Tetrabiblos- Forma do Corpo

Mulher a fazer exercício físico com bebé

Neste artigo falamos das configurações que, no horóscopo, determinam a forma  do corpo e sua constituição, segundo a obra clássica Tetrabiblos de Ptolomeu.

O regente do Ascendente e a Lua e qualquer planeta colocado na cúspide ou junto da cúspide da 1ª casa  determinam a forma do corpo. As estrelas fixas que estão a erguer-se ao mesmo tempo que o horizonte e a sua forma, também influenciam a forma do corpo.

Mas são os planetas regentes da 1ª casa (regente do signo Ascendente, corregentes e a Lua) que têm o maior peso nesta determinação, e os signos que regem influenciam o caráter da personalidade.

Características atribuídas pelos Planetas no Ascendente

Saturno: produz pele escura ou morena, cabelo preto e encaracolado, corpo robusto, peito cabeludo, altura média,  olhos de tamanho médio, temperamento com excesso de frio e humidade (Fleumático)

Quando está a pôr-se, à direita do Sol e aproximando-se da 7ª  ou estando colocado na 7ª casa torna o nativo escuro, pequeno, magro, com cabelo liso, poucos pelos no corpo, bastante atraente, com olhos negros. O temperamento  é uma mistura de frio e seco (Melancólico).

Júpiter– quando rege ou está colocado no Ascendente, Júpiter dá cor clara à pele  mas sem ser pálida, olhos grandes, cabelo ligeiramente encaracolado, alto, com uma postura dominadora. O temperamento contém um excesso de calor e humidade (Sanguíneo).

Quando está a pôr-se, Júpiter dá pele clara mas não muito agradável, cabelo fino que pode ter calvas na fronte e na coroa da cabeça, altura média. O temperamento tem excesso de humidade.

Marte- Quando rege ou está colocado no Ascendente  dá pele branca e avermelhada, a pessoa é robusta e alta, olhos cinzentos e cabelo grosso, algo encaracolado. O temperamento mostra um excesso de quente e seco (Colérico).

Quando está a pôr-se, Marte dá ao nativo pele corada, altura média, olhos pequenos, poucos pelos no corpo, cabelo liso amarelado. O temperamento tem excesso de seco.

Vénus–  Produz efeitos semelhantes aos de Júpiter mas com formas mais graciosas e femininas, arredondadas, sensuais. Torna os olhos brilhantes e bonitos. Num homem produz formas mais efeminadas do que o habitual.

Mercúrio– Quando rege ou está colocado no Ascendente, Mercúrio torna a pele pálida, dá altura média, graciosidade, cabelos ligeiramente encaracolados, olhos pequenos. O temperamento mostra um excesso de calor.

Quando está colocado no ocidente (perto da 7ª casa) , Mercúrio dá cor de pele clara mas de tom não agradável.  O cabelo é liso, a compleição é cor de azeitona. A pessoa é magra e solta, tem olhos brilhantes, rosto corado.  O temperamento mostra excesso de seco.

Quando a Lua e o Sol estão em aspeto com o Ascendente ou a 7ª casa ou em aspeto com algum dos outros planetas que está ligado ao Ascendente ou à 7ª casa, também influenciam a aparência e a forma do corpo.

O Sol, quando em aspeto com os planetas ligados ao Ascendente, dá robustez e torna a aparência mais impressiva.; a Lua, especialmente quando está a separar-se dos planetas, dá um corpo tendencialmente mais magro e mais bem proporcionado e torna o temperamento mais húmido. Os efeitos da Lua são mais evidentes quando está mais brilhante e forte.

Influência dos Quadrantes

Quando os planetas são «estrelas da manhã»[1]  e estão colocados no horóscopo antes do Sol, tornam o corpo grande; quando estão no modo estacionário pela primeira vez[2], tornam o corpo musculado e forte, quando estão em movimento direto não tornam o corpo bem proporcionado.

Quando os planetas «estrelas da manhã» ficam estacionários pela segunda vez e estão a ascender,  tornam o corpo fraco. Quando estão a pôr-se, no ocidente, indicam que a pessoa não será reconhecida mas dão a capacidade de vencer obstáculos e dificuldades.

Quando os planetas ligados ao Ascendente estão colocados no quadrante da carta que vai do equinócio da Primavera ao solstício de verão[3], são favoráveis para a robustez, compleição, estatura e olhos e dão excesso de humidade e calor no temperamento (Sanguíneo).

O quadrante do solstício do verão ao equinócio do outono quando contém planetas ligados ao Ascendente, produz indivíduos com compleição moderadamente boa, altura média, robustos, com olhos grandes e cabelo grosso encaracolado. O temperamento tem excesso de calor e seco (Colérico).

O quadrante que vai do  equinócio do outono ao solstício do inverno torna os indivíduos pálidos, magros, adoentados, com cabelo ligeiramente encaracolado e bons olhos. O temperamento tem excesso de seco e frio (Melancólico).

O quadrante que vai do solstício do Inverno para o equinócio da primavera, produz indivíduos de compleição escura, altura moderada, cabelo liso, poucos pelos no corpo, com alguma graciosidade e o temperamento tem excesso de humidade e frio (Feumático).

Influência das constelações

As constelações dentro e fora do Zodíaco, que têm forma humana produzem um corpo harmonioso nos movimentos e bem proporcionado. As que têm forma não humana afetam a forma do corpo, tornando-o menos proporcionado. Influenciam o tamanho do corpo e a sua força.

Por exemplo, Leão, Sagitário e Virgem tornam o corpo maior. Peixes, Caranguejo e Capricórnio tornam o corpo mais pequeno.

As constelações de Carneiro, Touro e Leão, na parte superior e dianteira tornam o corpo mais robusto; as partes traseira e inferior das constelações tornam o corpo mais fraco.

A parte dianteira de Sagitário, Escorpião e Gémeos causam magreza e as partes traseiras robustez.

Virgem, Balança e Sagitário tendem a tornar o corpo gracioso e bem proporcionado enquanto Escorpião, Peixes e Touro tendem a tornar o corpo desajeitado e desproporcionado.

O resultado da mistura de todas as influências referidas no Ascendente e seu regente explicam as características que encontramos na forma do corpo em cada indivíduo.

 

[1] Um planeta é «estrela da manhã» quando se ergue no horizonte antes de o Sol nascer.

[2] Isto refere-se ao movimento do planeta na órbita em torno do Sol. Poderá ler uma descrição deste movimento no artigo sobre os poderes dos planetas.

[3] Os signos que vão da Primavera ao Verão são Carneiro, Touro, Gémeos e Caranguejo e formam o primeiro quadrante (da casa 1 a 4); os quatro signos seguintes formam o 2º quadrante, etc., havendo 4 quadrantes.

Relacionados

Leave a Comment