Tetrabiblos- Analisar os Pais no Horóscopo

pai e filho

Continuamos a explorar o livro III da obra Tetrabiblos de Ptolomeu, hoje falando da análise dos pais no horóscopo. Note-se que o conhecimento dos significados que damos a seguir é fundamental para fazer previsões, não só no horóscopo mas também na astrologia horária.

Os Pais

Na astrologia de horóscopo, Ptolomeu estabelece uma linha de passos e procedimentos, considerando que a análise dos pais é o primeiro procedimento. Para analisar os pais temos em consideração o Sol e Saturno como significadores do pai e a Lua e Vénus como significadores da mãe.

Seguidamente vemos se há aspetos entre estes e destes com outros planetas . Estes aspetos mostram os assuntos relacionados com os pais na carta natal.

Para saber o grau de riqueza e fortuna dos pais, atendemos ao Sol e à Lua: quando estes estão associados a planetas benéficos ou pertencentes ao mesmo secto, ou no mesmo signo (do Sol e da Lua) ou no signo seguinte, isso indica circunstâncias benéficas para a vida dos pais.

Isto é ainda mais verdadeiro se o Sol está numa posição em que há planetas que se levantam de manhã e a Lua  está colocada com planetas que se levantam ao início da noite.[1] Mas, além disso, também é necessário que o sol e a Lua estejam bem colocados.

Se tanto Vénus como Saturno, por ex., forem orientais em relação às luminárias e estiverem colocados na própria «face» (uma das dignidades dos planetas) ou se estiverem colocados em casas angulares, os pais terão essencialmente uma vida recheada de circunstâncias felizes.

Mas se tanto o Sol como a Lua estiverem colocados isolados e sem associação com outros planetas isso é indicador de fraca posição social e pouca prosperidade para os pais. Isto é ainda mais evidente se nem Saturno nem Vénus estão bem colocados. ~

Mas quando os planetas significadores dos pais estão associados com planetas e estes não pertencem ao mesmo secto- Por ex., quando Marte se ergue a seguir ao Sol, ou Saturno se ergue a seguir à Lua, ou quando estão associados com planetas benéficos colocados em casas desfavoráveis e  não pertencem ao mesmo secto,  os pais terão uma posição média e  a sua fortuna mudará várias vezes ao longo da vida.

Quando há planetas benéficos associados ao Sol e à Lua nas circunstâncias benéficas descritas em primeiro lugar e a Parte da Fortuna está colocada de forma harmoniosa em relação aos planetas associados ao Sol e à Lua, os filhos receberão a riqueza dos pais intacta.

Mas, se a Parte da Fortuna estiver em posição desarmoniosa  (formando oposição ou quadratura) ou não associada com os planetas que se associam de forma benéfica com o Sol e a Lua ou há planetas maléficos em associação com o Sol e a Lua, o património e riqueza dos pais não terá qualquer utilidade para as crianças e será mesmo prejudicial para estas.

Longevidade do Pai

Na análise dos pais no horóscopo também é possível saber a longevidade dos pais. Para o pai , ver se Vénus ou Júpiter formam algum aspeto com o Sol ou Saturno; ou ver se Saturno está em aspeto harmonioso com o Sol (trino, sextil, conjunção) .Quando ambos estão bem colocados isso indica vida longa para o pai.

Se houver os aspetos referidos no último parágrafo mas os planetas e o Sol estiverem fracos, a longevidade do pai será menor.

Quando Marte é mais forte do que o Sol e Saturno ou quando se ergue a seguir ao Sol e Saturno, ou quando Saturno está em aspeto discordante com o sol- quartil ou oposição; ou quando o sol e Saturno ocupam casas que declinam em relação aos ângulos (casas cadentes)  o pai terá saúde  fraca mas não significa que vive menos.

No entanto, se Saturno ou Marte estão colocados em casas angulares ou se erguem depois do Sol, o pai ou tem vida curta ou é suscetível a ferimentos ou doença: vida curta se esses planetas estão nas primeiras duas casas angulares (1ª ou 10ª) e nas casas sucedentes a seguir a essas (2ª e 11ª ); suscetível a doença ou ferimentos se estão nas outras casas angulares: 7ª e 4ª ou casas sucedentes a essas (8ª e 5ª ).

Quando Marte se ergue a seguir ao sol, indica destruição do pai de forma súbita, ou causa doença nos olhos; quando Marte está em aspeto com Saturno  o  pai enfrenta perigo de morte ou de febre e constipação/gripe ou de ferimentos por arma cortante.

Um aspeto maléfico de Saturno com Sol indica a morte do pai devido a doença por acumulação de «humores» no corpo.

Longevidade da Mãe

No que se refere à longevidade da mãe, se Júpiter estiver em qualquer aspeto com a Lua ou com Vénus ou se vénus estiver em conjunção, sextil ou trino com a Lua, e ambos estão fortes isso indica vida longa para a mãe.

Mas, se Marte estiver em aspeto com a Lua ou Vénus ou se se ergue depois da Lua ou de Vénus conforme o caso, ou se está e aspeto de quartil ou oposição para uma ou outra, ou Saturno está e aspeto com a Lua e ambos ocupam casas sucedentes ou estão  a mover-se para baixo do horizonte, indicam possibilidade de  doença ou má fortuna para a mãe.

Mas, se nos aspetos referidos Marte ou Saturno estiverem a subir no horizonte e em casas angulares, ao mesmo tempo que formam  os aspetos negativos referidos atrás, indicam longevidade curta para a mãe ou que esta está suscetível a ferimentos ou doença.

Do mesmo modo, quando Marte ou Saturno estão nas casas angulares  Este(1ª ou 10ª) ou nas casas  a seguir a estas (2ª ou 11ª ) também indicam vida curta para a mãe.

Quando Marte ou Saturno estão colocados nas casa angulares a oeste (7ª e 4ª)  indicam que há a possibilidade de sofrer ferimentos. Quando Marte está em aspeto com a Lua cheia indica morte súbita para a mãe e problemas de visão.

Se Marte está em aspeto com a Lua minguante, indica morte da mãe devido a aborto e ferimentos por instrumento cortante (hoje em dia inclui a cirurgia). Se está em aspeto com Vénus indica morte devido a doença febril, doenças obscuras e doença súbita.

Quando Saturno está em aspeto com a Lua causa morte e doença quando a Lua está em posição a oriente, por febre e constipações/gripe. Quando a Lua está em posição a ocidente Saturno causa morte e doença por úlceras uterinas e cancro.

Ptolomeu adiciona uma nota afirmando que, ao prever as situações de doença e morte, na análise dos pais no horóscopo devem ter-se em conta as características dos signos em que os planetas referidos estão colocados.  Para nascimentos de dia deve também dar-se atenção particular ao Sol e Vénus e, para nascimentos noturnos, à Lua e a Saturno.

 

[1] Um planeta «levanta-se» ou ergue-se de manhã quando se ergue no horizonte antes de o Sol «nascer» no dia do nascimento do nativo; um planeta «levanta-se de noite» quando «se põe» abaixo do horizonte depois de o Sol se pôr, no dia do nascimento. Um planeta que se ergue de manhã está sempre antes do Sol, em graus, quando estão no mesmo signo, ou num signo anterior. Um planeta que se ergue à noite está sempre colocado depois do Sol, em grau superior ao do sol quando ocupam o mesmo signo ou num signo anterior, até à oposição, ponto limite para esta conceção.  Porém, para poder ser considerado «estrela da manhã» ou «estrela da tarde» um planeta tem de estar afastado do Sol (antes ou depois conforme o caso) pelo menos 15º, caso contrário não será visível , estando «sob os raios do Sol».

Relacionados

Leave a Comment