Doença Morte e Recuperação

Pessoa a sair de um túnel para a luz do dia
.

Neste artigo damos mais algumas questões da 8ª casa para analisar se haverá morte ou recuperação, em caso de doença,  e também a questão de como será a minha morte, ou se alguém longe vive ou morreu, usando a carta horária seguindo os ensinamentos de W. Lilly.

Questão: em caso de doença, haverá morte?

Esta é uma das questões que levaram vários astrólogos, incluindo o Dr. B. V. Raman, da astrologia da índia, a mostrar o seu apreço pela astrologia horária pois é uma forma mais fácil, que não exige o conhecimento da hora de nascimento, para encontrar uma resposta.

Note-se que os procedimentos usados na astrologia horária, para responder a esta e outras perguntas é também muitas vezes o mesmo para se analisar as áreas de vida no horóscopo.

Procedimentos de Análise para alguém com idade madura:

1.Em primeiro lugar deve analisar-se o Ascendente, o regente do Ascendente e a Lua.

2.Analise-se a 8ª casa e algum planeta, maléfico ou benéfico, presente na 8ª casa.

3.Analisem-se os aspetos de conjunção, quadratura ou oposição formados pelo regente do Ascendente e pela Lua.

A duração da vida e o ano da morte provável são vistos pelo nº de graus que separam o planeta significador (regente do Ascendente e, em segundo lugar, a Lua) e o planeta maléfico com o qual estes formam aspeto  e que aflige o regente do Ascendente ou a Lua.

Se por ex., o regente do Ascendente estiver numa casa angular (1, 4, 7, 10) em conjunção com o regente da 8ª casa, o n º de graus entre ambos indica o número de anos que ainda restam de vida, pressupondo aqui que a conjunção se dá numa orbe aceite e não é exata, isto é, os planetas não estão no mesmo grau.

Se a referida conjunção se dá numa casa sucedente (2, 5, 8, 11) o número de graus entre o regente do Ascendente e o regente da 8ª casa indica o número de meses que a pessoa pode esperar de vida.

Se a conjunção se dá numa casa cadente (3, 6, 9, 12) o número de graus entre o significador e o regente da 8ª casa indica semanas.

Mas, para além do número de graus entre os planetas há ainda que acrescentar a modalidade do signo: se for fixo, pode-se acrescentar meio ano  numa casa angular; ou meio mês numa casa sucedente ou meia semana quando a conjunção está numa casa cadente.

Lilly acrescenta que a morte só ocorre quando os significadores estão muito aflitos e, se não estiverem, a pessoa apenas estará, nos momentos de ameaça, perto da morte, mas não morrerá.

Note bem: os aspetos do regente do Ascendente são mais importantes do que os da Lua para formular este juízo. E os aspetos mais temíveis para indicar morte são a conjunção entre o regente do Ascendente e o regente da 8ª casa ou a conjunção do regente do Ascendente com o sol.

Segundo o comentador Zadkiel, quando esta conjunção se dá nos termos de Vénus ou Júpiter ou quando forma um sextil ou trino exato, a morte dificilmente ocorre.

Quando o regente do Ascendente esta muito aflito, mesmo que a Lua esteja forte, a Lua não significa nem vida nem saúde, apenas mostra sucesso nos assuntos relacionados com o nativo. Em relação à Lua apenas são considerados aspetos de aplicação, não de separação.

Questão: Como será a minha morte?

Esta questão é respondida vendo a 8ª casa, pelo regente da 8ª casa se estiver colocado nessa casa ou por outro planeta colocado próximo da cúspide da 8ª casa ou pelos planetas que tenham alguma dignidade [1]no signo da 8ª casa.

Deste modo, também os planetas que ficam exaltados no signo da 8ª casa ou que têm alguma outra dignidade essencial relacionada com esse signo, podem mostrar o tipo de morte.

Depois de analisar esses aspetos, focamo-nos no Ascendente e no seu regente e vemos se há aspetos de planetas maléficos que estejam em aspeto com o regente do Ascendente e também tenham dignidades no signo que ocupa a 8ª casa.

Destas, o próprio signo, exaltação e triplicidade são as mais importantes.

Se Júpiter ou Vénus estiverem em aspeto com o regente do Ascendente ou se um ou ambos estiverem colocados na 8ª casa ou se estiverem em aspeto de sextil ou trino com a cúspide da 8ª casa, a morte será natural.

A morte pode ter por causa imediata uma doença relacionada com os significados pelo signo de colocação de Vénus ou Júpiter e afetando a parte do corpo ou órgãos significados pela casa d ecolocação.

Por outro lado, se houver planetas maléficos colocados na 8ª casa ou estiverem em aspeto com a cúspide da 8ª casa, a morte será violenta ou através de febres e doença longa e dolorosa.

Se Saturno estiver em conjunção com o planeta significador da morte (o regente da 8ª casa) isso é um indicador de morte má. Se o significador da morte for Saturno e Vénus estiver em aspeto de quadratura ou oposição com ele, pode ocorrer a morte por veneno.

Quando o regente da 8ª casa também rege a 1ª casa (Ascendente Carneiro e Balança) o nativo causará a sua própria morte devido a imprudência. Isto é válido apenas para a carta horária, não para ao horóscopo de nascimento).

Questão: A pessoa X que está ausente, continua viva ou morreu?

A primeira coisa a considerar é se a pessoa que é alvo da questão está relacionada com a pessoa que faz a questão. Se estiver, analisa-se a casa que representa essa relação (por ex., se for um irmão, analisa-se a 3ª casa, etc.).

Se não houver nenhuma relação de proximidade entre o querente e a pessoa sobre a qual se faz a pergunta, considera-se a 7ª casa como significando a pessoa em causa. Em cada caso, a casa que representa a relação com a pessoa significa essa pessoa.

A seguir analisa-se a posição do regente da casa que representa a pessoa. No exemplo de alguém com quem o querente não tem relação pessoal, será o planeta que rege a 7ª casa.

Observa-se se este está colocado na 4ª ou 8ª casa a partir da 7ª casa ou se está na 4ª ou 8ª casa a partir do Ascendente na carta. Se estiver numa destas localizações,  este é um dos indicadores de que a pessoa pode ter morrido.

Mas apenas um indicador não chega, é preciso ver também onde está o planeta que melhor representa essa pessoa. E, para isso, é preciso ter em conta o significado dos planetas, que publicámos neste site seguindo o ensinamento de Lilly.

Se a característica que melhor define essa pessoa é ser um poeta ou músico, podemos escolher Mercúrio como seu significador. Se este estiver colocado na 12ª casa da carta ou se esta casa receber o aspeto de quadratura ou oposição de um planeta maléfico;

Ou se o Sol ou a Lua estiverem de algum modo aflitos ou fracos na carta horária e, se os 3 elementos coincidirem nesta informação, pode-se ajuizar que há forte probabilidade de a pessoa em causa ter morrido.

Mas, se o planeta que significa a outra pessoa estiver forte e colocado numa casa positiva, tendo formado um aspeto de separação de um planeta benéfico (isto significa que deverá estar depois em graus de um signo ou num outro signo depois do planeta benéfico), a pessoa não morreu

Se o planeta que significa a outra pessoa estiver aflito, tendo formado uma quadratura ou oposição com um planeta maléfico, mas já se tiver separado do planeta, estando á frente deste, pode ajuizar-se que a pessoa passou por problemas ou dificuldades, de acordo com a natureza da casa em que o aspeto de aflição se deu mas não morreu.

No entanto, se o regente da 8ª casa for o planeta que causa a aflição ao planeta que significa a pessoa alvo da questão  e o Sol e a Lua estiverem também ambos aflitos por maléficos, pode ajuizar-se que a pessoa morreu.

Nota: Repare-se que todos os elementos referidos em cada caso devem estar presentes para se fazer o juízo de morte da pessoa.


[1] Refere-se às dignidades essenciais: próprio signo, exaltação, triplicidade, termo, face.

Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments