Nakshatra da Lua Poorva Phalguni

nakshatra da Lua Poorva Phalguni

O Nakshatra  Poorva Phalguni tem regência de Vénus e, quando a Lua está colocada neste Nakshatra, o nativo sente segurança e conforto em ambientes artísticos, sensuais, em que o luxo a música , a beleza e o prazer dos sentidos são um fator fundamental. Também se sente bem  em ambientes onde se estabelecem  alianças e acordos.

Estes nativos apreciam tudo o que é doce; acordos e contratos; a riqueza e o luxo, as negociações, a diplomacia que une as pessoas através de regras aceites e comuns, tudo isto  lhes dá segurança  e o conforto de viver em ambientes que podem controlar.

Sendo um Nakshatra  onde está colocada uma parte  do signo Leão, compreendemos que estes nativos desejam retirar o máximo e o melhor da vida, «beber o sumo da própria vida», não lhes escapando nenhum dos prazeres que esta pode dar. Mas o regente astrológico do Nakshatra – Vénus- e o regente do signo Leão- o Sol-  são inimigos e, portanto, nem tudo é glamour na vida destas pessoas. O padrão de sucesso costuma ser o de um início extraordinário de sucesso e glamour no início da carreira mas esses níveis são reduzidos a partir de meados da vida profissional. O Nakshatra favorece todas as carreiras que têm um ponto alto na juventude: uma carreira na moda, no desporto, na música e na vida artística. Esta posição da Lua  também pode ajudar a criar influência pública que promova o sucesso numa carreira política (que também costuma ter um ponto alto ao que se segue, com raras exceções, o designado «atravessar do deserto» com o regresso à vida privada e ao esquecimento do público.

Estas pessoas podem, deste modo experimentar uma fama e celebridade muito elevadas no começo e, politicamente, podem ter grande carisma. Na vida artística podem ser extraordinariamente criativas mas, à medida que o tempo vai passando, a menos que haja outros fatores no horóscopo que sustentem uma criatividade continuada, o brilho criativo do começo esmorece, de modo que podem ser artistas de uma ou de poucas obras e nunca mais serem capazes de produzir algo com a mesma qualidade ou génio no futuro. Por vezes, o nome que conseguem criar e a fama associada ao que fizeram no começo pode sustentar o sucesso durante  uma parte do futuro por ex., em obras que geram direitos autorais. Isto pode sustentar um bom estilo de vida mesmo quando o génio criativo já não tem o viço de outrora.

Porém, estas pessoas são em geral estimadas, mesmo pelo grande público, apesar de o seu génio e talento não serem os mesmos. As suas características de caráter tornam-nas agradáveis e simpáticas para os outros. Isto  explica que muitas destas pessoas se mantenham populares, embora com menor extensão, mesmo quando já não estão nos anos dourados da vida artística , política ou desportiva.

Emocionalmente, estes nativos precisam de ver confirmados os seus dons criativos (sejam estes artísticos, políticos ou outros) pois querem manter a sua aura de  «figuras de topo», especiais e únicas. Perder a admiração dos outros é um golpe mortal para eles. Precisam de ocupar o «centro do palco»   no seu cenário de referência, como «reis e rainhas» da sua área de referência. Precisam de alguma pompa e luxo a rodeá-los e são certamente mais felizes se puderem ter um estilo de vida faustoso, colocando-se por alguma razão- dotes artísticos, maior riqueza, mais beleza- acima de todos os outros. Para isso acontecer, para que sejam vistos e respeitados como a «autoridade máxima» em cada circunstância, precisam de ter «em quem mandar», quem lhes obedeça e os admire incontestavelmente, ou seja, precisam de um «séquito» de servidores, o que é muito viável desde que tenham meios para lhes pagar.

Devido ao conflito entre a energia solar e a energia de Vénus, que indicam dois tipos opostos de comportamento- Vénus inclinando para os relacionamentos e parcerias «de igualdade» e o Sol inclinando para o desejo de  ser único, célebre, sem ninguém a «fazer sombra» ao seu sucesso e suficientemente egoísta para se focar em si e apenas em si.

Deste modo, estas pessoas podem ter dificuldade em «assentar» num relacionamento a dois de forma duradoura. Há, no entanto, um aspeto comum a estas duas energias: tanto o Sol como Vénus apreciam o brilho do poder, da riqueza, do luxo que permitem um estilo de vida privilegiado.

Estas pessoas anseiam por encontrar um parceiro de vida amável que as adore, ao mesmo tempo que «fica fora do caminho» quando desejam alcançar a fama, a celebridade e a admiração dos outros como a única figura que realmente  importa. Não é um objetivo fácil de alcançar. Além disso, os nativos com a Lua em Poorva Phlaguni sentem que merecem a admiração e adoração de mais do que uma pessoa pelo que podem enveredar por um conjunto de relacionamentos românticos que se seguem uns aos outros, mantidos sob os olhares públicos como forma de demonstração do seu merecimento de serem amados, admirados, desejados pelos outros e que vão, teatralmente sendo deixados pelo caminho como «insatisfatórios», «insuficientes», incapazes de «estar à altura» da sua pessoa.

Devido ao carisma e postura, podem ter grande sucesso em carreiras no cinema, teatro, moda, Política, escritores «da moda» e em todos os cenários em é  que preciso falar  para o público. O seu charme é inigualável e dá-lhes naturalmente o «centro do palco». Têm também  a tendência natural para se darem com os ricos e famosos, que sentem ser o seu meio natural. Precisam de sentir os elogios e aplausos na sua vida pública e social, para se manterem equilibrados. Mas a vida privada pode ser muito menos satisfatória, sobretudo se o parceiro não tem uma atitude de adoração e subserviência. Deste modo, para se equilibrarem, estas pessoas procuram a constante exposição pública, quando esta lhes traz os níveis de admiração e aplauso que não encontram em casa.  O pior é quando esta também não é proporcionada pela vida social, pelos «seguidores» nas redes sociais, pela quantidade de pessoas que os procuram quando estão em público, etc.

Para os que não são figuras públicas ou «socialites», há sempre outras formas de chamar a atenção que precisam de ter sobre si: o modo como se vestem, os adornos e joias que exibem, os carros luxuosos, estes nativos fazem o que for preciso para serem alvo de admiração e o centro da atenção dos outros. Terem uma bela figura e serem atraentes é outro fator que pode ser «ouro sobre azul» para manterem a autoestima. Na sociedade ocidental, ainda dominada pelo modelo masculino, as mulheres com a Lua em Poorva Phalguni adoram competir com os homens para lhes roubar todo o tipo de protagonismo. E a sua satisfação pessoal aumenta na exata medida em que provam «ser melhores».  A área dos negócios é igualmente uma boa escolha para estas pessoas brilharem.

Homens e mulheres gostam de se pôr à prova em meios exigentes do ponto de vista da coragem, capacidades de liderança ou de brilhar com a sua criatividade. Apreciam desportos radicais, corridas de automóvel ou «motoracing» e todos os que granjeiam mais admiração  por parte do público. Diversão , poder, riqueza e influência são algumas das coisas que mais motivam estes nativos, que gostam de acompanhar com os poderosos e mais glamourosos da sociedade. São amantes de todos os prazeres e luxos e sonham com a glória.

Podem tender para a preguiça e a ociosidade, contanto que isso não lhes impeça  de manter o brilho ou negue os holofotes da celebridade sobre si. O maior medo destas pessoas é serem abandonadas e deixarem de ser o alvo da atenção do público.

Quando a Lua está colocada no 1º pada, a pessoa é muito criativa e sente-se segura ao exprimir essa criatividade. Uma das formas de afirmar essa criatividade é desenvolvendo uma vida luxuosa, fazendo coisas extraordinárias que causem admiração, especialmente através de alguma forma de arte. A pessoa aparece com um brilho especial, bela e suscitando a admiração dos outros pela própria aparência. São admirados pela beleza e pela presença, dando excelentes modelos, atores e atrizes. Precisam de se exprimir de forma criativa  para serem felizes.

Quando a Lua está colocada no 2º pada. Este pada indica uma capacidade de trabalho muito forte, embora prossigam os objetivos e tendências gerais do  Nakshatra. São perfecionistas , dispondo-se a trabalhar incansavelmente para produzir algo realmente extraordinário, querem fazer tudo do modo mais perfeito possível. Consideram que é nos detalhes que o muito bom se distingue do simplesmente bom. Podem,, no entanto ficar presos a um único trabalho, se este não estiver, a seus olhos, perfeito, perdendo a possibilidade de fazer outras coisas. Mas são muito produtivos, embora também apreciem o prazer e a diversão.

Quando a Lua está colocada no 3ª pada os relacionamentos são o foco da vida destas pessoas, permitindo-lhes ser mais criativas e motivadas. A  sua energia aplica-se assim nos relacionamentos e é a partir destes que estas pessoas se exprimem criativamente  em termos artísticos, nos negócios,  na vida em geral. O casamento e os relacionamentos são o primeiro aspeto  da vida que valorizam e estes são a base de tudo o que são capazes de criar pois as emoções que sentem nos relacionamentos alimentam todas as outras expressões da sua criatividade.

Quando a Lua está colocada no 4º pada os nativos têm a capacidade de exprimir os aspetos mais sombrios da vida e da transformação, os mistérios, etc., sob a forma de arte.  Procuram encontrar algo que seja profundo e traga  um fundamento original para a arte que exprimem. Desejam ser os melhores, fazer algo que nenhum outro artista fez; são muito competitivos e querem ser os primeiros na sua área. Este desejo pode ser tão obsessivo que pode causar-lhes instabilidade mental. Mas sentem atração pelo lado menos glamouroso da vida, como as drogas, os estados mentais de depressão , querem transformar esse lado menos brilhante da vida em arte única e admirável. Mas a mente nunca está em completo relaxamento, com a Lua neste pada.

Poderá Gostar de Ler

One Thought to “Nakshatra da Lua Poorva Phalguni”

  1. Ster

    Adoro os posts dos nakshatra das luas, a minha é poorva bhadra ,não vejo a hora de ler 😀

Comments are closed.