Personalidade Básica Ascendente Sagitário Lua Peixes Sol Escorpião

 

personalidade básica Ascendnete Sagitário Lua Peixes Sol Escorp

Analisamos hoje a personalidade básica Ascendente Sagitário Lua Peixes Sol Escorpião em resposta a mais um pedido dos leitores. Esta é uma personalidade composta pelos elementos Fogo e Água.

O Ascendente no signo Sagitário indica uma personalidade entusiasta, extrovertida e sociável, amante da liberdade, da Natureza e com um inato gosto pelo conhecimento profundo das causas das coisas. Estas são pessoas que sabem encontrar os pontos de união entre as várias «verdades», procurando unir as diferenças sem as reduzir nem impor a sua própria visão única embora também possam ter a tendência para considerar que possuem o dom inato para percecionar a «verdade» numa experiência em que  sentem intuitivamente o que ela é, sendo em geral mais capazes de apreender a «essência» das coisas do que a maioria. Mas, basicamente, estes nativos nasceram para aprender com a sua própria experiência de vida. O seu saber não é puramente lógico nem saído de puras palavras vazias, é alicerçado numa realidade que experienciaram a nível profundo e, por isso, é bastante autêntico e transmitido com a ênfase de quem sabe o que está a dizer. E isso é sentido pelos outros.

Os nativos de Sagitário amam a liberdade, não gostam de se sentir limitados nas suas escolhas, nem presos a uma rotina interminável. Embora sejam muito trabalhadores, dão-se melhor a fazer coisas em que podem criar e tomar decisões sobre o que devem fazer. E tanto podem dar-se maravilhosamente bem numa carreira académica ou de investigação e ensino  como numa área desportiva e até numa carreira na área financeira.  Esta multivalência explica-se pela sua inata capacidade de encontrar ligações entre as múltiplas realidades e saberes. A nível profundo, estas pessoas sabem que há uma mesma essência  a perpassar todo o real   e que, no fundo, todo o plano do ser é uno. Talvez por isso, gostam de conhecer realidades culturais e pessoas de diferentes meios, adoram viajar, não apenas pela curiosidade mas pelo desejo de confirmar as suas intuições profundas. E isso faz com que, em geral, exprimam tolerância perante as diferenças manifestadas pelos  indivíduos e pelas culturas como uma expressão da imensa riqueza e diversidade da natureza humana que, em essência, é universal.

Este nível de compreensão também os orienta para a filosofia, a espiritualidade e a religião por sentirem, eles próprios, que são unos com o todo da vida e dos seres, nascendo daí um profundo respeito e  gratidão por fazerem parte deste mistério de ser. Para estes nativos a essência da realidade é algo sagrado  pelo que sentem  ser seu privilégio e também seu dever, proteger e manter a sua riqueza e diversidade. Por isso, é fácil encontrar nativos de Sagitário na defesa da proteção da Natureza e dos animais.

Sagitário procura unir mundos diferentes como o que é expresso pelo seu símbolo, metade homem metade cavalo: não há divisão nem dualismo absoluto no plano da vida e do ser. E, do mesmo modo que, ao longo dos séculos, o homem aspirou ao divino, também os animais ditos «inferiores» (e que para estas pessoas, não o são de facto) têm  o direito de aspirar ao bem-estar e à «salvação» porque também eles têm essência divina. Em Sagitário cumpre-se o ideal místico, tantas vezes encontrado ao longo da história do misticismo, de que é através do ser humano que a Natureza no seu conjunto pode «regressar a Deus». E, tenham ou não consciência clara disto, a nível profundo é o que estas pessoas sentem.

Júpiter, o regente de Sagitário, é o significador da abundância e da expansão, do otimismo e da Esperança e estes nativos têm, na sua expressão básica de ser, os elementos necessários para  acrescentar estes valores ao meio onde vivem as suas vidas.

Quando, ao Ascendente Sagitário se associa a Lua no signo Peixes, o signo feminino de Júpiter, percebemos que a força e posição de Júpiter neste horóscopo é muito importante para determinar o destino pessoal. Esta é uma personalidade com um incrível poder de intuição, com uma compreensão da realidade que é grandemente psíquica, em que a pessoa «recebe» sem esforço, a compreensão de muitas coisas com um nível de profundidade que ultrapassa em muito a mera compreensão racional. Estas pessoas não apenas «sabem» como «sentem» com uma força inabalável, que algo é «verdade».

Também é claro que são sonhadoras, idealistas, muitas vezes crédulas pois a sua propensão mais imediata é para se dirigirem aos outros com amabilidade e compaixão, vendo o melhor destes e ignorando muitas vezes o seu pior. Está na sua natureza sentir compaixão pela vida em geral  e também têm a capacidade de perdoar e de aceitar os erros, fruto da fragilidade e imperfeição humanas.

Estes nativos podem ser visionários, criando mundos da fantasia e de aventura, por ex., na indústria do entretenimento. Podem ser escritores e leitores ávidos, artistas capazes de plasmar a sua visão da realidade através da criação de formas e cores, seres e personagens de ficção. Podem igualmente ser grandes figuras ao nível da pregação religiosa, do aconselhamento, do ensino, sendo admirados pelo exemplo da sua  sabedoria e qualidades humanas. Em alguns casos, quando Júpiter está mal colocado no horóscopo, podem também tornar-se dogmáticos e fundamentalistas, perdendo a capacidade de canalizar a pura sabedoria para se perderem nos pormenores formais de uma «verdade» que se afastou das raízes do ser.

A Lua rege a 8ª casa e está colocada na 4ª casa.  Esta é uma colocação que produz uma natureza espiritual mas não favorece a felicidade material nem a relação com a mãe. Esta provavelmente não deixa bens de herança para o nativo. A carreira é igualmente prejudicada podendo existir quebras e mudanças bruscas a este nível. O regente da 8ª casa aqui também pode indicar poucos confortos no lar, problemas com a casa e com o carro, dificuldade em ser proprietário de casas, carro e terras, possíveis quebras durante o processo de educação, que tornam difícil acabar o curso. Pelo lado positivo, esta posição da Lua indica forte perceção intuitiva, podendo mesmo haver faculdades paranormais de perceção. A vida é longa e a pessoa torna-se mais espiritual e ascética à medida que se aproxima o final da vida.

A Lua está colocada na 4ª casa. Esta é a posição mais forte da Lua, habitualmente considerada muito auspiciosa. E é, do ponto de vista espiritual. Para os que têm uma natureza mais mundana, porém,  ter nesta casa o regente da «maléfica» 8ª casa pode ser considerado um entrave pois dificulta o que a maioria considera ser a «felicidade», normalmente conotada com a posse e o usufruto de bens materiais e de uma vida familiar «feliz» no conceito mundano. Assim, para os menos voltados para o crescimento espiritual, esta posição da Lua pode ser  uma luta,trazendo sentimentos de frustração, pelo facto de a pessoa poder ver negada uma «vida fácil» em termos materiais. Mas, para os que procuram um desenvolvimento espiritual, esta é uma posição excecionalmente rica pois permite que a pessoa descubra no interior de si mesma um mundo infinito de recursos e uma fonte de felicidade espiritual , sabedoria e capacidade de cura de si mesma e dos outros. Potencialmente, esta personalidade pode descobrir-se como alguém que pode encontrar a sua felicidade através do desenvolvimento espiritual e da dádiva de si aos outros. E pode surpreender-se pelo sentimento interno de grande realização pessoal e espiritual.

Quando, ao Ascendente Sagitário  e Lua em Peixes  se associa o Sol no signo Escorpião, outro signo de Água ,fica mais forte a convicção da missão espiritual desta personalidade pois o Sol, regente da 9ª casa da sabedoria e dos princípios e verdade profunda que nos orienta o destino, está colocado na casa da salvação , no signo de transformação radical que é Escorpião. À primeira vista diremos que esta é uma personalidade que vem ao mundo para efetuar uma conversão dos seus valores e do seu ser, numa direção claramente espiritual. E pode tornar-se um modelo exemplar de fortes valores a este nível. Para os menos evoluídos, porém, este desejo de ir mais além do plano imediato e material pode conduzir a um escapismo através do álcool e de substâncias aditivas pois o Sol em Escorpião e a Lua em Peixes precisam de muita força interior e de muita luz para não perderem facilmente o rumo e entrarem pela porta aparentemente mais fácil. Esta personalidade precisa, desde jovem, de orientação espiritual forte para se manter focada nas possibilidades do seu imenso potencial de crescimento.

O Sol no signo Escorpião concentra-se na procura de algum tipo de poder, discreto, secreto, mas real e muito efetivo. Esta posição do Sol pode orientar para a procura de conhecimento esotérico ou oculto que pode ajudar, se bem conduzido, a descobrir e explorar os imensos recursos interiores desta personalidade, dando-lhe força, brilho e sentido de missão que preenche a sua vida. Se não houver aflições ao Sol este pode ser um guia para a transformação profunda da identidade e, em consequência, gerar um profundo sentido de missão que preenche esta pessoa e permite que esta se sinta realizada a todos os níveis.

O Sol rege a 9ª casa e está colocado na 12ª casa. Como sucede com a Lua, também o Sol é um indicador espiritual colocado numa casa de transição e de espiritualidade. É claro que a tradição refere que esta é uma posição que limita a sorte e os benefícios que podiam ser recebidos do pai e também a sorte do pai. Mas, assumindo  que a organização dos elementos básicos da personalidade apontam todos para um desenvolvimento que é sobretudo espiritual, não parece muito aceitável dizer que é uma má posição. De facto é uma posição que não favorece a «sorte» material mas é também um indicador claro de forte potencial de desenvolvimento espiritual. E este é um aspeto tão importante como qualquer sucesso material, na nossa opinião. Segundo a tradição, é também uma posição que favorece as longas viagens para lugares distantes, a vida sexual (representada pela 12ª casa) e também, segundo a tradição, indica felicidade «após a vida».

O Sol está colocado na 12ª casa. Uma vez mais, é de referir que esta posição não ajuda a relação com o pai nem a visibilidade mundana do nativo. Pode indicar, no entanto, uma vocação profunda pela vida espiritual ou até monástica, indicadora de isolamento do nativo em relação à vida mundana. Isto também pode ocorrer quando a pessoa se dedica a uma profissão em que fica isolada do mundo como quando trabalha num hospital ou prisão ou outros locais semelhantes.

Em termos espirituais, esta é uma configuração que indica a possibilidade de «encontrar a iluminação», com a total separação em relação ao modo de ser e de viver anterior e com um recomeço absoluto de ser. Não haverá provavelmente fama material e podem existir alguns problemas de visão mas, a nível espiritual, esta pode ser uma vida que fará toda a diferença no caminho total a percorrer.

4 Thoughts to “Personalidade Básica Ascendente Sagitário Lua Peixes Sol Escorpião”

  1. Barbara

    Oi pessoal, poderia sugerir uma análise?
    Ascendente capricórnio, lua em escorpião e sol em peixes.
    Agradeço muito! Sou leitora do site ( de ambos, na verdade) no minimo a uns 3 anos! Parabéns pelo conteúdo

    1. Absolutamente, Cara Bárbara. Esta rubrica existe para responder aos pedidos dos leitores. Já está na nossa lista, é só aguardar com alguma paciência (a lista está grande).

  2. Jéss Percy

    Esperando ansiosa por Ascendente em Peixes, Lua em Touro e Sol em Libra. Suas análises me ajudam muito no auto-conhecimento, obrigada pela paciência em fazer tudo tão detalhadamente.

    1. O prazer é todo nosso, Cara Jéss. Quando chegar a vez do seu pedido será publicado.

Deixe um Comentário a sua opinião conta