Efeitos Gerais do Trânsito de Júpiter 2021-22

grupo a discutir ideias

Neste artigo falamos dos efeitos gerais do trânsito de Júpiter em 2021-22 pelo signo Aquário.

Ao longo do ano  2021, Júpiter transita no signo Capricórnio e no signo Aquário, num trânsito algo diferente do habitual pois, ao invés de passar um ano contínuo num dado signo, devido ao movimento retrógrado, oscila, no ano de 2021 pelo trânsito em Capricórnio e Aquário até 20 novembro de 2021.

De momento e até ao dia 14 de setembro deste ano, Júpiter transita no signo Aquário, regressando nesse dia ao signo Capricórnio até dia 20 de novembro 2021,  altura em que volta a transitar no signo Aquário, agora sem sair do signo até este trânsito terminar no dia 13 abril 2022.

Júpiter está em signo neutro, em Aquário. E a relação entre Júpiter e Saturno é igualmente neutra. Deste modo, a casa na qual se dá o trânsito de Júpiter é importante, bem como é importante que, ao longo de todo o ano de 2022, Saturno se mantenha no próprio signo, Capricórnio, dignificado.

O signo Aquário exprime uma relação com a Humanidade no seu todo, com a sociedade e o desejo de igualdade de oportunidades e de justiça para todos, de forma regulada ou «legalizada» pelas instituições, costumes e leis.

Júpiter possui um profundo sentido humanitário, generoso e otimista e o seu trânsito pelo signo Aquário pode ajudar a alcançar condições gerais de mais justiça e solidariedade, fazendo chegar aos que formam o grupo das pessoas «comuns» não pertencentes a elites, melhores condições de vida e de progresso.

Tanto o signo Aquário como Júpiter estão associados com a filosofia e os valores universais e este trânsito estimula o surgimento de ideias e filosofias que ajudam a criar um clima social de maior justiça e progresso para todos.

Os ideais democráticos são estimulados por esta posição de Júpiter, pois o signo Aquário significa fortemente o caráter universal e a igualdade de direitos de cada ser humano, bem como a dignidade essencial de cada ser humano, independentemente do nascimento e das posses materiais que possui.

Júpiter por seu lado, simboliza o otimismo e a esperança capazes de catapultar a ação coletiva para a concretização de ações que trazem mais prosperidade, melhor educação, mais consciência solidária e generosidade nas interações e nas ações concretizadas.

Note-se que nem o signo Aquário nem Júpiter representam a mudança radical das condições de vida e de ser; representam a capacidade de transformar a sociedade a partir de dentro, mudando gradualmente e de forma sustentada modos de ser e de pensar que vão alterando a sociedade.

A educação desempenha um papel essencial neste processo, e estas energias combinadas estimulam a educação para todos e de forma igualitária.

Para além das ideias e da filosofia, esta é uma combinação que representa igualmente o papel da ciência na mudança das mentalidades e da qualidade de vida.

O signo Aquário está também muito ligado á dimensão económica e este trânsito apoia a expansão da sociedade e a mudança através de novas formas de Economia, que não se limitem ao esquema habitual de sempre, que  privilegia as elites, mas  apoie uma Economia verdadeiramente democrática, na qual todos devem ter as mesmas oportunidades de melhorar as suas condições de vida.

Pode dizer-se que, no atual contexto em que vivemos, em que a pandemia destruiu muitos empregos e colocou muitas pessoas em situação de pobreza extrema, é mais do que nunca fundamental que surja uma nova Economia, dirigida a todos e não apenas a alguns.

Neste período, as pessoas poderão ter mais consciência de alguns aspetos que, em geral, passam despercebidos aos que não são técnicos nesta área: durante o ano de 2020, os ricos ficaram mais ricos do que teriam ficado se não tivesse havido a pandemia que o mundo tem enfrentado.

Isto só é possível quando as regras que regem a dimensão económica  da sociedade estão subvertidas. O trânsito de Júpiter pelo signo Aquário ajuda a generalidade do público a perceber isto e a, finalmente, abrir-se a novas formas de projetar o sucesso económico, para que se torne acessível a todos e não apenas aos mesmos (poucos) de sempre.

Sendo o signo Aquário um signo no qual as pessoas se juntam em grupos, poderemos observar cada vez mais pequenos investidores unindo-se para fazer frente aos grandes grupos económicos e começarem a criar novos conceitos para regular a atividade económica, como já se tem estado a ver neste ano de 2021.

A natural compaixão e empatia de Júpiter leva ao desenvolvimento de mentalidades mais solidárias que não excluem ninguém nem aceitam considerar que algumas pessoas sejam mais importantes do que outras, sejam quais forem os critérios usados para defender essa diferença.

A ciência e a tecnologia são profundamente estimuladas, incluindo no plano das tecnologias da informação e da criação de redes que ligam as pessoas por diversos motivos, incluindo os económicos mas também humanitários e científicos.

As pessoas descobrem, com este trânsito, que são mais fortes funcionando unidas em grupos do que isoladas e usam a sua pertença ao grupo para lutarem por melhores condições de vida.

No entanto, a ação expansiva de Júpiter não se faz sem resistência no signo Aquário pois Saturno, o regente, não gosta de mudança e cristaliza-se nas regras existentes, que não quer alterar.

Mas Saturno está colocado no signo que rege, durante este trânsito e não lança aspeto para Júpiter. Por outro lado, Rahu, o corregente do signo Aquário , lança aspeto a partir do signo Touro, no qual se rende à procura do máximo bem estar e riqueza material possível, para Saturno, num aspeto de 9ª casa.

Deste modo, há certamente mais dinamismo nas mudanças e ação que o trânsito de Júpiter pode adotar neste período.

Há ainda um outro fator importante neste trânsito de Júpiter pois acontece após uma «grande conjunção» com Saturno que ocorreu em dezembro do ano 2020. Deste modo, Júpiter afasta-se agora de Saturno para iniciar um novo ciclo de expansão e mudança que marcará os próximos 19 ou 20 anos.

Este trânsito tem também um efeito positivo nas expetativas daqueles que desenvolvem novas ideias e projetos científicos, gerando otimismo quanto aos resultados a serem alcançados.

Projetando-se este otimismo na generalidade da sociedade, acaba também por gerar uma disposição mais positiva na mentalidade coletiva das pessoas em geral.

Um dos pontos fortes deste trânsito pode ser a dinâmica das associações entre pessoas com interesses comuns, que passam a trabalhar também em conjunto em áreas como a economia e a ciência, causas humanitárias e globais como a erradicação da pobreza e a desigualdade, a extensão da solidariedade pelos que mais sofrem em alguma área,  novos projetos relacionados com a educação, etc.

Na área da ciência, novas teorias podem também dar novo impulso a vários projetos científicos.

No plano económico, tendem a dar melhores resultados os projetos que envolvem grupos maiores de pessoas como público alvo do que os que se dirigem a grupos seletos e limitados (elites) de pessoas.

Aquário simboliza a união das pessoas em comunidade democrática e o funcionamento democrático das instituições é o que dará melhores resultados com este trânsito, embora no respeito pelas regras estabelecidas.

O trânsito de Júpiter pelo signo Aquário também pode ajudar a superar o fanatismo, pois estimula as pessoas a pensar a partir da observação dos factos e da prática científica, deixando a fé cega de lado.

Relacionados

Leave a Comment