Compatibilidade entre os Nakshatras 2

Casal de noivos em pose sorridente

Continuamos a analisar a compatibilidade entre os nakshatras para casamento segundo a astrologia Jyotish. Continuamos neste artigo a falar da compatibilidade entre os Naksatras dos parceiros, um artigo que completa um outro. Lembramos que se trata do Nakshatra da Lua de ambos.

Vedha Dosha

As constelações estão inseridas em 5 grupos:

 1.Kantha – Rohini,  Ardra, Hastha, Swati, Shravana, Satabhisha;

2. Kati – Bharani, Pushyami, Poorva Phalguni, Anuradha, Poorvashadha, Uttara-bhadrapada

3. Pada  -Aswini, Aslesha, Magha, Jyeshta, Moola, Revati;

4. Siro – Mrigashira, Chitra, Dhanishta

5. Kukshi- Krittika, Punarvasu, UttaraShada, Visakha, UttaraPhalguni, Poorvabhadrapada.

Em relação a estas cinco divisões ou vargas, é favorável quando os Nakshatras dos paceiros não calham na mesma categoria ou divisão. A seguir referimos os efeitos da combinações, segundo a tradição.

Quando ambos os Nakshatras calham na divisão Kantha, o resultado é a viuvez.

Se calham ambos na divisão Kati o resultado é a pobreza.

Se calham ambos em Pada, haverá viagens para lugares distantes.

Se calham ambos em Siro, o resultado é a morte.

Se calham ambos em Kukshi, haverá perda de crianças.

Nakshatra Vedhas

Cada Nakshatra tem um Nakshatra vedha, por isso, os Nakshsatras dos parceiros não devem coincidir com estes pares, segundo a tradição.

Aswini — Jyeshta,

 Bharani — Anuradha,

Ardra — Shravana,

Krittika — Visakha,

Rohini — Swati,

Aslesha — Moola,

 Magha — Revati,

Pushya — Poorvashadha,

Punarvasu — Uttarashadha,

Poorva Phalguni — Uttarabhadrapada,

Hasta — Satabhisha,

 Uttara Phalguni — Poorvabhadrapada;

Mrigashira, Chitra, Dhanishta são mutuamente vedhas e repelem-se mutuamente. Os Nakshatras dos parceiros não devem fazer parte do grupo ou par que forma vedha. Se isso acontecer, os antigos textos afirmam que o casal ficará na ruína.

Mesmo que outros fatores referidos sejam favoráveis, se os Nakshatras estiverem em vedha este é o critério decisivo e que prevalece sobre todos os outros.

Bhutas dos Nakshatras

Os Nakshatras foram classificados segundo 5 bhutas ou elementos, como segue:

  1. Prithvi (Terra): Aswini, Bharani, Krittika, Rohini, Mrigashira
  2. Jala (Água): Ardra, Punarvasu, Pushya, Aslesha, Magha, Poorva Phalguni;
  3. Teja (Fogo): Uttara Phalguni, Hasta, Chitra, Swati, Visakha
  4. Vayu (Ar): Anuradha, Jyeshta, Moola, Poorvashadha, Uttarashadha , Shravana;
  5. Akasha (Éter): Dhanishta, Satabhisha, Poorvabhadrapada, Uttarabhadrapada, Revati

O princípio básico de análise é o seguinte: se o Nakshatra de ambos pertence ao mesmo Bhuta isso é favorável; se um é de ar e outro de fogo, também é favorável; se um é elemento Terra e o outro é qualquer dos outros, também é favorável. Mas quando um Nakshatra é de Água e o outro é de fogo, é uma má combinação. Akasha combina razoavelmente com qualquer dos outros.

Como em tudo e em todas as áreas, nem todos os autores concordam com a classificação dos Nakshatras em relação aos bhutas, dada acima.

Deste modo há quem considere que Gémeos e Virgem pertencem ao elemento Prithvy (Terra); Touro, Caranguejo e Balança pertencem ao  elemento Jala; Carneiro, Leão e Escorpião pertencem ao elemento Fogo; Capricórnio e Aquário pertencem a Vayu; e Sagitário e Peixes pertencem a Akasha.

Os autores que têm mais autoridade neste assunto concordam, no entanto, com a primeira classificação dada. Note-se a subtileza também de que a primeira classificação faz-se para os Nakshatras,  mas esta  última diz respeito aos signos.

Longevidade do Cônjuge

Os Nakshatras são classificados em 3 grupos:

 1º Grupo: Ashwini, Ardra, Punarvasu, UttaraPhalguni, Hastha, Jyestha, Moola, Satabisha, Poorvabhadrapada.

2º Grupo: Bharani, Mrigashira, Pushya, PoorvaPhalguni, Chitra, Anuradha, Poorva Ashada, Dhanistha, Uttara Bhadrapada.

3º Grupo:  Krittika, Rohini, Aslesha, Magha, Swati, Visakha, Uttara Ashada, Shravana, Revati.

Para esta categoria a regra é que, quando o Nakshatra de ambos os parceiros está no mesmo grupo, a união não deve concretizar-se.

O Dr Raman afirma que quando ambos os Nakshatras dos parceiros calham no 1º e 3º grupos- Rajju -acontecerão calamidades na vida a dois.

Se ambos os Nakshatras caem no 2ª grupo- Madhyama–  o resultado é ainda pior e pode acontecer morte , brigas e muitos problemas.

Ashtakvarga

Quando o signo da Lua de um dos parceiros calha num signo que tem, na força Ashtakvarga da Lua do outro parceiro, mais pontos, é considerado bom.

Encontrar o kaksha[1] no qual se encontra a Lua no horóscopo de um dos parceiros. Se o signo da Lua do outro parceiro calhar no signo do regente desse kaksha, há boa compatibilidade.

O autor acrescenta um elemento que consideramos também muito importante e é este: se o casal se ama, deve prosseguir com o casamento, não interessando o que dizem os fatores acabados de descrever atrás.

 A importância do que diz este ultimo parágrafo é o reconhecimento de que o amor supera todas as regras, por mais rigorosas que estas pretendam ser. O autor destes ensinamentos acrescenta que «O amor  verdadeiro é mais importante do que qualquer outra virtude».

Outros Aspetos

O casamento traz prosperidade?-  Conta.-se desde o Nakshatra da mulher até ao Nakshatra do homem.  O número encontrado multiplica-se por 5 e depois o produto divide-se por 7. O resto desta operação significa despesa.

A seguir conta-se a partir do Nakshatra do homem até ao Nakshatra da mulher e repetem-se os cálculos referidos. O resto representa ganhos. Quando o número dos rendimentos é superior ao das despesas, o casamento contará com prosperidade financeira. Mas, se o nº das despesas for superior, o casal experienciará pobreza.

Quando os Nakshatras dos parceiros calham na 1ª varga (Ardra, Hasta, Poorva-hadha, Uttarashadha) haverá muito progresso no casamento; quando calham na 2ª varga (Krittika, Rohini, Mrigashira, Magha, Poorva Phalguni, Uttara Phalguni, Anuradha, Jyeshta, Moola, Dhanishta, Satabhisha, Poorvabhadra) também haverá prosperidade.

Quando estão colocados na 3ª varga (Aswini, Bharani, Punarvasu, Pusbyami, Aslesha, Chitta, Swati, Visakha, Uttarashadha, Sravana, Revati) haverá muitas despesas e dívidas.

Ao analisar a compatibilidade, há que considerar fundamentais as seguintes: o signo da Lua e os regentes do signo da Lua, Vasya, Mahendra e Yoni.

Para o casamento, segundo algumas autoridades, os principais critérios de concordância são: signo da Lua, regentes do signo da Lua, Vasya, Mahendra e yoni. Segundo o Dr Raman, a compatibilidade geral entre os horóscopos é igualmente essencial para determinar a matéria do casamento.

O Dr Raman também considera fundamental usar o sistema de pontuação estabelecido para os diversos critérios de compatibilidade. Falaremos sobre eles em outro artigo


[1] O kaksha é uma das 8 divisões de um signo  com 3º e 45’ cada consideradas pela força Ashtakvarga. Os regentes dessas divisões são Saturno, Júpiter, Marte, Sol, vénus, Mercúrio, Lua e ascendente. Saturno rege os primeiros 3º 45, Júpiter os seguintes, etc. seguindo-se a ordem referida atrás para os planetas. 

Relacionados

Deixe um comentário, ajude-nos a melhorar