Trânsito Rahu Ketu 2019-20 Ascendente Caranguejo

Descrevemos este artigo os efeitos gerais do trânsito Rahu Ketu 2019-20 Ascendente Caranguejo.

Os leitores poderão ler uma introdução geral sobre os efeitos do novo trânsito de Rahu e Ketu pelo eixo Gémeos/Sagitário aqui.

A partir do próximo mês de março, dia 7, os nodos iniciarão um novo trânsito pelos signos de Gémeos e Sagitário.

Rahu transitará pela 12ª casa e Ketu transitará pela 6ª casa. A 12ª casa é uma casa de isolamento e de espiritualidade, de afastamento dos assuntos mundanos e a energia  de Rahu é contrária aos significados  mais comuns desta casa pois Rahu procura protagonismo e visibilidade e a 12ª casa limita esse desejo.

Assim, impossibilitado (a)  de  se abrir  ao mundo e  de aí conquistar o máximo de visibilidade da sua imagem, vai levar a descobrir  as virtudes do segredo da informação confidencial. Nesta altura, o fascínio que sentirá pelo conhecimento secreto, pelo poder que a informação privilegiada que só alguns possuem  pode conferir, será algo que moverá intensamente a sua vida.

Rahu também significa países estrangeiros e pode haver uma grande atração por conhecer países longínquos que têm povoado a sua imaginação.

Estando colocado no signo Gémeos, um signo de comunicação e de envolvimento com outros, a energia de Rahu terá de se adaptar a este contexto «invisível» ou resguardado dos olhares públicos. Assim, Rahu vai fazer surgir um súbito desejo de estar sozinho(a), pelo menos separado das pessoas que encontra diariamente no seu quotidiano e de  se encontrar a si próprio(a) fora dos olhares dos outros e do mundo em geral.

Subitamente,  pode  interessar-se por  seguir um programa de recolhimento num asram ou  num mosteiro, ou passará mais tempo  numa divisão resguardada  da sua casa ou num local longínquo, ao qual  poderá aceder através de uma longa viagem  ou poderá trabalhar sob disfarce, «infiltrado (a)»   ou com algum tipo de camuflagem. Mas, estando em Gémeos, Rahu não procura «converter-se» a nenhum culto ou religião, grupo metafísico, etc.

Não, a sua curiosidade é mais intelectual , é a do antropólogo cultural que estuda a mentalidade e os padrões culturais de uma certa sociedade sem perder totalmente o seu ponto de vista inicial; deseja conhecer para relatar aos outros, pois o conhecimento é reconhecido por si como uma fonte importante de poder.

Saber e compreender como funcionam as «sociedades secretas» ou «esotéricas», como alcançar os «conhecimentos místicos» que podem melhorar a compreensão do mundo, é o que lhe interessa, e não tanto o  de se deixar mergulhar numa realidade que, à partida, lhe é estranha.

Simplesmente, neste período você percebe que o poder em todas as suas formas, para além dos aspetos «visíveis», tem as suas fundações ocultas e escondidas, seja através da ligação a sociedades secretas seja a grupos que não se expõem às claras. E poder trazer essa realidade à plena luz do dia e da crítica é algo que  pode considerar fascinante nesta altura.

Assim, se tem alguma atividade jornalística, ou se trabalha nos serviços secretos, na diplomacia, no combate ao crime «de colarinho branco», na advocacia ou investigação criminal, este será um período excelente para si. Terá a motivação, a «inteligência fora da caixa» e o engenho para descobrir o que se propuser.

Para os que trabalham numa área artística ou criativa, com recurso ao uso da imaginação, ou da escrita de ficção, este pode ser igualmente um período extremamente criativo, ligando a imaginação com elementos exóticos, estranhos mas igualmente fascinantes.

Para as pessoas em geral, este pode ser também um período de eleição para «escavar fundo» no seu próprio subconsciente. O uso de técnicas de interpretação dos sonhos, mas até mesmo também o simples devaneio ou o sonhar acordado (a) podem trazer lampejos fulgurantes de descoberta acerca da sua identidade profunda.

Esta capacidade de intuir psiquicamente a sua própria realidade pode estender-se aos outros pelo que, se tem atividade como terapeuta ou conselheiro (a) também poderá agora ajudar melhor aqueles a quem presta serviço.

Neste período pode sentir o desejo de   se ligar a um grupo privado a partir do qual procurará tornar-se  proficiente  em saberes ocultos, privilegiados.

Pode ser ocasião para se associar a grupos esotéricos que procuram alcançar formas de poder e de influência não reconhecidos pela sociedade mas que podem ser muito eficazes (magia e ocultismo, conhecimento de «segredos» importantes de nível internacional, atividades de camuflagem  como espionagem, etc.) Rahu vai tornar fascinantes os papéis em que pode atuar sob disfarce e fora dos olhares públicos mas que permitem obter muito poder, o poder de influenciar outros, especialmente  bem colocados na sociedade.

Mas também  poderá interessar-se por desempenhar  atos com objetivos humanitários   como   o trabalho de orientação  e aconselhamento de prisioneiros, refugiados, pessoas hospitalizadas, etc.

De algum modo, Rahu vai impelir para cuidar e nutrir essas pessoas , talvez nem sempre com desinteressado altruísmo mas porque esse papel de benemérito, de solidário, pode trazer outras vantagens a nível pessoal, melhorando substancialmente a imagem pública e o reconhecimento social junto de algum grupo seletivo.

A nível subjetivo, os sonhos, incluindo o «sonhar acordado» podem agora ter um relevo especial e significado interno especial de orientação interior.

Por outro lado, pode haver uma compulsão muito difícil de controlar para gastar todo o dinheiro que tem (e o que não tem) em confortos ou outros itens para seu uso pessoal. Vai ser muito difícil controlar os gastos e as despesas podem fazer-lhe passar momentos difíceis se não fizer um esforço para conter todos os gastos não essenciais.

Outra área que pode ser muito presente na sua vida é a que se liga aos relacionamentos secretos de caráter sexual, que também podem ser uma fonte de gastos, tanto de dinheiro como da sua energia vital.

Segundo a tradição, Rahu na 12ª casa permite igualmente aceder aos «mundos subtis» de planos não terrenos, facilitando facultades de perceção extrassensorial, desde que haja predisposição natural.   Isto aumenta a sua atração por aceder a esses planos, o que pode levar a associar-se a grupos de esoterismo ou de ocultismo. Não se trata apenas de curiosidade, mas de uma fascinação imensa pelo poder que esse conhecimento privilegiado pode trazer para as ambições pessoais.

Neste período, indivíduos que se consideram «gurus» de práticas ocultas podem aparecer na sua vida e deverá ter algum cuidado em relação a entrar de ânimo leve em tais associações,  que muitas vezes trazem energias negativas e influências das quais será difícil livrar-se.

O trânsito de Rahu pela 12ª casa desperta a sua ligação com a memória ancestral e poderá  ser fácil cair na armadilha da «espiritualidade», sem ter consciência de que Rahu é um batoteiro e um subtil mestre do disfarce, mais ligado com as trevas do que com a Luz por isso, esteja atento (a) a que, com Rahu, nada  é o que parece. A presença de Rahu no signo Gémeos ajudará a ter a consciência crítica que ajuda a destrinçar isso.

A 12ª casa é igualmente uma casa de subjetividade, metafísica, de dissolução com os laços terrenos e este trânsito de Rahu por esta casa/signo pode ter um efeito disruptivo  sobre a vida quotidiana, levando a procurar refúgio  em alguns excessos e escapismos como a multiplicação de relacionamentos sexuais ou  dependências (álcool, drogas, medicamentos….) só para «experimentar», o que acaba por concretizar o significado da 12ª casa como a casa das «prisões». Estas podem ser físicas ou psicológicas, como sabe.

Ketu , por seu lado,  transita pela 6ª casa, no signo de Sagitário e pode mostrar um período em que você se desliga das preocupações do quotidiano:  despreocupação em relação à sua saúde, aos deveres e responsabilidades materiais, como por ex., dívidas, compromissos de trabalho, acusações e litígios, problemas de relacionamento conjugal, crime, situações de guerra e de conflito, problemas ambientais,  problemas de exploração e servidão humana e animal, etc..

E, se isto pode ser até certo ponto saudável,  pois implica menos stress mental com todas essas questões,  também pode trazer muitos problemas práticos para a gestão do dia-a-dia pois os problemas  normais continuarão a aparecer, simplesmente você  não quererá saber, pois estará «desligado (a)» de todas essas «preocupações».

Se tiver «inimigos» a tentar prejudica-lo (a) tende a ficar passivamente sem agir, assistindo como o espetador de um filme que pode mostrar eventos terríveis ,mas cujas consequências não lhe dizem respeito.

Toda a competitividade no emprego e a ambição de alcançar uma posição mais elevada, o desejo de se salientar pelo mérito e de adquirir melhor status ,de ser reconhecido(a) como alguém respeitável e responsável, tudo isso se dissolve  agora podendo gerar problemas no emprego causados pela sua inércia , vista como «irresponsabilidade» pelos outros .

A influência de Ketu pode mesmo levar a associar-se a pessoas que atuam de forma criminosa ou ilegal e a sua apatia em relação ao  modo como os outros pensam acerca de si pode , em circunstâncias extremas, causar problemas com a lei.

Esta despreocupação pode conduzir a algum grau de negligência  nos cuidados prestados a todos os dependentes, tanto os  familiares que estão a seu cargo como animais e a não ter em consideração as necessidades deles.

A tendência para não dar importância aos inimigos e opositores pode levar a ser vítima de fraude, roubo e outros tipos de crime.

Em suma,  será  agora bastante mais  passivo (a) em relação ao trabalho e à relação com os colegas, ao ambiente do lar e  aos dependentes, empregados, inimigos e competidores. Sentirá que tem trabalhado muito, tem prestado bom  serviço aos outros, tem cuidado da organização do lar, dos animais de estimação e dos colaboradores e colegas e, por agora, «está farto(a)»;

precisa de fazer uma pausa nessa área de vida  e «descansar» de tudo isso. Saturno, entretanto também aqui a transitar não permitirá, no entanto, que se «desligue» dos seus deveres pois a 6ª casa é uma casa de «prestação de contas e pagamento de dívidas» (materiais e espirituais).

Desse modo, o mais provável será ter de continuar com os ritmos habituais , sendo aconselhável usar as áreas representadas por Rahu para  encontrar algum alívio do stress.

Quando Júpiter entrar, no mês de novembro (2019) no signo Sagitário, você terá a oportunidade de encontrar um novo significado para o conceito de «serviço» que não seja restritivo mas seja antes a abertura generosa de uma missão de vida aberta par ao futuro e livre de constrangimentos passados, entretanto libertados neste trânsito de Saturno /Ketu.

Deixe um Comentário a sua opinião conta