Retificação do Nascimento por Acidentes

Grupo a trabalhar com pessoas em ações diferenciadas e em movimento muito rápido, à sua volta.

Neste artigo descrevemos mais um método de retificação do nascimento segundo W. Lilly, o método de retificação pelos acidentes, como o autor lhe chamou.

No entanto, quando se levanta a carta para uma pessoa que ainda não sofreu acidentes, os métodos de retificação da carta disponíveis disponíveis são os de Hermes e Animodar . Lily conclui que, pela sua experiência, os métodos de direcionar o Ascendente e o Meio do céu para retificar a carta, são duvidosos.

Retificação da Natividade pelos Acidentes

Para retificar a carta de forma exata, segundo Lilly, deve usar-se o método dos acidentes. É claro que, para a aplicação deste método, é necessário que tenha havido acidentes antes.

Mas o que é isto de «acidentes»? Trata-se de acontecimentos importantes, felizes ou infelizes, que sabemos terem acontecido numa certa data á pessoa em causa, incluindo casamento, promoção no emprego, etc.

Assim, antes de analisar o horóscopo, tenta-se retificar a hora de nascimento recolhendo informação sobre o máximo de eventos significativos ocorridos na vida da pessoa, tendo o dia, o mês, ano e, se possível, a hora em que aconteceram.

Se não for possível obter a informação com tanto pormenor, o mês e o ano servem. Por vezes também só podemos contar com o ano.

Por «acidentes» Lilly entende todo o tipo de acidente, doença, eventos graves sofridos pela pessoa, mas também os acontecimentos felizes, quando são relevantes o suficiente, como um casamento, uma promoção no emprego, etc.

Progressão do Ascendente

O Ascendente é o ponto de referência inicial e é designado por significador representando a possibilidade de doença ou acidente ocorrer à pessoa.

O planeta que é direcionado para o Ascendente, seja por conjunção seja por aspeto, designa-se por promitente e representa a dimensão e natureza da doença, acidente ou promessa do significador.

O meio do céu é também um significador e é direcionado até aos planetas que prometem honras, nomeações, casamento, etc.

A seguir verifica-se se a natividade pode ser retificada apenas por um dos significadores ou se são necessários ambos.

Em cada horóscopo, o Sol é o significador principal. A Lua e a Parte da Fortuna também são significadores principais do horóscopo. Mas, para estes, não há retificação que seja exata, segundo Lilly.

Estes são os 5 fatores principais do horóscopo- Ascendente, Meio do céu. Sol, Lua Parte da Fortuna- , diz Lilly, e a direção destes permite saber a qualidade e natureza de todos os assuntos e eventos relacionados com a vida de homens e mulheres e o momento em que ocorrerão.

Para estimar o momento em que os eventos mais importantes da vida deverão ocorrer, Lilly propõe o seguinte método:

Construir uma tabela «espelho» (ver à frente) na qual se coloca, na primeira coluna, os graus e minutos dos signos e das casas; coloca-se na primeira linha superior os graus do Zodíaco, colocando 30 º em cada divisão, até chegar a 330, que marca o início do signo Peixes.

Colocar os planetas nos signos e nos graus que ocupam no horóscopo e colocar os aspetos que formam, escolhendo o grau à esquerda na tabela e acrescentando ao lado os minutos.

Na tabela, colocar os aspetos que a Lua formará, especialmente o sinister e o dexter.

Nestes aspetos, Lily  considera  também os aspetos menores.

Tabela com os graus do Zodíaco e dos signos

Graus signosMin0 Car30 Tour60 Gém90 Caran120 Leão150 Virg180 Bal210 Esc240 Sag270 Cap300 Aqu330 Peix
0             
1             
2             
3             
4             
5             
6             
7             
8             
9             
10             
11             
12             
13             
14             
15             
16             
17             
18             
19             
20             
21             
22             
23             
24             
25             
26             
27             
28             
29             
30             
  CarTouGémCaranLeãoVirgBalEscSagCapAquPeix

Os aspetos  menores considerados são:

Semi-sextil= 30º; semi-quintil=36º; semi-quadratura=45º; quintil=72º; sesquiquintil= 108º; sesquiquadratura=135º; biquintil=144º. A partir da posição inicial da Lua e de outros planetas é possível fazer a sua direção até formar cada um dos aspetos colocando-a no número de graus que formam o novo aspeto.

Os aspetos benéficos serão usados para os eventos felizes, enquanto os aspetos desafiadores serão usados para os eventos de natureza infeliz, como doença, por ex.

Para calcular a posição da Lua em cada novo aspeto, subtrai-se o nº de graus do aspeto da longitude da Lua. Para isso acrescenta-se primeiro 360º à longitude da Lua. A seguir é só ver na tabela em que grau e signo calha esse novo aspeto.

Lilly aconselha colocar na tabela os graus e signos em que se situam os termos dos planetas. Colocar todos os ângulos da carta, especialmente o Ascendente e o meio do céu.

Anotar depois cada um dos eventos, doenças ou acidentes que a pessoa sofreu, com a indicação da idade, mês, ano e, se estiver disponível, o dia.

Ter em conta que doenças, ferimentos para o corpo são significados pelo Ascendente, devendo usar-se a direção do Ascendente para os planetas que significam a doença. Pode encontrar essa informação no menu lateral deste site «Planetas».

Honras, casamento, nomeações profissionais, têm o meio do céu como significador e este, usando a técnica da direção, é direcionado até aos planetas que prometem esses assuntos.

No exemplo usado por Lilly, a pessoa deu-lhe como pontos de referência, a data da sua nomeação para um cargo profissional (mês e ano), duas situações de doença, uma viagem além-mar, que ofereceu grande preocupação.

Lilly decidiu usar a nomeação para o cargo profissional, tendo por isso usado o meio do céu. Este estava indicado a 14º 39’ do signo Escorpião. Marte é o regente da 10ª casa, portanto.

Usando a técnica da direção, ver em que ano o meio do céu direcionado forma um aspeto benéfico com Marte ou em que altura Marte forma um aspeto benéfico estando colocado nos termos [1]de Júpiter. Aspetos benéficos entre o sol e Vénus podem também dar informação importante sobre o sucesso social e profissional.

Nestas direções, considerar que cada grau corresponde a um ano e cada minuto corresponde a 6 dias.

Quando a direção do meio do céu não dá resultados muito evidentes, usa-se a direção do Ascendente e os eventos de doença e acidentes.

Também aqui se vê a longitude do Ascendente como ponto de partida. O Ascendente foi progredido, a partir da sua posição para os termos dos planetas que o ocupam e os graus de formação de aspetos com os planetas .

Lilly tem ainda em conta o antíscio e contrastício e a ascensão direta e oblíqua dos planetas.  A natureza do evento ou doença também motiva a escolha do planeta significador. Por ex., febre alta e inflamação é significada por Marte.

Deve também ver-se os aspetos que, nesse momento, podem reduzir os efeitos maléficos, quando existem,  como trinos da Lua.

Como regra geral, na coluna do Ascendente na tabela, ver se no período de tempo referido há algum aspeto importante com o planeta que significa o acidente ou doença. Escolhido o planeta que significa a doença, subtrair os graus (um por cada ano) da sua ascensão oblíqua.

Para cada mês, subtrair 5 minutos. O resultado dá a verdadeira ascensão oblíqua do horóscopo. Ver qual o grau do Zodíaco que lhe corresponde e trabalhar com minutos proporcionalmente.

Os astrólogos atuais usam pouco os termos e os aspetos relacionados com contrastício e Antístio, ou a ascensão dos planetas. Estes eram usados por Lilly numa altura em que a astrologia não usava os trânsitos dos planetas como elemento de análise.

Assim os leitores menos familiarizados com as práticas mais antigas da astrologia, podem obter informações pertinentes usando este método de retificação do nascimento escolhendo eventos significativos da vida, usando as direções ou profectio, usadas pelos astrólogos helenísticos e também os trânsitos sobre os graus dos signos, do Ascendente e do meio do céu, da Parte da fortuna, sol, Lua, ou o planeta que melhor significa o evento considerado para a retificação.

Considerando os diversos métodos de retificação, concluímos que não é nenhum que não tenha margem de erro, que pode ir até 10 minutos, o que é significativo. Mas , ainda assim, estes métodos, que alguns usam combinados, podem dar uma imagem aproximada do verdadeiro horóscopo quando falha o conhecimento da hora exata de nascimento.


[1] Para isso o mais fácil é consultar a tabela das dignidades essenciais dada por Lilly.

Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments