insistindo em passar uma imagem igualitária e respeitadora dos interesses dos outros. Sejam ou não reais estas qualidades, ser reconhecido (a) como um excelente negociador(a), mediador(a), etc., torna-se um interesse fundamental. Apesar disso ,este pode não ser um bom período para o casamento e as parcerias existentes pois Rahu instala o desejo de lidar com parceiros exóticos, diferentes, não convencionais e não respeitadores das regras estabelecidas e, se estas pessoas não encontrarem isso nos parceiros existentes- de negócios e de vida- podem ser   atraídos por outras pessoas que tenham as características que agora sentem necessidade de experienciar. Mas o essencial das experiências de Rahu neste campo há- de ter-se concretizado já pois agora está na reta final deste trânsito. Em 7 de março Rahu entra no signo Gémeos na 6ª casa  e, a menos que a sua profissão seja a advocacia, este pode ser um período desafiador pois tenderá a entrar em discussões e conflitos basicamente com todos, tanto no lar como no ambiente de trabalho.  Rahu na 6ª casa permite tirar partido de ambientes de criminalidade e toxicidade, exploração e escravidão, dependência, etc. E, se este trânsito pode acrescentar estamina ao trabalho de um advogado, médico, ou assistente social, ao indivíduo comum pode trazer muito pouca paz. Dependendo do caráter de cada um, você poderá ver-se envolvido (a) ou na defesa dos que sofrem e estão no escalão mais baixo da sociedade ou, pelo contrário, nos que cometem crimes que reduzem os outros a um estado de dependência e toxicidade. De um modo ou de outro, Rahu permite ganhar com isso. Também pode ganhar através da prática de agiotagem, cobrando juros de empréstimos a pessoas que têm dívidas. Mas Rahu a transitar pela 6ª casa causa problemas nas parcerias e no casamento e também pode trazer sofrimento físico devido a doença. Se o seu desenvolvimento espiritual for elevado, este trânsito de Rahu permite descobrir um verdadeiro sentido de serviço humanitário, por vezes com sacrifícios pessoais em nome de causas e defesa dos direitos dos outros, inclusive dos animais e do ambiente.

Por outro lado, Ketu continua a transitar pela 1ª casa e o seu efeito causa esbatimento da singularidade individual, com apatia em relação ao que quer e a quem é.  Este trânsito tem por efeito a adoção de traços da personalidade de outras pessoas, pois Ketu tende a assumir um rosto que não é o seu . a ligação com os parceiros é dificultada por esta apatia, levando a que a pessoa esteja ligada num momento e noutro se desligue totalmente dos relacionamentos existentes. A capacidade de afirmação pessoal, o cuidado pela imagem e aparência podem ser seriamente ameaçados. Também há um total descuido em relação à saúde. A ausência de foco na individualidade própria pode levar a relacionamentos oportunistas e manipuladores por parte de alguns parceiros atraídos por Rahu a transitar na 7ª casa.  Neste período, é provável que , se alguém lhe propuser casamento ou algum acordo ou parceria aceite, não por ter convicções válidas e fortes mas «porque tanto lhe faz». Mas, a partir do dia 7 de março esta situação muda, com Ketu a recuar para a 12ª casa, ficando em conjunção com Saturno. Este trânsito pode ser difícil pois corta a possibilidade de ter um espaço privado levando à exposição permanente do espaço próprio à invasão dos outros. Ketu na 12ª casa também  separa  o indivíduo de todas as experiências de espiritualidade, que não trazem nenhuma satisfação neste período.  Mas é um bom trânsito para os aspetos materiais da vida, embora a presença de Saturno possa dificultar a sua posse. Mas, ainda assim, poderá conquistar a posse de um significativo conjunto de bens materiais com este trânsito de Ketu. Este trânsito de Ketu não favorece os relacionamentos nem a harmonia conjugal. Pode mesmo indicar infidelidade- sua ou do parceiro- mas , caso esta aconteça, em geral a sua resposta é de indiferença.   O trânsito conjunto de Saturno, Ketu e Júpiter pela 12ª casa pode, mesmo assim, lançar compreensão intuitiva dos laços kármicos relacionados com o passado residual mas, para o seu Ascendente, será mais provável que se aperceba disso apenas quando Saturno deixar o signo Sagitário e começar a transitar na 1ª casa em janeiro de 2020  e Júpiter e Ketu abandonarem também a 12ª casa, uns meses mais tarde.

Quanto a Saturno, este  transita na 12ª casa no signo Sagitário como referimos. Sagitário é um signo de espiritualidade mas Saturno na 12ª casa nega em geral o conforto das experiências espirituais  e não permite deste modo o alívio dos medos  e fantasmas com que se confronta e que assomam a partir do inconsciente nesta altura. Este pode ser um trânsito difícil porque coloca a pessoa num isolamento que pode ser físico, mental ou emocional. O sono pode ser perturbado e medos vários podem limitar as condições de vida normais e perturbar bastante a paz mental. Pode não mostrar aos outros quaisquer sinais de sofrimento físico mas há grande probabilidade de existir sofrimento psíquico não partilhado com mais ninguém. A presença de Ketu neste signo a partir de março traz um outro tipo de alívio: o de deixar de se sentir afetado (a) por tudo isso, assistindo ao que se passa na sua psique como espetador (a) em vez de ator ou atriz principal. É verdade que se torna difícil relaxar e o sono pode ser perturbado por sonhos estranhos que causam medo mas a apatia de Ketu causa um esbatimento da memória e da sensação em relação a estas matérias. A partir da 12ª casa Saturno lança aspeto para a 2ª casa, para a 6ª e para a 9ª casa. A 2ª e a 6ª casas são casas de trabalho; a 9ª é a casa da sorte construída nesta vida, do propósito de vida e dos valores e princípios que norteiam a ação individual. Saturno na 12ª casa mobiliza os eventos do passado que podem ser agora libertados através de ações que implicam o desenvolvimento de novas competências e do esforço pessoal- 2ª casa- e da prestação de serviço altruísta aos que dele necessitam por serem mais frágeis na sociedade.

Júpiter, o regente da 3ª e da 12ª casas, transita  no signo Escorpião na 11ª casa até ao dia 4 de novembro, fazendo uma breve incursão, entre 28 de março e 23 de abril, pelo signo Sagitário na 12ª casa, antes de entrar no seu trânsito regular nesse signo, em novembro. Embora não seja fácil antever, em termos gerais, o resultado deste trânsito, uma coisa é certa: ele vai expandir a área de vida da sua relação com a comunidade alargada, podendo trazer eventualmente ganhos materiais, embora possa igualmente  dissipá-los através de despesas inesperadas, tanto por ser o regente da 12ª casa como pelo facto de Saturno se encontrar colocado nessa casa. Mas Saturno na 12ª casa pode ter um papel protetor em relação às despesas porque, ao atrasar e bloquear todos os processos, também faz isso em relação às dívidas. Ketu nessa casa tem o mesmo efeito. Talvez  se envolva com uma comunidade estrangeira neste período e isso tenha um efeito radicalmente transformador, ou encontre fontes de rendimento não convencionais e até mesmo secretas ou escondidas por alguma razão. Mas, o que quer que faça, manter a reserva durante este ano vai ser-lhe particularmente difícil. Em 4 de novembro Júpiter entra finalmente no signo Sagitário para um novo trânsito anual e fica conjunto com Saturno e Ketu. Esta tripla conjunção é símbolo de uma verdadeira iluminação e de «limpeza » de resíduos kármicos mas a presença de Ketu na 12ª casa aponta para uma separação em relação à espiritualidade e à consciência espiritual, pelo que , a dar-se a compreensão  das suas novas potencialidades ,isto sucederá depois de Saturno abandonar a 12ª casa.

Nos meses de Maio  junho e julho, quando o Sol , Vénus e Mercúrio transitarem pelo signo de Gémeos você poderá enfrentar situações relacionadas com disputas, problemas de saúde e escassez de dinheiro (dívidas). Tenha cautela preventiva em relação a estas matérias. Do mesmo modo, o trânsito do Sol, Mercúrio,  Marte e Vénus e Vénus pelo signo de Leão, nos meses  de  agosto   e setembro pode causar problemas com  projetos que enfrentam obstruções, dificuldades nas fontes de rendimento e problemas com o cônjuge . E quando o  Sol  Vénus e Mercúrio  transitarem pelo signo de Sagitário  nos meses de  dezembro, causam despesas adicionais e problemas nas viagens para países estrangeiros.

Nota: Quando diferentes trânsitos apontam para resultados opostos num mesmo período, uns não anulam os outros mas, habitualmente, tanto os bons como os maus aspetos se fazem sentir nas áreas relacionadas.

Deverá ter ainda em mente que os  resultados apresentados  são gerais e devem ser complementados com uma análise dos períodos Dasha e Antardasha dos planetas e com a análise das diversas forças  dos elementos do horóscopo estudadas pela Astrologia Védica/Jyotish.