Previsões Julho 2019 Ascendente Peixes

(alt=" ")

Apresentamos as previsões astrológicas  de  julho  2019  para o  Ascendente Peixes:

Para o Ascendente Peixes mantém-se, neste mês de julho, o foco na vida familiar , no cuidado das propriedades da família, com destaque para a casa e o carro , terras, se for caso disso, o envolvimento na vida da comunidade local , no processo de educação das crianças (com envolvimento na vida escolar dos filhos), na nutrição e prestação de cuidados à família, bem como a relação com os filhos e outras crianças.

A  sua criatividade  está também favorecida e, se está a estudar , também  a sua própria educação são  focos  importantes agora na sua vida. Se tem atividade artística, (ou deseja tê-la) esta também é apoiada.

Porém, há  igualmente que contar com o trânsito problemático de Marte, a transitar pela 5ª casa durante todo o mês em estado debilitado, pelo que os estudos, a criatividade, as crianças e a relação com os filhos, os investimentos, podem  também conhecer algum revés.

O Sol continua a transitar pela 4ª casa até ao dia 16, por onde transita também Rahu, durante vários meses; Mercúrio, o regente desta casa transita agora retrógrado, demorando-se por aqui todo o mês. Vénus, regente da 8ª dusthana, também transita por aqui até dia 23. Assim,  a vida familiar, a relação com o cônjuge e outros parceiros, o lar, as propriedades, etc. vão estar assim em grande evidência e os problemas podem surgir.

Senão vejamos: o Sol e Rahu têm uma relação de inimizade; o Sol e Vénus  têm uma relação de inimizade; Há relação de amizade entre Rahu , Mercúrio e Vénus mas Vénus rege a casa dos obstáculos  e, todas estas energias conjugadas, podem trazer muita confusão. É deste modo arriscado efetuar  uma previsão fiável sobre os efeitos de todas estas energias sem uma análise mais personalizada.

Mas é fácil  perceber que a vida familiar, a casa, os veículos, podem trazer situações inesperadas para a sua vida agora. Se sentir vontade irreprimível de mudar de casa, de carro, de comprar ou vender propriedades, talvez seja melhor sentar-se um pouco, respirar fundo e esperar até que a 4ª casa fique mais vazia de tantas influências díspares.

A partir do dia 16 o Sol muda para a 5ª casa . Sendo o regente da 6ª, são de esperar alguns problemas de comunicação com os filhos, com parceiros amorosos, etc. Este não é um período aconselhável para jogar ou fazer investimentos de risco, pois pode perder e muito.  Se tiver de realizar exames académicos agora, terá de fazer um esforço maior para ter sucesso.

Por outro lado,  o Sol não transita sozinho na 5ª casa. Marte, em estado debilitado, está igualmente por aqui durante todo o mês e mais alguns dias. A conjunção entre o Sol, regente da 6ª casa das despesas e dívidas com Marte, regente da 2ª casa da acumulação de dinheiro em estado debilitado, não favorece em nada o bem estar da vida financeira  e você pode ver as despesas a crescer neste período.

É assim aconselhável disciplina nos gastos e alguma poupança, se possível. As viagens de longa distância não são favorecidas e pode haver dissabores com figuras de autoridade, (pai, professores, polícia,  forças de segurança, figuras religiosas, etc.).

Vénus, a partir do dia 23, entra igualmente no signo Caranguejo. Sendo regente da 8ª casa, não ajuda os assuntos com ela relacionados, estando ademais em conjunção com um planeta debilitado. As atividades de comunicação, a escrita, atividades de ensino, pequenas deslocações, podem trazer algum imprevisto ou obstáculo.  É, deste modo, um momento para fazer uma pausa e, literalmente, deixar o tempo passar.

Os  nodos transitam no eixo Gémeos/ Sagitário como referimos no trânsito de Rahu e ketu para o seu Ascendente . Este é um período para  redescobrir a vida familiar  e as suas fundações  e tirar partido de todos os bens da família .

Júpiter continua o seu trânsito  até novembro, pelo signo Escorpião,  na 9ª casa, tendo o potencial de expandir  a sorte , o conhecimento superior e ajudar a fundar um novo propósito de vida para o futuro.

Saturno transita, ao longo de todo o ano, pelo signo Sagitário, na 10ª casa   obrigando a assumir responsabilidades e deveres sociais que podem ser por vezes extenuantes mas trazem também a consciência positiva da prestação de serviço.

Deixe um comentário a sua opinião conta