Indicadores da Profissão no Horóscopo

mulheer e homem engenheiros a analisar uma estrutura

Neste artigo aprendemos como julgar a qualidade da visibilidade da ação  do nativo no mundo, analisando os indicadores da profissão segundo  a obra Tetrabiblos de Ptolomeu, o «pai» da Astrologia ocidental.

Segundo o autor, há dois modos de avaliar isto: através do planeta mais perto do Sol e pelo planeta que está no signo que culmina (ocupa a cúspide da 10ª casa). É preciso ver qual o planeta que, de manhã, se ergueu (atravessou o Ascendente) mais próximo do Sol.

Papel dos Planetas na Ação e Profissão

E é necessário também ver qual o planeta no meio do céu, especialmente quando se está a aplicar a um aspeto com a Lua.

Se o mesmo planeta ocupar as mesmas posições, isto é, se, olhando para os movimentos dos planetas no dia em que a pessoa nasceu, o planeta que cruzou o ascendente mais perto do Sol, de manhã,   for o mesmo que ocupa primeiro o meio do céu e forma um aspeto de aplicação com a Lua, estes são os elementos que devem usar-se para a avaliação.

Mas, se não há nenhum planeta nas duas posições referidas e houver apenas um, usa-se esse;

Se um planeta apenas tiver cruzado o Ascendente de manhã, perto do Sol e se outro diferente estiver associado com o meio do céu e formando aspeto com a Lua, usam-se ambos. Porém, dá-se preferência ao que for mais forte de acordo com as regras dadas atrás.

Se não houver nenhum planeta que tenha cruzado o Ascendente de manhã perto do sol nem esteja associado com o meio do céu nem forme aspeto com a Lua, a vida dessa pessoa passará sem ser praticamente notada ou visível para os outros.

Neste último caso, escolhemos o regente da cúspide da 10ª casa para julgar os efeitos da ação do indivíduo, de acordo com objetivos particulares que este quiser realizar.

Este é então o método  para escolher o planeta que governa a ação do nativo. Mas, para avaliar as qualidades dessa ação fazemo-lo através dos planetas Marte, Vénus e Mercúrio e das qualidades dos signos em que estão colocados.

Se Mercúrio governa a ação, faz  do nativo escritor, secretário, homens (ou mulheres) de negócios, professores, contabilistas, mercadores, banqueiros, adivinhos, astrólogos, todos os que ganham a vida através da utilização de documentos, interpretação e transações.

Se Saturno estiver em aspeto com Mercúrio, quando este rege a ação, o nativo gere a propriedade dos outros, é intérprete, etc. Se for Júpiter a formar aspeto com Mercúrio, o nativo é um legislador, orador, sábio, alguém que convive com as pessoas mais ilustres.

Quando Vénus rege a ação, faz dos nativos pessoas cuja atividade lida com perfumes, unguentos, cores e corantes, vinhos, especiarias, adornos e joias, como acontece com os comerciantes, tecelões, hoteleiros e donos de pousadas,   comerciantes de vinhos, de especiarias, de tintas e corantes, roupa, droguistas, pintores.

Se Saturno estiver em aspeto com Vénus, o nativo é comerciante de mercadorias associadas ao prazer ou adorno, alcoviteiros (proxenetas), envenenadores[1] e semelhante. Quando é Júpiter a estar em aspeto, faz dos nativos atletas vencedores, pessoas consideradas dignas de receber honrarias, homens que conseguem obter melhores resultados através de mulheres.

Quando Marte está em aspeto com o Sol, indica uma pessoa que usa o fogo na sua atividade como cozinheiros, pessoas que trabalham com a forja, metalurgia, trabalhadores de minas.

Se não houver associação com o sol, representa os que trabalham com o ferro, como os que trabalham nos estaleiros navais, carpinteiros, agricultores, pedreiros e engenheiros, polidores de pedra, joalheiros, lenhadores e os seus trabalhadores subordinados.

Se Saturno estiver em aspeto com Marte, o nativo trabalha na construção de túneis, de canais aquáticos, é marinheiro, guarda -caça ou polícia da floresta, pintor, cozinheiro, embalsamador. Se for Júpiter a formar aspeto com Marte, o nativo é taberneiro, soldado, dono de pousada, balseiro ou barqueiro.

Quando dois planetas regem a ação, por ex., Mercúrio e Vénus, tornam o nativo um escritor ou poeta, mestre nas artes literárias, a tocar instrumentos musicais, criando melodias e canções, poemas, ritmo. Isto é ainda mais evidente se Mercúrio e Vénus estiverem em receção mútua.

Produzem também pessoas que trabalham no teatro atores, fabricantes de instrumentos musicais e de cordas, membros do coro, pintores e dançarinos, tecelões, moldadores de cera, pessoas que gerem pessoal doméstico (no passado, tratava-se de escravos). Saturno em aspeto com Mercúrio e Vénus apoia as profissões referidas.

Mas quando é Júpiter a formar aspeto com Mercúrio e Vénus, faz dos nativos advogados, trabalhadores do registo civil, professores de crianças, líderes do povo, funcionários públicos.

Quando Mercúrio e Marte juntos regem a ação, o nativo pode ser um escultor, um fabricante de armas, um construtor de edifícios nobres, fabricante de moldes, pugilista, médico ou cirurgião. Também poderá ser um falsificador, alguém que faz más ações, adúltero, difamador.

Quando Saturno está em aspeto com Mercúrio e Marte, o nativo pode ser um ladrão sorrateiro, assassino, vilão, pirata, ladrão de gado. Se Júpiter estiver em conjunção com Mercúrio e Marte o nativo pode ser soldado, uma pessoa inteligente e energética, um bisbilhoteiro que ganha a vida a intrometer-se nos assuntos dos outros.

Quando Marte e Vénus em conjunto governam a ação do nativo, produzem tintureiros, perfumistas, artesãos de objetos em estanho ou latão, chumbo, ouro e prata, dançarinos, droguistas, médicos que usam substâncias químicas nos tratamentos.

Quando Saturno está em aspeto com Marte e Vénus, o nativo pode ser  coveiro, alguém que trata dos rituais funerários, tocador musical em funerais, um  fanático, todos os que são atraídos por rituais sangrentos, mistérios e lamentos (magia negra).

Mas, se Júpiter estiver em aspeto com Marte e Mercúrio, o nativo é um frequentador de templos, intérprete de sinais sagrados, cuidador dos instrumentos usados em rituais sagrados, intérpretes de casamento e  organizadores de casamento , ganhando a vida dessa forma, ao mesmo tempo devotados ao prazer sem pensar muito nas consequências.

Papel dos signos na Ação e Profissão

A natureza dos signos onde se encontram os planetas que  regem a ação dá também o seu contributo.  Em especial, atende-se à forma dos signos: os que têm forma humana dão apoio a toda a atividade científica e ações úteis para   homem.

Os signos com forma quadrúpede dão apoio a atividades relacionadas com minas, construção, comércio e carpintaria.

Os signos equinociais e solsticiais (os cardinais) dão apoio a atividades de interpretação, trocas e permutas, ou relacionadas com medidas, agricultura e religião.

Os signos terrestres e aquáticos dão apoio a atividades com líquidos ou realizadas na água, atividades botânicas, construção de navios, os que fazem salmoura, salgam, fazem picles e conservas, fazem funerais no mar.

Quando a Lua é o regente da ação e está a afastar-se da conjunção com Mercúrio, e colocada no signo Touro, Caranguejo ou Capricórnio, torna o nativo um adivinho que usa um prato com água e outros tipos de adivinhação; se a Lua estiver em Sagitário ou Peixes, torna o nativo alguém capaz de falar com os mortos e despertar forças sobrenaturais.

Se a Lua estiver colocada em Virgem ou Escorpião, afastando-se de Mercúrio, torna o nativo um mago ou astrólogo, alguém que tem «segunda visão».

A colocação da Lua nos signos Balança, Carneiro e Leão nas condições referidas atrás, produz pessoas com capacidade para interpretar sonhos, inspiradas «por Deus», exorcistas.

Finalmente, é preciso ter atenção às diferentes combinações no horóscopo e determinar as influências mais importantes a partir dos planetas dominantes. Neste ponto, convém lembrar que um planeta tem ação independente quando é angular ou está a erguer-se perto da cúspide da 1ª casa);

Mas, quando está a pôr-se (próximo da cúspide da 7ª casa) ou está a declinar perto da cúspide de uma casa cadente, a sua ação é subordinada.

Quando os planetas recebem o apoio de planetas benéficos a sua ação é muito beneficiada e frutuosa; mas, se, são superados por planetas maléficos, a sua ação é inglória e falível.

A oposição dos planetas com Saturno traz frieza; a oposição com Marte traz temeridade e notoriedade. Se um planeta recebe em simultâneo a oposição de Mare e Saturno o resultado é grande ruína da ação. O aumento ou diminuição dos efeitos mede-se pelo trânsito dos planetas  em relação aos ângulos Este (Ascendente) e oeste (Descendente).

 

[1] Nos tempos mais antigos, esta era uma verdadeira «arte», na qual algumas pessoas, sobretudo mulheres, eram muito reputadas, por conseguirem produzir venenos indetetáveis e, por isso, eficazes e eram muito procuradas.

Relacionados

Leave a Comment