Jyotish e o Destino nos Relacionamentos- Pai e Filha

O relacionamento entre pais e filhos  é, por variadíssimas razões, simultaneamente uma experiência de grande felicidade e o maior desafio das nossa vidas.   E como já constatámos  numa relação de casamento num exemplo anterior, pode haver ligações «kármicas» fortes entre as cartas natais de pais e filhos, denotando  uma dinâmica energética complexa, de forte ligação emocional mas também, por vezes, de acentuado conflito.  Como referido anteriormente, nesta análise dos fatores do destino vamos privilegiar Saturno e os nodos- Rahu e Ketu. São estes que revelam  a existência de laços kármicos entre…

Continuar a Ler

Jyotish e o Karma nos Relacionamentos

Os  relacionamentos são a  área privilegiada em que se desenrola o Karma humano, enraizado nos  desejos e nas emoções   que continuamente o alimentam e constituem. Nas cartas astrológicas das pessoas que  mantêm relações de íntima proximidade existem muitas vezes ligações kármicas fortes que nos permitem dizer que muitos dos encontros que temos uns com os outros são, em grande medida, «predestinados».  Cada um de nós parece ser atraído para pessoas   cujos fatores do «destino», nas suas próprias cartas,  se conjugam  com os nossos num entrelaçar criador de  uma dinâmica   própria que…

Continuar a Ler

Relacionamentos- o Papel de Júpiter e Saturno

Júpiter e Saturno não são planetas pessoais pelo que a sua ação simbólica se refere à nossa interação com o tempo- Júpiter relaciona-nos com o futuro; Saturno lembra-nos que o nosso presente está enraizado no passado e é fruto dele em muitos aspetos. Júpiter representa a Sabedoria que vai mais além  que a mera compreensão lógica  para se tornar num guia de valores e princípios- religiosos e/ou filosóficos. É  o planeta da criatividade, tanto a que  nos impulsiona a gerar um filho como a que  se manifesta nas obras individuais …

Continuar a Ler

Compatibilidade – O Fator Idade e o Propósito de Vida

Tenho vindo a falar  da importância da  compatibilidade de energia entre as cartas natais dos parceiros como base essencial de uma relação duradoura. Mas outros fatores também são importantes e podem sobrepor-se mesmo àqueles que mencionei no último exemplo. Este era um casal muito jovem, com  as normais expectativas  dessa idade em relação ao futuro e à sua relação – filhos, constituição de uma vida sólida em termos financeiros, carreira, dependência emocional mútua, etc.  Mas e quando os parceiros são mais velhos ou, simplesmente, o seu modo de ser não…

Continuar a Ler