Previsões Setembro 2019 Ascendente Peixes

(alt=" ")

 

(alt=" ")

Apresentamos as previsões astrológicas  de  setembro  2019  para o  Ascendente Peixes:

No mês de setembro  temos uma primeira parte dos trânsitos em que se mantém  o foco nas relações de trabalho, na relação com subordinados, dependentes, envolvimento em causas humanitárias ou ambientais, defesa dos direitos, prestação de serviço aos outros sob alguma forma.  Na segunda parte dos trânsitos as parcerias, o casamento ou a relação com o parceiro de vida, os negócios (incluindo  com países estrangeiros), poderão tornar-se um aspeto importante do que acontece na sua vida.

Até dia 17 o Sol mantém-se todo poderoso no signo que rege e, estando dignificado, ajuda a vencer oponentes e competidores e protege de despesas e dívidas desde que esteja bem colocado no horóscopo.

Marte está igualmente colocado neste signo, donde será o último a sair, dia 24. É uma energia amiga da de Marte e , em conjunto, podem impulsionar os ganhos a partir do trabalho, do ganho de algum concurso, etc.

Se tem um negócio com pessoas a trabalhar para si, pode ganhar com o seu trabalho neste período e de alguma nova oportunidade que surja.

Desde que a sua liderança no local de trabalho não seja contestada, não deverá haver muitos problemas com colegas, subordinados, colaboradores. A sua atenção estará, de resto, agora muto envolvida em trabalhar e pode trabalhar arduamente neste período.

Vénus está igualmente a transitar no signo do sol,  produzindo uma tensão energética com a energia solar que pode fazer-se sentir em algum problema de saúde. Pode gerar despesas e obstruções várias, trazer problemas legais, pagamentos extra de taxas e impostos, etc. O melhor é assegurar-se de que tem tudo «em dia».

Mercúrio é outro planeta a transitar pelo signo do Sol, até dia 10. A sua energia combina muito bem com a de Vénus mas não com a de Marte. Assim, pode ser difícil aumentar os ganhos ou pode haver alguma reviravolta em relação a ganhos que pensou serem certos.

Em suma, você poderá trabalhar bastante mas poderá sentir pouca satisfação com o que faz e alcança neste período, que pode estar recheado de pequenos problemas e conflitos.

Tenha atenção aos excessos alimentares que, podem causar problemas de saúde, especialmente os  doces.

Mercúrio, o regente da 7ª casa, em  conjunção com Marte até dia 10, aconselha cautela  nas parcerias . A relação conjugal  também pode deteriorar-se. Quaisquer razões de queixa em relação ao cônjuge e outros parceiros, na área dos negócios, agora virão ao de cima e arrastam a possibilidade de rutura. Se não é isso que deseja, reveja a forma como lida com os seus parceiros e parceiras.

A partir do dia 17, o Sol transita no signo Virgem,  na  7ª casa. O regente da 6ª casa  dos conflitos, dívidas, relação com subordinados a transitar pela 7ª casa pode  trazer pressão para as parcerias e para a relação conjugal. Entretanto, Vénus, regente da 8 ª casa   dos obstáculos, ruturas súbitas, reviravoltas, entra neste signo no dia 9 e está debilitado.

Porém,  a situação  que se apresenta na  segunda parte do trânsito dos planetas é muito interessante pois teremos um neecha-banga Raj yoga em ação uma vez  que, desde o dia 10, Mercúrio   transita igualmente por esta casa, no signo de exaltação.

Assim, temos duas condições que cancelam o estado de debilitação de Vénus e formam um Raj yoga: temos um planeta exaltado no mesmo signo que o planeta debilitado e esse planeta é o regente do signo de debilitação, estando em aspeto com o planeta debilitado.

Ora isto,  em geral ,permite  que  Vénus  e Mercúrio deem ambos bons resultados no plano material. Mas, para isso, é preciso regerem boas casas. Mas, se Mercúrio rege uma casa kendra, a 7ª, o mesmo já não acontece com Vénus, regente da 8ª casa.

Assim, não serão de esperar ganhos muito felizes embora, se os planetas estiverem fortes e bem colocados no horóscopo, não é de excluir a possibilidade de ganhar através de uma perda (herança, por ex., divórcio, indemnização de seguros, etc.).  O melhor será manter as expetativas discretas em relação a esta matéria.

No dia 24 também Marte se associa à conjunção entre Vénus e Mercúrio e, pelo lado positivo, pode indicar ganhos materiais, ou acumulação de bens, o desenvolvimento de recursos e novos conhecimentos e competências mas não ajuda o ambiente familiar.

No dia 29 Mercúrio abandona o signo Virgem  e entra no signo de Vénus, Balança. Vénus, por sua vez, continuará no signo Virgem até dia 3 do mês seguinte. Forma-se assim, nestes dias, um yoga de receção mútua, ou parivartana yoga.

Os efeitos deste yoga para o Ascendente Peixes não deverão ser muito felizes, porque Vénus é o regente da 8ª casa e este yoga dá bons resultados quando os planetas que o formam também regem boas casas.

Mantém-se, deste modo, a pressão nos relacionamentos e parcerias, ao longo de todo o mês, talvez também com disputas em relação ao controlo e ao contributo de cada parte para a relação.

Os  nodos transitam no eixo Gémeos/ Sagitário como referimos no trânsito de Rahu e ketu para o seu Ascendente . Este é um período para  redescobrir a vida familiar  e as suas fundações  e tirar partido de todos os bens da família .

Júpiter continua o seu trânsito  até novembro, pelo signo Escorpião,  na 9ª casa, tendo o potencial de expandir  a sorte , o conhecimento superior e ajudar a fundar um novo propósito de vida para o futuro.

Saturno transita, ao longo de todo o ano, pelo signo Sagitário, na 10ª casa   obrigando a assumir responsabilidades e deveres sociais que podem ser por vezes extenuantes mas trazem também a consciência positiva da prestação de serviço.

Deixe um comentário a sua opinião conta