Previsões Setembro 2019 Ascendente Balança

(alt=" ")

(alt=" ")

Apresentamos as previsões astrológicas  de setembro  2019  para o Ascendente Balança.

No mês de setembro as previsões para o Ascendente Balança exigem alguma cautela na área dos relacionamentos e interações em geral  e também ao nível das despesas.  Os resultados dependem grandemente do estado dos planetas no horóscopo.

De qualquer modo, a segunda parte dos trânsitos do mês é mais pressionante do que a primeira.

Há que contar com o facto de Vénus, o regente do Ascendente, estar a transitar pelo signo do Sol ao mesmo tempo que este, até dia 9. Sendo estas energias inimigas uma da outra e sendo o Sol mais forte por transitar dignificado no próprio signo, não será de admirar se os amigos revelarem egoísmo e/ou superficialidade, podendo mesmo existir algum «volte face» de pessoas que considerava amigas e que atuam contra si.

Poderão também usar a sua amizade de forma instrumental para alcançar certos fins.

Isto não impede que, neste período, possa alcançar rendimentos ou mesmo realizar algum desejo. Apenas não deverá iludir-se quanto às verdadeiras razões do apoio de algumas pessoas do círculo social. Podem ter alguma «agenda» escondida.

Também  poderá  haver  o envolvimento com  pessoas fúteis  em atividades  baseadas na vaidade e no desejo de impressionar outros na sociedade.

Como referimos no mês anterior, poderá  aumentar a procura dos prazeres sensuais e a indulgência nos comportamentos sem olhar às consequências. A qualidade das «amizades» que tem ajudará (ou não) a equilibrar esta tendência.

A conjunção entre Vénus e o Sol leva a  procurar mais visibilidade no plano social, levando a querer ser «popular», liderar em alguma causa, etc.

Será muito fácil, no entanto, deixar-se enganar pelo brilho falso de algumas ideias , pela vaidade, por «amigos» que na verdade não o são, etc. Mercúrio transita  igualmente na 11ª casa até dia 10 e a sua influência  pode indicar despesas causadas por «amigos» ou por irmãos mais velhos, pessoas de origem estrangeira, ou originadas em viagem ao estrangeiro.

Embora Mercúrio e Vénus sejam duas energias amigas, neste período podem inclinar para o envolvimento  com pessoas e grupos que têm certo tipo de ideias, que lhe parecem  atraentes mas podem ser uma fonte de despesa.

Relacionamentos sensuais podem igualmente multiplicar-se nesta altura e ter um caráter secreto ou o (a) parceiro (a) pode ser estrangeiro (a).

Marte, por outro lado, é uma energia amiga do Sol e, em conjunção com este, pode  continuar a dar apoio a  alguma parceria de negócio ou contrato que contribua para a melhoria de rendimentos.

Amigos influentes podem, igualmente, ajudar a obter reais vantagens no plano social e do reconhecimento público do mérito. Marte vai continuar no signo Leão até dia 24, ficando sozinho a partir do dia 17, quando o Sol deixar este signo. Os efeitos de Marte serão mais fortes enquanto transita em conjunção com o Sol.

Vejamos agora a segunda parte dos trânsitos do mês.

A partir do dia 17, o Sol transita no signo Virgem,  na  12ª casa . o regente da casa dos ganhos na casa das perdas não é um bom sinal para a área financeira, podendo indicar perdas avultadas, ao mesmo tempo que indica entraves na realização dos seus desejos e ambições, perdas por seguir o conselho de amigos, ou causadas por estes, etc. E Vénus, o regente do seu Ascendente,  entrou neste signo no dia 9 e está debilitado.

Mas a situação  que se apresenta na  segunda parte do trânsito dos planetas é muito interessante pois teremos um neecha-banga Raj yoga em ação uma vez  que, desde o dia 10, Mercúrio   transita igualmente por esta casa, no signo de exaltação.

Assim, temos duas condições que cancelam o estado de debilitação de Vénus e formam um Raj yoga: temos um planeta exaltado no mesmo signo que o planeta debilitado e esse planeta é o regente do signo de debilitação, estando em aspeto com o planeta debilitado.

Ora isto,  em geral, permite  que  Vénus  e Mercúrio deem ambos bons resultados no plano material. Porém, para o Ascendente Balança, Mercúrio rege a 12ª casa pelo que os efeitos deste yoga não deverão materializar-se.

A melhor defesa em relação aos efeitos aqui representados é mesmo poupar o mais possível e evitar gastos desnecessários (porque outros inesperados podem surgir). Talvez em alguns casos, quando os planetas estão muito fortes no horóscopo possa por ex., receber dinheiro «não ganho» mas, no cenário presenta, o melhor é não contar com as uvas na videira quando só vê parra.

Os relacionamentos sensuais, por outro lado, podem prosperar mas isso não significa que contribuam realmente para a sua felicidade a  longo prazo.

O Sol transita  igualmente pela 12ª casa e não são de esperar grandes rendimentos extra. Não é também o melhor período para esperar que a sociedade lhe  reconheça o  mérito.

Marte transita igualmente por esta casa  desde o dia 24 e pode indicar problemas  conjugais ou doença do cônjuge (ou despesas causadas por este), dificuldades nas parcerias. Pode haver separação física ou emocional em relação ao cônjuge e outros parceiros.

No dia 29 Mercúrio abandona o signo Virgem  e entra no signo de Vénus, Balança. Vénus, por sua vez, continuará no signo Virgem até dia 3 do mês seguinte. Forma-se assim, nestes dias, um yoga de receção mútua, ou parivartana yoga.

Os efeitos deste yoga para o Ascendente Balança  podem ser muito  positivos,  com ambos os planetas dignificados, pelo que pode ajudar  a proteger do excesso de despesas, no final do mês, podendo indicar  sorte, alguma nova oportunidade, a viagem para países estrangeiros, a realização de provas académicas, etc. (até dia 3 de outubro).

Os nodos transitam no eixo Gémeos/ Sagitário como referimos no trânsito de Rahu e ketu para o seu Ascendente . Este é um período para desenvolver novas crenças e valores que aumentem a motivação  para realizar os seus desejos e ambições.

Júpiter continua o seu trânsito  até novembro, pelo signo Escorpião, num trânsito  que expande o desejo de acumular todo o tipo de bens, colocando uma ênfase nas posses.

Saturno transita, ao longo de todo o ano, pelo signo Sagitário, 3ª  casa colocando um travão na ação de Rahu  e Ketu pois Saturno condensa, atrasa e cristaliza a energia, desse modo reduzindo a tendência de Rahu para a expressão descontrolada dos desejos e ambições.

Deixe um comentário a sua opinião conta