Trânsito de Júpiter 2019-20 Ascendente Touro

Transformação pessoal

Transformação pessoal

Neste artigo descrevemos os efeitos do trânsito de Júpiter 2019-20 para o Ascendente Touro.No próximo mês de novembro, dia 4, Júpiter abandona o signo Escorpião e entra no signo que rege, Sagitário, seu signo mooltrikona onde está dignificado.

Por um período de 3 meses, entre 29 de março e 29 de junho, Júpiter  transitará no signo de debilitação, Capricórnio.  Voltará a transitar pelo signo Sagitário a partir de 29 de junho, em movimento retrógrado  mas sem voltar a sair de Sagitário até ao final do trânsito no dia 20 de novembro.

Júpiter lança aspeto, ao longo deste trânsito, para os signos Carneiro, Gémeos e  Leão  dois signos de elemento Fogo e um de elemento Ar. Inspiração, criatividade, expansão da identidade pessoal e disseminação de ideias e conhecimento, interação e diálogo com pessoas de outras culturas, outras crenças e religiões são favoráveis com este trânsito, que pode gerar mais sabedoria e compassividade na consciência coletiva.

Para ler o artigo sobre os efeitos gerais do novo trânsito de Júpiter, por favor clique aqui.

Efeitos Gerais  do Trânsito de Júpiter em Sagitário 2019- 20   Ascendente Touro

Júpiter, regente do signo Sagitário, tem uma relação de inimizade  com Vénus, regente do seu Ascendente e, embora Vénus seja neutro em relação a Júpiter, o facto de Júpiter ter a regência da 8ª casa, pela qual se dará este trânsito, indica que os efeitos deste  podem trazer alguns desafios.

A 8ª casa, pela qual Júpiter vai transitar, é uma casa de reviravoltas e acontecimentos inesperados, por vezes traumáticos, acidentes e doença;  relaciona-se  também com dinheiro partilhado, poder , intimidade e amor partilhado;

É também uma casa que representa grandes quantidades de dinheiro «não ganho» isto é, não resultante do esforço e trabalho do indivíduo e, sendo Júpiter também regente da casa dos rendimentos, este é um dos aspetos positivos que podem acontecer: receber herança, legado ou indemnização.

É uma casa de longevidade (duração da vida), investigação, interesse pelas ciências místicas e pelo oculto, salvação (Mokscha), transformações internas e externas, eventos passados e futuros, herança, morte, testamento, seguros, ganhos fáceis, laços conjugais, vulnerabilidade, medo,  obstruções, litigação em tribunal, bancarrota, roubo, perdas, infortúnio, desgraça, desapontamentos, dor mental, tristeza, obstáculos, doenças crónicas, também  bem- estar físico, emocional e sexual, depressão, circunstâncias gerais ao longo da vida, as finanças do parceiro, dinheiro recebido de parcerias, processos judiciais.

Trata-se de uma casa que faz romper o ritmo habitual da sua vida com alguma circunstância não esperada, positiva ou negativa que pode «mudar tudo num instante» como acontece, em casos extremos, com um cataclismo que, de repente, destrói todas as bases materiais de vida ou, pela positiva,  o ganho da loteria que transforma a vida num ápice.

Alguns destes significados serão expandidos durante este ano pelo trânsito de Júpiter na sua vida. Em boa parte, os efeitos deste trânsito dependerão bastante da posição de Júpiter no horóscopo, da sua força e aspetos que recebe, bem como do período dasa e antardasa que estiver a atravessar.

Júpiter rege a 8ª e a 11ª casas . estas partilham em comum a possibilidade de ganhos materiais. Estes podem acontecer durante os períodos em que Júpiter transitar pelos padas pushkara navamsa (referidos mais à frente neste artigo).  Mas, enquanto que a 8ª casa aponta para o facto de muitas circunstâncias poderem ocorrer ao longo do trânsito que

mudam radicalmente algum aspeto da sua vida, transformando -a num nível profundo através desses processos, a 11ª casa é uma casa de apoio da sociedade, dos amigos, do reconhecimento que a sociedade é capaz de lhe dar pelo seu contributo para a vida de todos e pelos seus méritos pessoais (prémios, honras, mais dinheiro, mais fontes de rendimento).

À medida que o trânsito vai progredindo, múltiplas e diversas oportunidades de exploração interior serão apresentadas, permeadas de momentos de crise e talvez também de choque emocional.

O período inicial do trânsito poderá ser particularmente perturbador,  durante o trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Moola, embora tenha um potencial imenso de desenvolvimento e transformação pessoal.

Talvez passe por algumas experiências de perda  durante este trânsito (de objetos ou coisas materiais ou seres) . Mas, em termos globais, este será um trânsito que poderá colocá-lo (a) perante muitas oportunidades de compreender, de uma forma radicalmente nova, conhecimentos ocultos e misteriosos, incluindo os conhecimentos sagrados até agora velados para si.

Acabará também  por alcançar uma visão mais otimista e aberta em relação aos ciclos de mudança súbita e em relação a tudo o que até agora sempre pareceu estranho, ou assustador, incluindo a realidade da morte em sentido literal ou simbólico (sempre que mudamos algo em nós «morremos» e renascemos e esta é uma das grandes lições da 8ª casa: a morte é sempre um meio , nunca um fim).

A sua visão acerca da realidade aprofunda-se e torna-se mais espiritual, apropriando um significado novo para si que é, ao mesmo tempo, libertador em relação a preconceitos que tem mantido acerca da «realidade psíquica»,  da morte e da vida e de todos os seus mistérios.

Algumas coisas que têm sido mantidas escondidas virão agora ao de cima, no plano físico e isto tanto pode coincidir com a  emergência de uma doença como segredos no seio familiar e conjugal, como a compreensão de muitas coisas acerca das quais nunca conseguiu ter uma explicação que fosse satisfatória ou que foram objeto de algum receio pela nota de «desconhecido» que as rodeava.

Para si todos os processos de mudança são complicados pois você  adora o sentimento de «estabilidade». Nesse sentido, este trânsito vai arrancá-lo (a)  da sua zona de conforto e vai atirá-lo (a) para uma «terra de ninguém», obrigando a ajustar-se a realidades novas e a diferentes modos de compreender.

Porque não é fácil para si mudar , uma vez que resiste tenazmente à mudança,  os processos de transformação são sentidos como traumáticos e difíceis. Mas, quanto mais depressa aceitar esses processos, mais fácil se tornará este trânsito. E, no final, sairá renovado (a) dele e mais livre para ser quem verdadeiramente é.

Júpiter lança aspeto para a 12ª casa, para  a 2ª e a 4ª casa  e estes aspetos, para além de favorecerem as transformações espirituais e emocionais  que referimos, também são favoráveis em termos materiais podendo indicar aquisição de propriedade móvel ou imóvel ou herança familiar e ganhos significativos através do trabalho.

A 12ª e a 4ª casas são casas «espirituais» isto é, que dissolvem os aspetos materiais da vida levando a situar-se para além deles. E, apesar de o Ascendente Touro ser muito inclinado para a vida no mundo sensorial e material, é também capaz de ir para além deste, buscando a harmonia e a beleza de um mundo mais equilibrado.

Este trânsito ajuda a encontrar rum novo sentido e harmonia, disponível, a partir de meados do trânsito.

Durante este período, Júpiter vai transitar pelos Nakshatras: Moola, Poorva Ashada e Uttara Ashada.

O trânsito de Júpiter entre 20 de novembro e 4 de janeiro ocorre no Nakshstra Moola. Trata-se de um Nakshatra no qual Júpiter exerce um fator de equilíbrio  e é muito forte Mas a energia do Nakshatra, com regência de Ketu, é de dissolução, e este pode ser um período  no qual  o sentimento de inadequação, de separação em relação aos outros e às situações da vida em geral pode ser acentuado, em particular em relação ao cônjuge.

É um período em que sucessivos (ou simultâneos) relacionamentos sexuais podem surgir à margem do casamento, embora não sejam capazes de preencher o vazio que tende a sentir.

Saturno estará também a transitar por aqui, tal como Ketu, pelo que os efeitos de todas estas energias pode ser traumático em termos emocionais.  O período entre 21 de dezembro e 4 de janeiro pode ser o mais crítico em relação à vida familiar, havendo uma pressão forte para que se dê um corte  na relação conjugal.

Se não é isso que deseja, precisará de um esforço adicional de lealdade e alguma disciplina. Se o relacionamento chegou ao fim e já não tem mais energia positiva para gerar a dois, então, este pode ser o momento em que o outro (você estará demasiado apático (a) em relação a isto tudo) a buscar a separação.

Quando Saturno sair desta casa (finalmente, depois de mais de quase 3 anos) e Ketu a partir de março também a abandonar, uma sensação de alívio pode ocorrer, com  nova compreensão da sua relação com o cônjuge e quaisquer outros parceiros. Ou, em alternativa, pode conhecer alguém e formar nova relação.

Este é um bom período no qual pode repensar muito bem as bases nas quais tem assentado o seu conceito de «família» e o modo de equilibrar a vida profissional, social  e familiar.  Todos os aspetos associados que não lhe trazem satisfação, podem agora ser abandonados de vez, cortando a sua ligação com eles.

Júpiter ajuda equilibrar a energia deste  Nakshatra e pode ser fundamental para o (a) auxiliar a encontrar  um novo equilíbrio em relação a estes aspetos da sua  vida. A vida profissional e os aspetos materiais decorrem em geral  sem problemas neste período.

O trânsito de Júpiter pelo Nakshatra Poorvashada entre 4 de janeiro   e 7 de março 2020 e depois entre 26 de julho e 30 de outubro 2020 é positivo para a vida pública e  profissional, para as atividades  financeiras e artísticas. E pode ser bastante  favorável para os ganhos materiais e financeiros, quando Júpiter transitar pelo 3º pada  (entre 3 e 28 de fevereiro) pois este  é um pushkara navamsa. Este é um período especialmente favorável para a vida profissional e para a realização de acordos e contratos de todos os tipos .

Os  relacionamentos pessoais em geral  poderão ser menos felizes nesta altura mas o trânsito no Nakshatra favorece o envolvimento em causas humanitárias, de defesa ambiental, etc.. Uma forma de usar positivamente a energia deste Nakshatra é, pois, dedicar-se a alguma causa que vá para além da sua dimensão pessoal.

No período entre 7 de março e 26 de julho 2020 e depois novamente a partir de 30 de outubro, Júpiter transita pelo Nakshatra Uttara Ashada, que tem regência do Sol.

Apesar deste ser inimigo de Vénus, o regente do seu Ascendente, tal como Júpiter, permite alguma alegria e diversão, como a música e as expressões artísticas em geral.

A frequência de eventos mundanos e  festas pode  ocupá-lo (a) bastante agora, embora possam por vezes entrar em conflito com outras ações mais orientadas para a  filantropia e ações nobres em relação aos outros.

Este   pode ser um bom período para a sua visibilidade profissional e imagem pública. Júpiter  Transitará pelo 1º pada, que é também um pushkara navamsa, dando apoio aos ganhos materiais, especialmente a partir das parcerias.

Júpiter é aqui muito forte, pelo que  ajuda a equilibrar os aspetos materiais e os espirituais. Apesar de poder ganhar materialmente neste período, pode acontecer que a energia de Júpiter leve a desenvolver a consciência de que isso «não chega» para preencher totalmente a sua vida. Se assim for, é bom sinal.

Deixe um comentário a sua opinião conta