Personalidade Básica Ascendente Sagitário Lua Aquário Sol Peixes

jovem a estudar em ambiente campestre

Analisamos hoje a Personalidade Básica Ascendente Sagitário Lua Aquário Sol Peixes a pedido dos leitores. Trata-se de uma personalidade composta pelos elementos Fogo, Ar e Água.

O Ascendente Sagitário indica uma personalidade amável, otimista, envolvida na compreensão da realidade através de alguma perspetiva espiritual. Porém, trata-se aqui de ultrapassar a visão dualista que, em geral, separa o material do espiritual, rejeitando a dimensão física por outra que seria mais verdadeira.

No entanto, Sagitário vê mais do que as partes e a sua divisão e compreende que a vida forma um todo inseparável e, por isso, manifesta um respeito e um afeto evidentes pela Natureza  e pelos animais. Isto não é de estranhar, se tivermos em conta que a simbologia de Sagitário refere-se a unir num todo as partes da vida que parecem, à primeira vista, estarem todas separadas.

Estas pessoas são conhecidas por apreciarem passear na Natureza, por gostarem de contactar com pessoas de diferentes origens e culturas e por serem capazes de interagir com elas de forma igual, sem discriminarem nem se separarem dos outros.

Fazem o mesmo em relação aos animais, considerando que toda a vida é sagrada e merece ser tratada com dignidade. Sagitário simboliza a compaixão que não quer deixar nenhuma parte da vida de fora e, por isso, representa a união do inferior com o superior, tanto no próprio indivíduo, que supera os seus pontos fracos, em termos morais e de ser, como em relação aos que não conseguem erguer-se sozinhos e precisam de ajuda para , a partir daí, iniciarem o seu próprio desenvolvimento.

Não admira, portanto, que os nativos de Sagitário sejam excelentes amigos, cultivando a verdadeira amizade como camaradagem, partilha de experiências, sem invadir a liberdade dos outros, sem desejo de os controlar, sem os manipular a favor dos seus próprios interesses.

Tudo o que precisam, para que as suas relações de amizade durem a vida toda é que os outros respeitem também a sua liberdade, o facto de se darem sem condições  e sem esperar retorno e, por isso, poderem «partir» sempre que começarem a sentir que o seu espaço ficou mais estreito e ficaram sem horizonte.

Estas pessoas gostam de viajar; sempre que o fazem, sentem que estão mais próximas do «longínquo», e podem dar mais um passo na sua caminhada de autodescoberta. Sentem internamente o impulso para serem «mais», para expandirem o seu ser interno e precisam de viver de forma a que essa necessidade interior possa concretizar-se.

Este «desejo de ser mais» pode exprimir-se de muitas formas:  na procura constante de novos interesses e estímulos, nas viagens de longa distância em que interiorizam a dinâmica da cultura e dos seres que a praticam, no estudo de teorias filosóficas ou na prática de ensinamentos espirituais ou religiosos e até, na prática de desportos que lhes permitam superar-se em termos físicos e intelectuais.

O que não suportam é uma vida rotineira e confinada a um conjunto de hábitos e de obrigações imediatas e que limitam a sua liberdade de ser e de escolher. Podem , por isso, evitar casar-se, preferindo viver em união não formalizada.

Isto não significa que não sejam capazes de assumir compromissos, mas não aceitam que estes sejam «para sempre»: querem ter a liberdade de mudar e de fazer novas escolhas, sem serem limitados pelas escolhas do passado. E não lhes é difícil deixar tudo para trás e ir «à aventura», pois os seus apegos são sempre provisórios.

Quando Júpiter é forte no horóscopo saem-se bem na vida , ganhando o necessário para as despesas e para terem a vida que melhor se ajusta às suas necessidades e desejos.

Quando, ao Ascendente Sagitário se associa a Lua no signo Aquário, um signo de Ar, a dimensão intelectual e a necessidade de interagir com os outros tornam-se mais evidentes, bem como a necessidade de prestar algum tipo de serviço à sociedade. Seja qual for a área em que estas pessoas atuam e trabalham, terão sempre necessidade de pensar no todo da humanidade e em alguma forma de serem úteis a esse todo.

Estas pessoas são muito sensíveis às injustiças na sociedade e procuram sinceramente ajudar a criar condições de igualdade e justiça para todos.  O seu interesse pelos valores humanitários pode levá-los a tornarem-se ativistas ou a desenvolverem atividade política, no ensino, etc., para melhor darem o seu contributo.

A posição de Saturno, dispositor da Lua, ajudará a compreender melhor o tipo de serviço que estas pessoas se sentem mais inclinadas a escolher.

A Lua em Aquário não é a posição mais fácil,  podendo produzir reviravoltas inesperadas que levam á autotransformação, de forma nem sempre agradável. Mas estas pessoas têm a capacidade para apreender as necessidades sociais das massas e gostam de estabelecer grandes redes de apoio social , pelo que podem fazer um excelente trabalho em serviços de solidariedade social, administração pública, etc.

Nas atividades que desenvolvem, procuram sempre ajudar o todo e veem muito além dos seus próprios interesses, decidindo em função do que é melhor para  o coletivo. Focam-se mais neste do que na sua dimensão pessoal individual.

Frequentemente, identificam-se com a função social ou profissional que desempenham e deixam o seu lado individual e emocional em segundo lugar. Podem ver-se  a si mesmas através de alguma causa social que defendem ou alguma função de serviço que desempenham.

A Lua rege a 8ª casa e está colocada na 3ª casa. Esta posição da Lua não favorece o relacionamento com irmãos, podendo existir distância em relação a estes, bem como a vizinhos e pessoas do ambiente próximo quotidiano.

Limita o gosto pela apreciação artística, em especial música e a  dança e reduz a motivação para ser aventureiro, para correr riscos, etc. Pode haver medo pelo desconhecido e isso leva a agarrar-se às regras e normas estabelecidas e a focar-se nos «deveres» em relação à sociedade.

Há mais conforto em lidar com o todo anónimo da sociedade do que com pessoas próximas em termos individuais.

A Lua está colocada na 3ª casa. Esta posição da Lua não ajuda a tranquilidade mental. Esta personalidade pode sentir-se assoberbada com todos os deveres que interiorizou e que considera que tem de cumprir e pode carregar literalmente aos ombros o sentimento de responsabilidade que os frutos do seu trabalho podem ter sobre os membros da sociedade.

Apesar de não favorecer os aspetos materiais, esta posição da Lua indica que estas pessoas pensam  principalmente em termos coletivos , pelo que são capazes de desenvolver um trabalho social que é desgastante em termos pessoais mas que lhes dá a satisfação de realmente melhorarem a vida de outras pessoas.

Há uma natureza volitiva muito forte com esta posição da Lua e, em especial quando o parceiro é feminino, pode haver um bom número de aventuras sexuais com esta posição.

A relação com a mãe (e a maternidade) não é, em geral, fácil.  E, quando existem irmãos, estes, em conjunto com os vizinhos, primos e outras pessoas presentes no dia a dia serão um forte catalisador da transformação pessoal e da identidade pessoal desta personalidade.

Esta posição da Lua pode produzir, em algumas pessoas, o desejo forte de controlar tudo à sua volta, de dominar e exercer poder sobre os outros.

Quando, ao Ascendente Sagitário e Lua Aquário se associa o Sol no signo Peixes, temos um elemento novo, que se associa com mais dificuldade ao elemento Fogo e Ar, pois trata-se do elemento Água.

O Sol em Peixes é mais afetivo do que intelectual e, internamente, desprende-se do plano material , «escapando» através do uso dos sonhos e da imaginação. Estes três elementos conjugados da personalidade indicam um forte pendor idealista desta personalidade mas o signo Peixes vai além dos conceitos intelectuais para a criatividade da imaginação.

Isto pode produzir várias coisas, desde o talento literário para escrever todo o tipo de estórias, à capacidade de inventar novos artefactos que facilitem a vida das pessoas na área tecnológica, até à simples tendência para usar os sonhos e a fantasia acordado como estratégia de relaxamento.

Esta personalidade pode ser bastante visionária e antever aspetos que melhorarão a vida das pessoas no futuro, tanto na área tecnológica como social e financeira, pois tem, habitualmente, excelentes capacidades para gerir os aspetos financeiros a larga escala.

Como os dois signos de Júpiter estão em foco, o estudo deste planeta no horóscopo e a avaliação da sua força  é fundamental.

Existe uma grande sensibilidade moral e afetiva nesta personalidade, no que se refere ao modo como vê e interage com os outros, pelo que esta é, sem dúvida, uma personalidade que não apenas sente empatia com os mais fracos e desprotegidos, como deseja fazer alguma coisa para remediar isso.

É, portanto, bastante provável que escolha trabalhar numa área em que possa sentir-se útil para a sociedade empregando os talentos naturais na melhoria de alguma área da sociedade que considere prioritária. E pode formar parcerias, incluindo a de casamento, em que este aspeto social está presente.

O Sol rege a 7ª casa e está colocado na 2ª casa. Esta posição do Sol favorece os aspetos relacionados com o parceiro e o cônjuge. Este pode ter riqueza que traz para a parceria/casamento, tem boa imaginação e o dom da palavra, falada e escrita, tem boas capacidades para ganhar dinheiro, é instruído e pode ser igualmente um excelente parceiro de negócios.

Esta posição favorece igualmente uma vida conjugal feliz.(contanto que esta personalidade se permita pensar em si).

O sol está colocado na 2ª casa. Esta não é, tradicionalmente, uma posição muito favorável para os ganhos materiais, podendo mesmo indicar alguns problemas em ganhar dinheiro e acumular riqueza.  A educação pode igualmente ser perturbada e sofrer algumas quebras. A vida familiar pode sofrer igualmente, embora este efeito seja diminuído pelo facto de o Sol ter a regência da 7ª casa.

Há tendência para perder dinheiro devido ao governo (impostos e taxas ou legislação desfavorável). Segundo a tradição, estas pessoas não são boas oradoras- mas isto muda se  o Sol estiver em conjunção com Mercúrio- e podem ter um tom rude ao falar.

No caso desta personalidade, será mais provável que a pessoa tenha uma franqueza por vezes brutal, e isso possa chocar os outros, sem que haja intenção de ser rude ou malévolo. Mas o sol rege a casa dos conflitos e tudo depende do desenvolvimento da personalidade, no sentido de superar essa tendência ou não.

Globalmente,  a Personalidade Básica Ascendente Sagitário Lua Aquário Sol Peixes é uma personalidade básica com grande pendor para o serviço social e que pode desempenhar funções que ajudem a melhorar substancialmente a vida da sociedade. Tende a realizar-se pessoalmente através do serviço que presta ao todo social e coletivo.

2 Thoughts to “Personalidade Básica Ascendente Sagitário Lua Aquário Sol Peixes”

  1. Levi

    Olá, gostaria que você falasse sobre a personalidade de Ascedente em Peixes, Lua em Leão, Sol em Touro. Agradeço!

    1. astrologoobservador

      Tomámos nota do seu pedido, que será atendido logo que chegue a vez.

Deixe um Comentário a sua opinião conta