Trânsito de Júpiter 2020-21 Ascendente Touro

rapariga sentada em banco exterior trabalhando no computador

Neste artigo falamos dos efeitos gerais do trânsito de Júpiter em 2020-21, no signo de debilitação, Capricórnio, para o Ascendente Touro.

Pode ler uma introdução geral a este novo trânsito de Júpiter aqui.

Júpiter rege a 8ª e a 11ª casa no seu horóscopo e transita pela 9ª casa, lançando aspeto para o Ascendente, para a 3ª e a 5ª casas. A relação entre Júpiter e Vénus é de inimizade pelo que o trânsito de Júpiter não é dos mais positivos para o seu signo Ascendente.

Porém, no trânsito presente Júpiter vai transitar sob o domínio de Saturno, que também está a transitar por Capricórnio, que está dignificado e sendo o dispositor de Júpiter. Saturno e Vénus têm uma relação de amizade pelo que Saturno equilibra os efeitos deste trânsito.

Convém lembrar, em primeiro lugar, que Júpiter transita debilitado pela 9ª casa, sendo o regente de uma casa dusthana. Deste modo, embora seja possível receber dinheiro ou outros bens de forma inesperada, estes poderão chegar de forma atrasada e depois de ultrapassar alguns obstáculos e deverão ser modestos em quantidade.

Para o seu Ascendente Júpiter significa, como regente da 8ª casa, circunstâncias que mudam radicalmente algum aspeto da sua vida, transformando -a num nível profundo através desses processos; a 11ª casa é uma casa de apoio da sociedade, dos amigos, do reconhecimento que a sociedade é capaz de lhe dar pelo seu contributo para a vida de todos e pelos seus méritos pessoais (prémios, honras, mais dinheiro, mais fontes de rendimento).

Ao estar colocado em conjunção com Saturno, que está no próprio signo e, por isso, domina os efeitos do trânsito de Júpiter, as possibilidades de expansão de Júpiter ficam bastante contraídas. Assim, poderá sofrer atrasos em viagens programadas, nas quais podem acontecer eventos inesperados.

De qualquer modo, a 9ª casa e os seus significados serão o epicentro de uma potencial transformação no seu propósito de vida e no significado que lhe dá. A conjugação das energias de Saturno e Júpiter orienta para o  pragmatismo, pelo que poderá deixar para trás alguns objetivos que passa a ver como utópicos ou irrealizáveis.

As suas convicções, princípios  e valores podem agora tornar-se mais «terra a terra» e virar-se para as condições ideológicas que movem as sociedades, mais do que para a religião ou espiritualidade tradicionais.

Os que tiveram no pai ou em alguma figura substituta o principal guia em relação á vida, podem agora passar por uma transformação em que veem nitidamente as vulnerabilidades e a natureza «humana, demasiado humana» deste e procurar outras fontes de orientação, talvez mais ligadas ao exercício da política e das leis, como formas de organizar e regular a vida humana em sociedade.

Os que estão a frequentar o ensino superior talvez escolham cursos  de natureza mais orientada pra a concretização de objetivos considerados mais «realistas» e capazes de ajudar a alcançar propósitos materiais.

Se tem habitualmente uma postura conservadora em relação á religião e á espiritualidade, neste período tende a extremar as suas posições, tendo dificuldade em aceitar pontos de vista diferentes dos seus.

Assim, deverá evitar cair em algum dogmatismo, ao exprimir opiniões sobre os valores humanos, a moralidade e a religião, o fundamentalismo fecha-se ao diálogo e transforma-se em imposição, o que contraria a essência mais autêntica da espiritualidade, que é a abertura ao outro.

Estando incluído numa dinâmica de trânsito em conjunção com Saturno, Júpiter agora não exprime a sua natural expansividade e espontaneidade mas submete-se ao «senhor do tempo», Saturno, trazendo à conclusão um ciclo kármico, iniciado há quase 20 anos atrás, na anterior conjunção Júpiter Saturno. Este é um tempo de conclusão, de libertar o que está maduro para ser absorvido como alguma lição a aprender.

No final deste trânsito, em novembro de 2021, Júpiter poderá libertar-se e voltar a ser, novamente, a energia que abre o futuro, a confiança e a liberdade de fazer novas escolhas que são a semente de um novo sentido que dará á sua vida.

Júpiter lança, neste trânsito, aspeto para a 3ª casa, fortalecendo a determinação e persistência para realizar o que deseja mas, ao mesmo tempo, retirando desses desejos e ambições o caráter demasiado otimista e utópico e aproximando-os das necessidades materiais.

Os que têm atividade de escrita ou ligada à educação, adotarão um tom mais doutrinador do que de reflexão espontânea e, se houver aspetos de planetas maléficos para Júpiter na posição de nascimento, podem tender para algum dogmatismo na defesa das ideias.

Júpiter lança aspeto para a 5ª casa, podendo gerar a tendência para acreditar que é dono (a) da verdade porque é mais inteligente e instruído(a) do que a maioria. Pode assim adotar um tom paternalista para com os outros, incluindo os filhos, tentando impor-lhes a sua «verdade» para o «bem deles».

Assim, há uma lição fundamental neste trânsito de Júpiter que é o da humildade e não será fácil para todos.

Júpiter lança também aspeto para o Ascendente e pode haver um desejo profundo de obter reconhecimento, honrarias, fama até, para alguns. Habitualmente o aspeto de Júpiter traz otimismo, alegria espontânea de viver.

Mas, quando está com Saturno, a tónica muda para aumentar a ambição e o desejo de privilégios mundanos. Assim, colocará mãos ao trabalho para alcançar o que deseja.

Relacionados

Leave a Comment