Figuras da Ciência- Margaret Mead e a Antropologia Cultural

  Margaret Mead 16 de Dezembro 1901, 9h Philadelphia, Pennsylvania, US, 39 N 57; 75W 10 Timezone : EST 5h w standard time (Espólio de Lois Rodden) Margaret Mead  é a mais célebre antropóloga  cultural  do sec. XX. Filha de uma sufragista, desde cedo aprendeu com a mãe a importância de lutar pelos direitos das mulheres. A partir do contacto com a obra de Franz Boas e Ruth  Benedict,  fez diversas viagens  para os Mares do Sul para estudar o modo como as diversas culturas condicionam e moldam os comportamentos…

Continuar a Ler

Figuras da Ciência- J Watson e a Descoberta do ADN

James Dewey Watson 6 de Abril de 1928, 1h 23m Chicago, Illinois, USA, 41N 51, 97W 39 Timezone: 6h W (standard time) (Espólio de Lois Rodden) Watson , em conjunto com Francis Crick, apresentou  ao mundo a estrutura em dupla hélix que contém o código da vida, em 1953. Estes dois investigadores, em conjunto com Maurice Wilkins, receberam o prémio Nobel de  Fisiologia/Medicina  por esta descoberta que  tornou possível a descodificação do genoma humano  e de outras espécies e impulsionou o desenvolvimento da ciência genética da actualidade. Watson fez parte…

Continuar a Ler

Figuras da Ciência- Carl Jung , Homem e Individuação

Carl Gustav Jung 26 de Julho de 1875, 19 H 29 M Kesswil, Suiça, 47 N 36; 9E 20 Time Zone: 7E 26 (standard time) (Espólio de Lois Rodden) Carl Jung foi um dos mais brilhantes investigadores da mente humana. Considerado como  discípulo de Freud, foi na verdade alguém que, desde o início, esteve ao mesmo nível do mestre que, de resto, se sentia intimidado com a poderosa inteligência, cultura e conhecimentos de Jung, a ponto de desmaiar mais do que uma vez na sua presença. Psiquiatra investigador das profundezas…

Continuar a Ler

Figuras da Ciência- W. Rontgen, Pai da Radiologia de Diagnóstico

Wilhelm Röntgen 27 de Março de 1845, 14 H Lennep, Alemanha, 51 N 11; 7E 15 Local Mean Time 7E 15 (Espólio de Lois Rodden) Röntgen  foi um dos grandes pioneiros da História da Medicina: a sua descoberta, em 1895, dos Raios- X, revolucionou os meios de diagnóstico e permitiu salvar muitas vidas. Por esta descoberta, Röntgen ganhou o prémio Nobel  em 1901. Doou o dinheiro do prémio à universidade de Wurzburg. Este homem foi um investigador extremamente arguto  mas foi também um grande filantropo e  um homem modesto: recusou dar…

Continuar a Ler

Inventores: Merganthaler e a Máquina de Linótipo

Ottmar Mergenthaler 11 de Maio de 1854, 5 H Bad Mergentheim, Alemanha, 49 N 30;  9 E 46 Local Mean Time, 9 E 46 (Espólio de Lois Rodden) Mergenthaler é conhecido como o segundo Gutenberg  porque  tornou possível a impressão mais rápida e barata  a nível  tipográfico, com a invenção da máquina de linótipo . Assim, em vez de se usarem caracteres tipográficos individuais que tinham que ser introduzidos  manualmente um a um por trabalhadores  tipográficos, num processo moroso e caro, de acordo com  o princípio inventado por Gutenberg, com…

Continuar a Ler

Grandes Figuras da Ciência- W. Heisenberg, a Mecânica Quântica e o Princípio da Incerteza

Werner  Heisenberg 5 de Dezembro de 1901, 4 h 45 m Wurzburg, Alemanha, 49 N 48, 9 E 56 Timezone  1 h E (Espólio de Lois Rodden) Heisenberg  ganhou o prémio Nobel  da Física em 1932 pela criação da Mecânica Quântica. O seu  Princípio da Incerteza (que estabelece a impossibilidade de medir em simultâneo a posição e a velocidade de uma  partícula subatómica) pôs-nos a pensar na possibilidade das viagens no tempo, de mundos alternativos e numa lógica  e Matemática novas, capazes de incluir  e aceitar os paradoxos.   Acerca do…

Continuar a Ler

Figuras da Ciência- Alexander Fleming e a Descoberta da Penicilina

Alexander Fleming 6 de Agosto de 1881,  2 h Lochfield, Darvel, Escócia, 55 N 57, 3 W 18 0h TMG (standard time) (Espólio de Lois Rodden) A descoberta da Penicilina foi um marco na história da Medicina  e da humanidade.  Até ao sec. XX as pessoas morriam inevitavelmente das infecções. Os antibióticos   permitiram salvar muitas vidas. Fleming descobriu a penicilina em Setembro de 1928 . Mas, quando publicou os resultados da sua investigação, numa revista científica em 1929, os seus colegas não lhe deram crédito  nem reconhecimento pelo que o…

Continuar a Ler