Comprar e Vender Propriedades

Neste artigo falamos de questões da 4ª casa relacionadas com comprar e vender propriedades, segundo os ensinamentos de W. Lilly.

Note-se que a astrologia horária, ramo muito importante no passado, foi aquele que ensinou verdadeiramente a interpretar uma carta, sendo por isso muito útil o seu conhecimento também para a interpretação do horóscopo.

As questões seguintes pressupõem o levantamento de uma carta para o momento em que se faz a questão.

Comprar e Vender Propriedades: terras, casas, quintas

O Ascendente e o seu regente e a Lua representam o comprador. A 7ª casa, o seu regente e planetas colocados na 7ª casa representam a pessoa que vende. A 4ª casa, o seu regente e planetas aí colocados representam as terras, a casa, a quinta, etc.

A 10ª casa, o seu regente e planetas aí colocados representam o preço da propriedade (e permite saber se o preço será «amigo» ou elevado).

Para saber se o vendedor tem boa vontade em relação ao comprador ou se está a tentar enganá-lo, analisa-se assim:

Vê-se se os regentes da 1ª e da 7ª casa da carta horária estão em bom aspeto um com o outro; ou. Se houver um mau aspeto entre ambos, se os planetas estiverem em receção mútua, dá resultados positivos e pode-se concluir, em ambos os casos, que o vendedor está numa postura honesta.

Mas o aspeto deve ter as seguintes características: o regente da 7ª casa deve estar num aspeto de aplicação em relação ao regente do Ascendente, ou seja, deve estar antes (num signo) anterior) em relação ao regente do Ascendente.

E, se estiverem ambos dignificados , a compra concretizar-se-á.

Se o aspeto entre os dois regentes for maléfico, haverá muita negociação, hesitação, disputa de preço, até a compra se concretizar.

Quando o regente do Ascendente ou a Lua se aplicam por aspeto,ao regente da 4ª casa, ou se este planeta se aplica ao regente do ascendente ou à Lua, ou cada um está na casa do outro (o regente da 1ª está na 4ª e o regente da 4ª está na 1ª) e há algum tipo de receção entre ambos, a compra concretizar-se-á.

Mas, se não houver nenhuma relação entre os regentes da 1ª e da 4ª, mesmo que a Lua esteja a transferir luz do regente da 4ª para o regente do Ascendente, a negociação concluir-se-á, mas será feita por agentes imobiliários e não pelo comprador e vendedor diretamente.

Se nenhuma das configurações descritas existir na carta, o negócio não se concretizará.

Avaliar a Qualidade da Terra , Casa ou Propriedade a Adquirir

Se Marte ou Saturno estiverem colocados na 4ª casa, e especialmente se estão peregrinos, ou se o regente da 4ª casa estiver retrógrado ou aflito a propriedade não se manterá muito tempo na posse do comprador nem lhe trará qualquer benefício.

Mas, quando Júpiter, Vénus ou o nodo norte da Lua estão na 4ª casa, ou quando o regente da 4ª casa está forte e recebe bons aspetos, o comprador pode esperar bom sucesso na compra. E, se a 4ª casa estiver ocupada por um signo fixo, a propriedade manter-se-á na família por muito tempo.

Arrendamento da Propriedade

Se o regente do Ascendente é um planeta maléfico, e se os inquilinos forem pouco sérios, haverá problemas. E, se este planeta estiver retrógrado, os inquilinos irão embora sem pagar a renda ou não respeitarão o contrato de arrendamento.

Porém, se no Ascendente estiver um planeta benéfico ou o nodo norte da Lua, haverá sucesso.

Quando, na 10ª casa, está colocado um planeta benéfico em movimento direto, a casa tem boa qualidade e não dará problemas. Mas, se o planeta benéfico estiver retrógrado, há problemas invisíveis que se manifestarão na qualidade da casa.

Se na 10ª casa houver um planeta maléfico direto, a casa dará problemas e, se estiver numa quinta, haverá poucas árvores. Se o planeta maléfico estiver retrógrado, a madeira das árvores será roubada ou , se a casa estiver arrendada, não haverá pagamento da renda ou, após esta ser paga, será roubada ao nativo.

Quando não há planetas colocados na 10ª casa, julgam-se os lucros potenciais da propriedade através da análise do regente da 10ª casa, conforme este está forte ou fraco.

Quando a compra foi terreno, ajuíza-se a cúspide da 7ª casa e a força do seu regente para avaliar a qualidade da terra para cultivo e as plantas- relva, milho, etc.

A qualidade do terreno é descrita pela 4ª casa: se a cúspide desta tiver um signo de fogo, o terreno é em geral ,cheio de elevações, seco e duro, em especial se o regente dessa casa também está colocado num signo de fogo

Se houver um signo de Terra na cúspide da 4ª casa, o terreno é plano, fértil, com bom pasto e bom para a lavoura.

Se houver um signo de Ar na cúspide da 4ª casa o terreno é misto, em parte com elevações, pedregoso e duro e em parte plano, com uma parte boa e outra má para a lavoura.

Se houver um signo de Água na cúspide da 4ª casa, o terreno contém água, pode ser um riacho ou ribeiro.

Se houver um planeta maléfico colocado na 4ª casa, e estiver retrógrado e peregrino, a terra partilha dos malefícios significados por esse planeta. Por ex., se o signo na cúspide da 4ª for Escorpião e Saturno estiver aí colocado, a terra será lamacenta e pantanosa e cheia de juncos.

Se esse planeta estiver aflito, pior será ainda a terra. E se esta ficar perto do mar, há a temer inundações e estragos causados pela subida do mar.

Quando Saturno está na 4ª casa num signo de fogo, a terra é estéril e seca. E se Saturno estiver aflito, a terra será sem valor e inútil.

Se Saturno estiver colocado na 4ª casa num signo de Ar, a terra é defeituosa. Se Saturno estiver aflito, em especial no signo Gémeos, a terra é muito difícil de manejar.

Se Saturno estiver colocado na 4ª casa num signo de terra, a terra é razoável, mas é muito pesada e argilosa. E, se Saturno estiver aflito na 4ª casa, os arrendatários da terra serão demasiado pobres e sem capacidade para tirar partido desse tipo de terra.

Se Saturno estiver colocado na 4ª casa num signo de Água, o terreno será muito húmido.

Estas regras devem usar-se também para julgar uma casa. Mas, quando aplicamos isto a uma casa, quando Saturno está na posição referida e no signo Escorpião, a casa, para além da humidade, estará cheia de ratos.

Comprar Propriedades: Terras, Casa ou uma Quinta

A 10ª casa mostra o potencial de lucro ou vantagens da aquisição, em conjunto com o regente da 2ª casa e a Parte da Fortuna.

A 4ª casa mostra o fim da questão, quanto à aquisição da propriedade.

Quando há um planeta benéfico no Ascendente ou a Parte da fortuna está no Ascendente da carta horária, ou o regente do Ascendente está no Ascendente ou está em trino ou sextil com o grau da cúspide do Ascendente e não sofre aflições, o nativo ficará com a casa, terreno ou quinta e sentirá que fez um bom negócio.

Se houver um planeta maléfico no Ascendente (Marte ou Saturno) o querente não ficará com a propriedade. Ou, caso já a tenha adquirido, não tem verdadeiros planos para ela e rapidamente a passará a outro.

Para saber se a aquisição é um bom negócio observa-se a 7ªcasa. Se o regente da 7ª casa estiver colocado na 7ª casa ou em bom aspeto com a cúspide da 7ª casa, ou se houver planetas benéficos colocados na 7ª casa, o vendedor manterá a palavra no negócio mas lucrará mais com ele do que o querente.

Se houver um planeta maléfico na 7ª casa e não é o regente desta casa, o querente deve ter muito cuidado tanto se deseja comprar como arrendar, pois, a outra parte está apenas interessada no seu próprio lucro e não tem nenhum interesse pelo bem do comprador ou arrendatário.

Quando, na 10ª casa, há um planeta benéfico colocado ou há um planeta benéfico em aspeto benéfico com a 10ª casa, apesar de algumas fricções entre vendedor e comprador, o negócio faz-se.

Se houver um planeta maléfico colocado na 10ª casa ou em aspeto maléfico com a 10ª casa, o negócio será quebrado.

Para analisar o fim da questão, analisa-se a 4ª casa.  Quando há planetas benéficos aí colocados ou o regente da 4ª casa está em bom aspeto com a cúspide da casa, as coisas acabarão bem e ambas as partes ficarão satisfeitas.

Se houver um planeta maléfico na 4ª casa ou se um planeta maléfico estiver em aspeto negativo- quadratura ou oposição- com o grau da cúspide da 4ª casa, a questão termina mal e não agrada a nenhuma das partes.

Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments