Previsões Agosto 2019 Ascendente Aquário

(alt=" ")

(alt=" ")

Apresentamos as previsões astrológicas  de agosto 2019  para o  Ascendente Aquário:

No mês de agosto  para os nativos de Ascendente Aquário mantêm-se, na primeira metade do mês, as últimas tendências do mês anterior, focadas no trabalho , na relação com subordinados, dependentes, situações potenciais de conflito e de tensão e, na segunda metade do mês, as parcerias e o casamento, os relacionamentos e acordos de todos os tipos, negociações, contratos, tornam-se importantes.

É claro que a forma como todos estes aspetos será vivida pode ser muito diferente de pessoa para pessoa, tendo a ver com o tipo de profissão e estrutura de vida de cada um.

Até ao dia 17 deve ter especial cuidado com as interações com todos os tipos de parceiros, tanto de negócios como o cônjuge. A discórdia e o conflito podem surgir com grande facilidade e é possível o rompimento de acordos, negociações pendentes, projetos em comum.

Isto é reforçado pela ação do planeta Marte debilitado na casa dos conflitos. As despesas deverão igualmente ser comedidas, podendo surgir dívidas. Em caso de litigação em tribunal, neste período é possível que perca e tenha de assegurar as custas.

Até ao dia 8 os novos projetos e as pequenas deslocações ou viagens curtas podem ser também desfavoráveis, o mesmo acontecendo com a frequência e a organização de conferências e workshops, com atividade de marketing, relações públicas e publicidade, com o ensino.

Com o trânsito de Marte, no dia 8, para o signo Leão, a situação referida atrás melhora mas Marte entra na 7ª casa e é bem provável que todos os egoísmos pessoais surjam, de parte a parte, levando a focar a atenção de cada um em si mesmo e nos próprios interesses , em vez de se focar na relação e nos interesses comuns. Será um período desafiador para a vida conjugal e todas as parcerias.

O trânsito do Sol e de Vénus na 6ª casa é-lhe favorável em termos materiais, podendo haver ganhos a partir dos subordinados e colaboradores. Mas, sendo o Sol inimigo de Vénus, será difícil efetuar acordos nesta altura no plano profissional.

Se tem atividade como jurista ou na advocacia, poderá agora ter em mãos casos em que lidará com situações de desrespeito pelos direitos dos trabalhadores e poderá vivenciar este trânsito a defender essas pessoas, contactando, desse modo, com situações de exploração.

Mercúrio, desde o dia 2, transita igualmente em conjunto com estes planetas. Ora, trata-se do regente da 8ª casa e, por isso, a sua conjunção com os restantes planetas não é particularmente desejável.

Situações inesperadas ligadas ao emprego ou à relação com os filhos, subordinados e dependentes (incluindo animais domésticos) podem perturbar a sua vida agora, com episódios inesperados. Estes podem incluir a vida profissional, obstáculos vários, despesas inesperadas, dívidas, algum problema de saúde, seu ou do cônjuge.

Mercúrio será o planeta que se mantém mais tempo na 6ª casa, ficando por aqui até dia 26, sozinho desde o dia 17.

No dia 16 Vénus entra na 7ª casa onde já se encontra Marte e, no dia seguinte, o Sol junta-se a esta conjunção. O Sol rege esta casa e, por isso, este é um período potencialmente  bastante importante para as parcerias em geral e para a conjugal. Mas a harmonia nesta área pode ser um mito.

Com duas energias fortemente focadas no plano individual, até você, que se sente habitualmente mais confortável a ver-se integrado (a) na vida de um grupo agora pode estar mais interessado (a) na satisfação de alguns objetivos pessoais, ligados à carreira e a desejos e ambições que quer ver concretizados  e também a alguma aventura (ou mais do que uma) de caráter sensual.

Será fácil para si justificar alguma «facadinha» no casamento com a liberdade que se atribui a si e ao cônjuge, pelo que não deverá sentir nenhum remorso especial.

Definitivamente o seu sentido de «aventura» é agora dirigido para  o outro, seja este qual for, e esse outro podem bem aparecer na forma destes «encontros» sensuais embora alguns também possam usar as energias de Mercúrio e Marte  para conseguir algum apoio para novos projetos. Uma coisa não impede a outra…

No dia 26 Mercúrio abandona a 6ª casa para entrar igualmente na 7ª. A sua presença não ajuda o relacionamento conjugal nem a comunicação com os vários tipos de parceiros. Situações de rutura são fáceis de aparecer por isso use o seu tato habitual e tome consciência das necessidades e interesses dos parceiros, aproveitando o aspeto da energia de Vénus que facilita os acordos.

Os nodos transitam no eixo Gémeos/ Sagitário como referimos no trânsito de Rahu e ketu para o seu Ascendente . Este é um período para ser criativo (a) e ver aumentar potencialmente a sua capacidade de se exprimir de forma inovadora que suscite a admiração por parte dos outros.

Júpiter continua o seu trânsito  até novembro, pelo signo Escorpião,  na 10ª casa, tendo o potencial de expandir  a carreira e aumentar o status , melhorando a imagem publica e profissional.

Saturno transita, ao longo de todo o ano, pelo signo Sagitário, na 11ª casa  indicando que todos os objetivos que desenvolver para o público deverão ter ,metas sociais e contribuir para a melhoria do coletivo.

Deixe um comentário a sua opinião conta